13/08/2014 - Brasil, um país genocida

“Recebi um telefonema de um policial da família às oito horas da manhã pedindo para avisar para as pessoas de bem, e não para lixo, que quem estivesse no meio da rua era inimigo da polícia. Então eu saí dando esse aviso para as outras famílias, só não imaginava que isso sobrecairia sobre mim. Quando foi onze e trinta da noite meu filho foi assassinado”.

O depoimento é de Débora Maria da Silva, fundadora e coordenadora do Mães de Maio, movimento formado por mulheres que perderam seus filhos durante o toque de recolher imposto pela polícia do Estado de São Paulo, em maio de 2006, quando ocorreram ataques aos agentes e equipamentos públicos provocados pelo PCC (Primeiro Comando da Capital), grupo do crime organizado nascido nas penitenciarias. Em apenas uma semana cerca de 600 pessoas foram assassinadas, todas com perfis muito semelhantes: jovens, negros ou pardos, moradoras de bairros da periferia.

11/08/2014 - O Brasil como fornecedor mundial de tecnologias de bem-estar

O programa de debates Brasilianas.org (TV Brasil) abordará na edição desta noite (20h) a posição do Brasil como fornecedor de tecnologia de bem-estar social. Todo produto, método, processo ou técnica criado para solucionar algum tipo de problema social é considerado uma tecnologia social. Em 2013, por exemplo, o Ministério da Saúde fechou um acordo de colaboração com a fundação Bill & Melinda Gates para o desenvolvimento de vacina de alta qualidade e baixo custo para prevenir sarampo e rubéola para países pobres.

Participe do debate também mandando suas perguntas. Clique aqui.

11/08/2014 - Programa avalia a importância das Organização Sociais

Nesta tarde o apresentador Luis Nassif receberá nos estúdios da TV Brasil o Ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, o advogado coordenador do livro Organizações Sociais - A Construção do Modelo, Rubens Naves e o advogado do Instituto Alana, Pedro Hartung para debaterem o papel das Organizações Sociais, entidades que realizam acorodos com o poder público, na oferta de serviços públicos.

Quer participar encaminhando perguntas? Então clique aqui. As perguntas serão recebidas até às 14h45.

O objetivo do debate é abordar as críticas positivas e negativas a esse modelo de parceria público-privada, bem como a possibilidade de se estabelecer mecanismos de controle de resultados que atendam às exigências de transparência pública nessas organizações.

06/08/2014 - Futebol: propostas para equilibrar receitas dos clubes

Nos últimos cinco anos o endividamento dos clubes de futebol no Brasil cresceu 74%. Os dados, da organização Bom Senso F. C., apontam ainda que somente para o governo federal os clubes devem R$ 2,5 bilhões. Como melhorar a situação dessas entidades esportivas e, mais ainda, a vida dos atletas, visto que 16 mil dos 20 mil profissionais empregados no futebol brasileiro recebem menos de dois salários mínimos?

Para responder a essas questões a apresentador Luis Nassif recebeu no programa de debates Brasilianas.org (TV Brasil) o professor de gestão do esporte na USP, Ary José Rocco Junior e o jurista que colaborou na redação da Lei Pelé, Heraldo Panhoca. Cerca de 80% das receitas dos clubes de futebol vem da TV, enquanto que em outras partes do mundo as receitas dos clubes adquiridos com os direitos de transmissão não chegam a 25%.

04/08/2014 - Hoje: o genocídio brasileiro

O programa Brasilianas.org, na TV Brasil, abordará nesta noite o elevado nível de assassinatos cometidos todos os anos no país. O debate, mediado pelo jornalista Luis Nassif, conta com a participação da coordenara do Movimento Mães de Maio Débora Maria da Silva e do diretor-presidente do Instituto Avante Brasil, Luiz Flávio Gomes.

Dados do Mapa da Violência de 2014 mostram um crescimento de 13,4% dos assassinatos no Brasil em comparação a 2002. As principais vítimas são jovens do sexo masculino e negros. Entre 2008 e 2011, mais de 200 mil pessoas foram assassinadas no Brasil, um volume muito maior do que qualquer outro registrado nas zonas de guerra mundo afora.

O tema está sendo abordado pela criminologia de forma crítica, com destaque para os estudos do filósofo do direito Wayne Morrison. Ele reivindica hoje ampliação do objeto de estudo da clássica criminologia para que se preste mais atenção aos massacres provocados por ação ou omissão do Estado.

01/08/2014 - O que Thomas Piketty revela em "O capital no século XXI"

O economista francês Thomas Piketty (43 anos) se tornou em pouco tempo um nome reconhecido no mundo após a publicação do livro “O capital no século 21”, onde defende que o capitalismo, sem a devida regulamentação, não é a solução para reduzir a desigualdade ampla entre ricos e miseráveis. Muito pelo contrário, tende sempre à concentração de riqueza nas mãos de um grupo menor. 

Seu trabalho foi tema do programa Brasilianas.org (TV Brasil), apresentado pelo jornalista Luis Nassif. Para alcançar a conclusão, Piketty fez um extenso trabalho estatístico levantando o rastro da riqueza e sua concentração desde o final do século XVIII nos principais países europeus. Mas o economista recebeu críticas, especialmente do Financial Times, por ter preenchido lacunas de pontos que ficaram incompletos através de interpolações.

28/07/2014 - A mudança do futebol brasileiro

O programa Brasilianas.org discute hoje, na TV Brasil, as mudanças sofridas pelo futebol brasileiro. O apresentador Luis Nassif recebe o jurista que colaborou na redação da Lei Pelé, Heraldo Panhoca e o professor da Escola de Educação Física e Esporte da USP, na área de gestão do esporte, Ary José Rocco Junior.

Os convidados abordarão a questão do futebol como um modelo de negócio e as estratégias para manter o profissional brasileiro dentro do país. Outro tema debatido serão as políticas e ações para melhorar a qualidade das escolas de base. Não perca, hoje, às 20h, na TV Brasil!

24/07/2014 - Copa: 95% dos estrangeiros querem voltar ao Brasil

O Ministério do Turismo divulgou há poucas semanas os dados premilimares de entrevistas que fizeram com turistas brasileiros e estrangeiros durante a Copa do Mundo.

Foram ouvidos 6.627 estrangeiros e outros 6.038 brasileiros desde o início do Mundial. Para 83% dos entrevistados internacionais a experiência superou ou atendeu plenamente as expectativa turisticas. Já a segurança pública brasileira foi avaliada positivamente por 92% deles. O saldo positivo no campo do turismo foi o tema do último programa de debates Brasilianas.org, realizado na TV Brasil. O trabalho, encomendado à Fundação Getúlio Vargas (FGV) e à Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), revelou que 95% dos visitantes internacionais que estiveram no país durante a Copa do Mundo têm intensão de voltar ao Brasil.

23/07/2014 - Evento discute os novos desafios da indústria naval

A indústria naval brasileira apresentou grandes resultados na última década. Segundo levantamento realizado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), o setor vem crescendo a uma média 19,5% desde 2000, atingindo cerca de R$ 149,5 bilhões. O avanço dessa indústria, que tinha praticamente desaparecido nos anos 1990, se deu graças às encomendas do setor de gás e petróleo. Nesse cenário a realização de políticas públicas, com a promoção de conteúdo local, foi fundamental. Agora o setor enfrenta um momento onde as políticas precisam ser continuadas e fortalecidas para que, da revitalização, se concretize uma indústria consolidada e capaz de enfrentar novos mercados.

22/07/2014 - A mudança do futebol brasileiro

A goleada que a seleção brasileira tomou na semifinal da Copa do Mundo 2014 é considerada a mais sofrida de sua história. O resultado trouxe a tona os problemas intrínsecos ao futebol brasileiro, como a falta de capacidade de formação dos jogadores dentro do país.

Para discutir esse assunto, o programa Brasilianas.org convida Heraldo Panhoca, jurista que colaborou na redação da Lei Pelé, militante nas áreas de Diteito do Trabalho e direito desportivo; Pedro Trengrouse, coordenador do curso FGV/FIFA/CIES Gestão, Marketing e Direito no Esporte e Ary José Rocco Junior, professor da Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo (EEFE/USP).

O apresentador Luis Nassif receberá todos na tarde desta terça para a gravação do programa que irá ao ar na próxima segunda-feira (28/07), das 20h às 21h, na TV Brasil. Você pode participar encaminhando suas perguntas que poderão ser selecionadas até às 16h00 pela produção. Clique aqui para enviá-las. 

Onde sintonizar a TV Brasil:

21/07/2014 - O balanço da Copa do Mundo no Brasil

O programa Brasilianas.org, na TV Brasil, discute hoje o balanço geral da Copa do Mundo. Qual foi a impressão dos turistas e os impactos no setor hoteleiro?

Para responder essas questões o apresentador Luis Nassif recebe o Ministro do Turismo, Vinícius Lages, o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis, Enrico Fermi e o presidente da Embratur, Vicente Neto.

Se você quiser participar mandando perguntas, clique aqui. Como o programa será gravado antes de ir ao ar, às 20h, a produção receberá as perguntas até às 16h30.

20/07/2014 - Juristas criticam função do STF na sociedade

Cerca de 95% dos processos que chegam para ser julgados no Supremo Tribunal Federal são recursos, ou seja, pedidos para o STF reexaminar decisões já tomadas pelos tribunais abaixo de sua instância.

Na última década assistimos o aumento da visibilidade do Supremo Tribunal Federal ao julgar casos importantes que poderiam ser decididos no Congresso Nacional, dentre os quais a delimitação da reserva indígena Raposa Serra do Sol, a liberação de aborto de fetos anencefálicos, o reconhecimento da união homoafetiva e a constitucionalidade das cotas raciais em universidades.

15/07/2014 - Nova edição do Brasilianas.org discute o genocídio brasileiro

Dados do Mapa da Violência de 2014 mostram um crescimento de 13,4% dos assassinatos no Brasil em comparação a 2002. As principais vítimas são jovens do sexo masculino e negros. Entre 2008 e 2011, mais de 200 mil pessoas foram assassinadas no Brasil, um volume muito maior do que qualquer outro registrado nas zonas de guerra mundo afora.

O tema está sendo abordado pela criminologia de forma crítica, com destaque para os estudos abordados pelo filósofo do direito Wayne Morrison. Ele reivindica hoje ampliação do objeto de estudo da clássica criminologia para que se preste mais atenção aos massacres provocados por ação ou omissão do Estado. Para debater o tema, o apresentador Luis Nassif convida o jurista estudioso das propostas de Morrison e diretor-presidente do Instituto Avante Brasil, Luiz Flávio Gomes e a fundadora e coordenara do Movimento Mães de Maio Débora Maria da Silva para gravarem a próxima edição do programa debates Brasilianas.org, nesta tarde, na TV Brasil.

14/07/2014 - Programa aborda gestão das universidades públicas brasileiras

No programa de debates Brasilianas.org desta segunda-feira (14), na TV Brasil, das 20h às 21h, o apresentador Luis Nassif receberá Vahan Agopyan, vice-reitor da Universidade de São Paulo (USP), Ivan Camargo, reitor da Universidade de Brasília (UnB), Carlos Levi, reitor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Carlos Vogt, presidente da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp).

11/07/2014 - A gestão das universidades públicas brasileiras

Programa discute os desafios financeiros e o papel das instituições superiores na produção científica

Segundo artigo divulgado pela Organização das Nações Unidas para a educação, a ciência e a cultura (Unesco, 2008) o mundo assiste a emergência de um novo paradigma econômico e produtivo onde o fator mais importante deixa de ser a disponibilidade do capital, trabalho, matéria-prima ou energia, passado a ser o uso intensivo do conhecimento e informação. Essa é a "sociedade do conhecimento" que impacta também em mudanças dos propósitos sociais das universidades.

A nova sociedade coloca o conhecimento e as inovações tecnológicas como vantagens competitivas entre os países, por outro lado essa centralidade do conhecimento como um pilar da riqueza e do poder das nações, "encoraja a tendência a tratá-lo meramente como mercadoria sujeita às leis do mercado e aberta à apropriação privada", conclui a organização.

10/07/2014 - Pré-sal aquece investimentos e recupera setor Naval

Após um período de estagnação, a indústria naval brasileira experimentou na última década um movimento de retomada de investimentos que refletiu tanto na expansão e modernização da capacidade produtiva quanto no aumento da produção de embarcações.

De acordo com dados do Plano de Negócios e Gestão da Petrobras 2014-2018, está previsto que o país atinja a meta de 4,2 milhões de barris de óleo por dia em 2020. Essa meta será alcançada com a entrada em operação de 38 plataformas, 28 sondas de perfuração, 88 navios petroleiros e 146 barcos de apoio. A contratação destas embarcações em estaleiros nacionais corresponde a um total de US$ 100 bilhões direcionados para a indústria naval e sua respectiva cadeia de suprimento.

06/07/2014 - Programa avalia dívida externa e a gestão das contas públicas

As contas externas brasileiras vem registrando déficits preocupantes, somando em maio US$ 6,63 bilhões. A dívida externa, junto à queda de produção em vários setores, constante redução na oferta de empregos e inflação em alta, irão contribuir para que a economia brasileira tenha mais um ano de crescimento baixo.

O programa Brasilianas.org desta segunda-feira (07), ao vivo, a partir das 20h, na TV Brasil, discutirá as questões em torno da gestão das contas públicas e as estratégias de longo prazo para a economia do país. O apresentador Luis Nassif receberá o secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Márcio Holland; o assessor da presidência do BNDES, David Kupfer; o diretor do Instituto de Economia da Unicamp, Fernando Sarti e o economista-chefe da Austin Rating Alex Agostini.

Não perca e participe mandando suas perguntas que poderão ser selecionadas ao vivo. Para encaminhá-las, clique aqui.

Onde sintonizar a TV Brasil:

02/07/2014 - Cultura Criativa: A economia do século XXI

Segundo dados da ONU, a economia criativa é um setor estratégico responsável por 10% do PIB mundial. Resumidamente é um setor que não se produz com matérias-primas perecíveis, mas sim com valores intangíveis como criatividade e conhecimento. No Brasil, o segmento começou a se destacar em 2004 graças à visão do diplomata Rubens Ricupero, um defensor da economia criativa como estratégia de desenvolvimento.

O conceito “Economia Criativa” parte da diversidade cultural e ao mesmo tempo pensa na sustentabilidade ambiental e social. Os serviços que compõem o setor são: moda, design, TV, vídeo, rádio, cinema, fotografia, arquitetura, artes visuais, gastronomia, teatro, editoração, propaganda, artesanato, música e dança. Todo esse conjunto compõe uma grande economia.

02/07/2014 - Novos movimentos sociais tendem a se manter apartidários

A tendência dos novos movimentos sociais apartidários, que nasceram da desesperança com os meios tradicionais de representação política, é que continuem fora do sistema político, não se ligando a partido algum. Essa é a análise do filósofo e professor de políticas públicas da USP, Pablo Ortellado, que acompanha a atuação de coletivos que questionam os sistemas econômicos e políticos bem antes de junho de 2013.

Segundo Ortellado, os movimentos apartidários estão sendo gerados desde 1990, e não são ligados aos movimentos sociais dos anos 70 e 80 que originaram o Partido dos Trabalhadores (PT). Quando fundado, em 1980, o PT procurou renovar “de forma profunda” o conceito de participação política, “nasceu como uma espécie de federação dos movimentos sociais e tentou reverter a lógica pela qual partido e movimentos se ligavam. Esse experimento chegou ao limite hoje”, explicou o professor durante sua participação no programa de debates Brasilianas.org, na TV Brasil.

30/06/2014 - A atuação do Poder Judiciário no Brasil

O programa Brasilianas.org discute nesta segunda-feira (30), das 20h às 21h, na TV Brasil, a importância do Judiciário no desenvolvimento do país, bem como o aumento do seu protagonismo em temas que poderiam ter sido resolvidos na arena política, como os casos da reserva Raposa Serra do Sol, da Lei de Imprensa, dos Fetos Anencefálicos, da Lei da Ficha Limpa, das Cotas Raciais, da União Homoafetiva e do Mensalão.

Para analisar a dinâmica que envolve o comportamento do poder judiciário o apresentador Luis Nassif recebe o desembargador e presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, José Renato Nalini, o presidente da Sociedade Brasileira de Direito Público e professor da Direito FGV de São Paulo, Carlos Ari Sundfeld e o professor da FGV Direito Rio e coordenador do Projeto Supremo em Números, Ivar Hartmann.

Você poderá participar encaminhando suas perguntas através do portal Brasilianas.org. Basta clicar aqui.

Onde sintonizar a TV Brasil:

20/06/2014 - Brasilianas.org discute "Capital no século XXI"

O capitalismo, sem a devida regulamentação dos estados, não é a solução para reduzir a desigualdade ampla entre ricos e miseráveis, como defendido pelos apoiadores do livre mercado. A conclusão, tirada a prova nas quase 800 páginas do best-seller "Capital do século XXI", do professor de economia de Paris Thomas Piketty, é o tema da próxima edição do Brasilianas.org (TV Brasil), segunda-feira, das 20h às 21h.

Quer mandar perguntas que poderão ser selecionadas para serem respondidas pelos entrevistados? Então clique aqui. Lembrando que, devido aos jogos da Copa do Mundo, esta edição será gravada pela manhã. Logo, as perguntas serão recebidas até às 08h00. 

16/06/2014 - O estado de espírito nacional e a Copa

Hoje, no programa Brasilianas.org, especialistas debatem o sentimento da população em meio à realização da Copa do Mundo. Nas ruas captamos manifestações contrárias e favoráveis. Esses sentimentos contraditórios são, por exemplo, semelhantes aos que antecederam a conquista de 1994, quando o Brasil não vivia bons dias com inflação anual altíssima, recente perda do ídolo Ayrton Senna e impeachment de Collor? Para responder essa questão o apresentador Luis Nassif recebe o cientista político da Fundação Getúlio Vargas de São Paulo, Fernando Abruccio, o professor de métodos qualitativos de pesquisa e teoria das organizações na Escola de Administração de Empresas, também da FGV-SP, Rafael Alcadipani, e o doutor em sociologia pela New York University e coordenador do grupo de pesquisa “Esporte e Cultura” da Faculdade de Comunicação Social da UERJ, Ronaldo Helal. Não perca, hoje, das 20h às 21h, na TV Brasil.

Participe também mandando sua pergunta que poderá ser respondida ao vivo. Clique aqui

09/06/2014 - O impacto das redes sociais nas eleições 2014

Qual será o papel das redes sociais na eleições 2014? Essa é a pergunta que o programa de debates Brasilianas.org pretende responder na edição desta segunda-feira, às 20h na TV Brasil.

A internet é o único meio de massa, a um baixo custo, que permite a comunicação como uma via de mão dupla, dando condições para que o eleitor fale diretamente com o seu candidato. Todos os pré-candidatos à presidência da República possuem perfis nas principais redes sociais, indicando uma forte tendência da influência da ferramenta sobre os resultados finais nas urnas.

Para discutir o tema o apresentador Luis Nassif receberá o Ministro do Tribunal Superior Eleitoral, Henrique Neves da Silva, o advogado especialista em direito eleitoral, Alexandre Luis Mendonça Rollo e o cientista político e chefe do departamento de análise política da Arko Advice, Cristiano Noronha. Não perca!

Para participar do debate mandando suas perguntas que poderão ser respondidas ao vivo, clique aqui.

03/06/2014 - “Escola não está conseguindo responder desafios do Séc. XXI”

Um a cada quatro estudantes abandona a escola antes de chegar na última série do ensino fundamental. O dado foi destaque no Relatório de Desenvolvimento produzido pelo Pnud (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento), divulgado em 2013, que posicionou o Brasil como o 3º país com a maior taxa de evasão escolar entre 100 países.

A gerente de projetos do movimento Todos Pela Educação, Andrea Bergamaschi, convidada para o debate do Brasilianas.org, na TV Brasil, destacou que, em boa parte dos casos, o aluno vem acumulando problemas de aprendizagem ao longo de sua vida escolar. “A evasão não acontece de uma hora para outra”, esclareceu.

Segundo uma avaliação aplicada a 54 mil alunos pelo Todos Pela Educação, em 2012, em todos os estados brasileiros, metade das crianças entre oito e nove anos de idade já apresentavam dificuldades de leitura, escrita e matemática para sua idade/série. Bergamaschi acrescentou ainda dados oficiais do Ministério da Educação que revelam que hoje 10% dos alunos do ensino médio mal sabem matemática. Logo, para evitar a evasão escolar mais tarde, é preciso focar na melhora da educação do ensino básico.

02/06/2014 - Programa discute mobilidade urbana em meio a Copa do Mundo

Greves, manifestações violentas, obras em execução e os velhos problemas de mobilidade urbana. Quais dificuldades de trânsito São Paulo e as demais cidades sedes irão enfrentar durante a Copa do Mundo?

Para responder essa questão, o apresentador Luis Nassif receberá hoje à noite, das 20h às 21h, no estúdio do programa Basilianas.org na TV Brasil o superintendente de Planejamento da Companhia de Engenharia de Tráfego/CET, Ronaldo Tonobohn, a Vice-Prefeita de São Paulo, Nádia Campeão e o professor de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Presbiteriana Mackenzie, Antonio Claudio Fonseca.

Para colaborar e participar mandando perguntas para os entrevistados, clique aqui.

Onde sintonizar a TV Brasil:

UHF Analógico Canal 62 (SP)
UHF Digital Canal 63 (SP)
VHF Canal 2 (RJ), (DF) e (MA)
Net - Canais 4 (SP), 16 (DF), 18 (RJ e MA)
Sky-Direct TV - Canal 116
TVA digital - Canal 181

Ou assista pela internet: www.tvbrasil.ebc.com.br.

30/05/2014 - Especialistas apontam falhas do planejamento elétrico

Os reservatórios das hidrelétricas que atendem a principal região consumidora de energia - Sudeste-Centro Sul - ainda está abaixo de 38%, segundo dados do Operador Nacional do Sistema (ONS) do dia 29 de maio. A situação poderia levar o país a situação de racionamento de energia elétrica semelhante à 2001, o que só não ocorreu graças as termelétricas que hoje compõe 30% da matriz.

Por outro lado esse cenário revela uma série de problemas de planejamento, identificados por especialistas entrevistados no debate Brasilianas.org da TV Brasil sobre os riscos do setor elétrico em 2014. Um dos problemas é a incapacidade frequente do país entregar as obras de novas usinas contratadas sem atraso. Por exemplo, em 2013 estava prevista a entrada de 8.600 megawatts de novas gerações, mas apenas 6.000 megawatts foram executados.

26/05/2014 - Vícios e virtudes da representação política brasileira

Quais fatores estão produzindo tantas mudanças simultâneas em diversos países e tanto ceticismo em relação à democracia representativa? Por outro lado, o que seria um modelo de democracia direta? Qual sua viabilidade? Para responder a essas questões o programa Brasilianas.org recebe nesta segunda-feira (26), das 20h às 21h, ao vivo na TV Brasil, o professor do curso de Gestão de Políticas Públicas da USP, Pablo Ortellado, o professor Titular de Ética e Filosofia do Departamento de Filosofia da USP, Milton Meira do Nascimento e o cientista político da Universidade de Brasília (UnB), Antonio Flavio Testa.

Você também pode colaborar com o debate enviando suas perguntas. É só clicar aqui.

Onde sintonizar a TV Brasil:

UHF Analógico Canal 62 (SP)
UHF Digital Canal 63 (SP)
VHF Canal 2 (RJ), (DF) e (MA)
Net - Canais 4 (SP), 16 (DF), 18 (RJ e MA)
Sky-Direct TV - Canal 116
TVA digital - Canal 181

Ou assista pela internet: www.tvbrasil.ebc.com.br.

12/05/2014 - Debate gravado hoje discute os riscos do setor elétrico em 2014

Nova edição do programa Brasilianas.org, gravada nesta tarde, irá discutir os riscos do setor elétrico em 2014. Cerca de 80% da matriz elétrica brasileira é atendida por hidrelétricas. A oportunidade que o país tem de aproveitar fontes limpas para a produção de energia elétrica, no entanto, proporciona agora dificuldades pelo pior período de estiagem já registrado desde 1931 na região sudeste.

Para acalmar a sociedade o Camitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE) informou que o risco de falta de energia elétrica no sudeste e centro-oeste é de apenas 3,7% em 2014, ou seja, abaixo de 5% fixado como limite de segurança pelo governo. No entanto, após essa notícia, o Tribunal de Contas da União (TCU) divulgou relatório apontando “fortes indícios” de que a capacidade de gerar energia elétrica no Brasil é “estruturalmente deficiente”.

12/05/2014 - Debate ao vivo, na TV Brasil, discute crise hídrica em São Paulo

O programa Brasilianas.org desta segunda-feira (12), ao vivo, das 20h às 21h, na TV Brasil avalia os fatores que resultaram na maior crise hídrica já vivida em São Paulo desde 1931. O nível de água do Sistema Cantareira está abaixo de 9%. O complexo que abastece cerca de nove milhões de pessoas da região metropolitana de São Paulo nunca esteve tão baixo. Analistas avaliam que, se nada for feito, faltará água na cidade em plena Copa do Mundo.

Para discutir até que ponto o problema enfrentado hoje é conjuntural ou estrutural o apresentador Luis Nassif receberá o presidente do Conselho Mundial da Água (WWC), Benedito Braga; o geólogo da empresa Servmar, Mateus Simonato e o coordenador do Laboratório de Hidrologia da Coppe/UFRJ, Paulo Canedo. Não perca! Para participar enviando perguntas que poderão ser respondidas ao vivo, clique aqui.

Onde sintonizar a TV Brasil:

05/05/2014 - Programa discute propostas para melhorar o modelo educacional brasileiro

O programa Brasilianas.org de hoje, às 20h, na TV Brasil, abordará propostas para adaptar o modelo educacional brasileiro de acordo com o contexto atual. Participe e clique aqui para mandar sua pergunta que poderá ser selecionada e respondida durante o debate, ao vivo.