18/06/2013 - Indústria naval supera preocupação com índices de conteúdo

Setor brasileiro tem encomendas até 2020 que somam 100 bilhões de dólares

A indústria naval brasileira encontra-se em expansão com 353 obras encomendadas para serem entregues até 2020, ao custo total estimado de 100 bilhões de dólares, sendo 80 bilhões para a construção de plataformas, 14 bilhões para embarcações de apoio e 7 bilhões na fabricação de navios.

A proporção de ‘conteúdo local’ – conceito que define a participação da indústria nacional nos projetos – chama atenção e aponta para a consolidação da competitividade das empresas brasileiras desde a retomada da indústria naval, no final da década de 1990.

Dentre as encomendas mais recentes entregues estão às plataformas de produção marítima de petróleo P-54 e P-56, com 68% e 73% de conteúdo local, respectivamente, além do navio Celso Furtado, com 74% de investimentos nacionais, listado entre as embarcações mais significativas do mundo, entregues em 2011, pela Royal Institution of Naval Architects (Rina), de Londres. Os três empreendimentos foram encomendados pela Petrobras.

17/06/2013 - A estratégia gaúcha de atração de indústrias do setor naval

Empresas do Rio Grande do Sul tem R$ 9,7 bilhões em encomendas da Petrobras, nas áreas de sonda e perfuração

A indústria naval no estado do Rio Grande do Sul renasceu com o aumento de encomendas da Petrobras para atender as demandas de exploração de gás e petróleo nos campos do pré-sal. Em 2005, as atividades recomeçaram do zero na região que já chegou a liderar esse setor industrial no país, durante os anos 1970.

O renascimento se deu por conta das encomendas das novas demandas na área de gás e petróleo, decorrentes da descoberta do pré-sal. Segundo Marco Aurélio Franceschi, Diretor de Infraestrutura e Energia da Agência Gaúcha de Desenvolvimento e Promoção do Investimento (AGDPI), as empresas do Rio Grande do Sul tem hoje um total de encomendas que somam R$ 9,7 bilhões, ou 35,8% dos pedidos da Petrobras no Brasil, nas áreas de sondas e perfuração. O setor emprega atualmente no estado cerca de 18.500 pessoas, destacou Franceschi, que participou da abertura do 40º Fórum de Debates Brasilianas.org, realizado em Porto Alegre.

17/06/2013 - Balanço do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC)

O apresentador Luís Nassif entrevistará nesta edição a Ministra do Planejamento, Miriam Belchior sobre o último balanço do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Segundo dados do governo, a execução financeira do programa alcançou R$ 557,4 bilhões em investimentos de infraestrutura logística, social e urbana, até junho deste ano. Valor que corresponde 56.3% do total previsto até 2014.

O programa Brasilianas.org pretende comparar os desempenhos do PAC, desde seu lançamento em 2007, e expor fatores que podem atrapalhar o andamento do programa até 2014. Não perda hoje, às 20h, na TV Brasil.

CLIQUE AQUI PARA ENVIAR SUAS PERGUNTAS, que poderão ser lidas ao vivo, durante o programa.

Foto: Agência Brasil

Onde sintonizar a TV Brasil:

07/06/2013 - Fórum em Porto Alegre abordará avanços da Indústria Naval

Agência Dinheiro Vivo, do Jornalista Luis Nassif, promoverá em Porto Alegre fórum de debates sobre os principais acontecimentos no setor naval que, ao contrário dos demais setores da indústria nacional, passa por um período de crescimento. A abertura contará com a participação do governador do Estado do Rio Grande do Sul, Tarso Genro.

07/06/2013 - Focos de tensão por terras indígenas no Brasil

O programa Brasilianas.org de segunda-feira (10), às 20h, na TV Brasil, discutirá os recentes conflitos relacionados à ocupação de terras indígenas. No final de maio, o índio terena Oziel Gabriel foi morto em Sidrolândia (MS) durante ação de despejo na Fazenda Buriti, reconhecida como Terra Indígena pela Funai desde 1993.

CLIQUE AQUI PARA ENVIAR SUAS PERGUNTAS, que poderão ser lidas ao vivo, durante o programa.

O aumento da tensão entre produtores e terenas obrigou o governo a enviar tropas da Força Nacional à região para evitar novos confrontos, no início de junho.

Concomitante a esse evento, o ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, realizava em Brasília reunião entre representantes do governo e 144 indígenas majoritariamente do povo Munduruku, por conta da ocupação do principal canteiro de obras da usina hidrelétrica de Belo Monte, no estado do Pará.

02/06/2013 - O maior massacre da história de São Paulo

O Brasilianas.org desta segunda-feira (3), às 20h, na TV Brasil relembrará os atos de violência de maio de 2006, que resultaram na morte de 564 pessoas, quando o Primeiro Comando da Capital iniciou uma série de ataques ao patrimônio público e as policiais no Estado de São Paulo.

Dos assassinatos por arma de fogo naquele mês, apenas 59 eram agentes públicos. Os demais foram executados, segundo a polícia, em confronto. Entretanto, muitas das vítimas apresentam marcas de terem sido executadas sumariamente, com tiros no peito e na cabeça.

29/05/2013 - Finep e agência de inovação norueguesa estreitam laços

O casamento entre empresas brasileiras e norueguesas no setor de petróleo e gás natural “irá ocorrer mais dia ou menos dia”, afirmou José Malcher, analista do departamento de Petróleo e Gás e da Indústria Naval da Finep, empresa pública de financiamento ligada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), durante fórum de debates Brasilianas.org, promovido pela Agência Dinheiro Vivo, em São Paulo.

Há duas semanas, as agências de fomento à inovação de cada país, Finep e Innovation Norway, organizaram um encontro no Rio de Janeiro para discutir pesquisa, desenvolvimento e cooperação na área de petróleo e gás natural (P&G). O workshop recebeu apoio do Consulado Geral da Noruega, MCTI, Petrobras e da empresa norueguesa de petróleo e gás, Statoil.

Segundo Malcher, o pré-sal é, na realidade, uma grande fronteira internacional de conhecimento e a indústria brasileira tem chances hoje de se especializa ainda mais na exploração de reservas em águas profundas, podendo se tornar, nos próximos anos, a maior exportadora dessa tecnologia.

28/05/2013 - Pré-sal é fronteira do conhecimento em P&G

A indústria do gás e petróleo se encontra hoje no nível de fronteira do conhecimento que levará a exploração e comercialização das reservas petrolíferas localizadas na camada pré-sal, entre mil e dois mil metros de profundidade do nível do mar.

O momento exige esforços financeiros por parte do poder publico e de empresas privadas de olho nos benefícios futuros da reserva identificada a 300 quilômetros da costa brasileira.

Não à toa as multinacionais Schlumberger, FMC Technologies, Baker Hugues e GE iniciaram investimentos na instalação de laboratórios consolidando assim o Parque Tecnológico da Ilha do Fundão (RJ), adjacente à Cidade Universitária da UFRJ e onde também se encontra o principal centro de pesquisa da Petrobras.

Para debater os desafios de inovação, sobretudo entre as pequenas, médias e micro empresas (PMEs), que representam 85% dos prestadores de serviços e equipamentos na cadeia de gás e petróleo, a Agência Dinheiro Vivo realizou, na última quinta-feira (27) em São Paulo, o 39º Fórum de Debates Brasilianas.org.

27/05/2013 - Brasilianas.org entrevista precursora da agroecologia

Hoje, às 20, na TV Brasil, irá ao ar edição especial de entrevista gravada com a doutora Ana Primavesi. A agrônoma nasceu em 3 de outubro de 1920, em uma família de agricultores na Estíria, estado da Áustria e formou-se agrônoma em 1942, antes da Revolução Verde, iniciada nos Estados Unidos, na década de 1960. A prática agrícola norte-americana implantou a mecanização e uso de defensivos químicos nas plantações de modo intensivo.

Na Universidade de Viena Ana conheceu seu marido e colega de profissão Artur Primavesi. Em 1949, após a Segunda Guerra Mundial, os dois decidiram se mudar para o Brasil, a convite de amigos austríacos que já viviam no sul do país. Aqui, estabeleceram raízes, tiveram três filhos e lecionaram na Universidade Federal de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, onde também organizaram o primeiro curso de pós-graduação voltado para a agricultura orgânica.

22/05/2013 - Fórum discute inovação nas pequenas empresas do setor de P&G

A maioria das grandes empresas possui áreas dedicadas à inovação, com capacidade maior para investir em laboratórios de pesquisa e desenvolvimento do que as pequenas, micro e médias empresas (PMEs). A inovação, no sentido de manter ou aumentar a competitividade de produtos e serviços em termos de custo, é essencial para a sustentabilidade de empresas e países, com o aumento do nível de emprego e renda.

O objetivo do 39º Fórum de Debates Brasilianas.org é abordar as ferramentas disponíveis para que as PMEs consigam participar da cadeia de gás e petróleo, atendendo às exigências do Conteúdo Nacional de modo competitivo. O evento será realizado no Hotel Intercontinental – localizado na Alameda Santos, nº 1123 - Jardim Paulista, em São Paulo, na quinta-feira (amanhã), a partir das 14h.

17/05/2013 - Programa discutirá qualidades do novo diretor da OMC

O Brasilianas.org desta segunda-feira (20), às 20h, na TV Brasil, analisará os desafios que o brasileiro Roberto Azevedo terá à frente na direção da Organização Mundial do Comércio (OMC) para reavivar a Rodada de Doha.

13/05/2013 - Programa Brasilianas.org: Documentos Secretos da Ditadura

Semana do proibido. Durante esta semana a TV Brasil irá exibir diversos programas e interprogramas que abordam a censura na época da ditadura militar no Brasil.

Nesta segunda-feira (13), às 20h, ao vivo, o Brasilianas.org, apresentado pelo jornalista Luis Nassif, discutirá o acesso aos arquivos da ditadura militar.

O debate contará com a participação do coordenador-geral de Memória Histórica da Comissão de Anistia do Ministério da Justiça, Marcelo Torelly; do colaborador da Comissão Nacional da Verdade, Cláudio Lemos Fonteles; do vice-presidente do grupo Tortura Nunca Mais de São Paulo e coordenador do projeto Armazém Memória, Marcelo Zelic e da procuradora da República Eugênia Gonzaga.

CLIQUE AQUI PARA ENVIAR SUAS PERGUNTAS, que poderão ser lidas ao vivo, durante o programa.

03/05/2013 - Fórum avaliou impactos da exploração do pré-sal em Santos

Setor de P&G movimentará no Brasil R$ 354 bi até 2015

A Petrobras é a principal investidora de gás natural e petróleo no país, mas não é a única no setor. Existem mais 38 empresas nacionais e outras 38 estrangeiras atuando na cadeia de exploração e distribuição de P&G no Brasil.

O BNDES prevê que R$ 354 bilhões serão movimentados pelo setor entre 2012 e 2015. Goret Pereira Paulo, diretora do Núcleo de Energia da FGV, avalia que o país corre o risco de não aproveitar todos esses recursos no crescimento de outros setores industriais, tendo em vista as complexas relações de diálogo entre estados e municípios e as leis que envolvem a exploração e distribuição no Brasil. Ela participou do 38º Fórum de Debates Brasilianas.org, realizado na última terça-feira (30), em Santos (SP).

03/05/2013 - Pré-sal atrairá US$ 78 bi para o litoral paulista até 2025

Estudo prevê efeitos de R$ 420 mi a cada R$ 1 bi investidos na indústria de P&G

Segundo avaliação encomendada pela Secretaria de Energia do Estado de São Paulo, o litoral paulista deverá receber US$ 78 bilhões em investimentos na área de petróleo e gás natural, até 2025, para atender a demanda de exploração do pré-sal.

O Subsecretário de Petróleo e Gás, da Secretaria de Energia do Estado, Ubiraja Sampaio de Campos, afirma que a maior parte desses investimentos será realizada pela iniciativa privada. Ele participou da abertura do 38º Fórum de Debates Brasilianas.org, realizado em Santos, na última terça-feira (30). O Plano de Negócios da Petrobras prevê, no horizonte 2013-2017, investimentos da ordem de US$ 9,5 bilhões em exploração e pesquisa em São Paulo, apenas.

Segundo Ubirajara, R$ 1 bilhão na cadeia de petróleo e gás resultará em um efeito de R$ 420 milhões sobre os demais setores produtivos de São Paulo e 9 mil novos postos de trabalho.

03/05/2013 - MP 595 pode atrapalhar desempenho do Porto de Santos

Para especialista, Medida Provisória nº 595 vai na contramão do que é praticado nos principais portos do mundo

Ao longo dos anos o Porto de Santos foi acumulando problemas técnicos que hoje atrasam por dias o embarque e o desembarque de produtos. Dentre as soluções discutidas para melhorar o desempenho do terminal estão obras de ampliação de aprofundamento de áreas, além de novos pátios expandindo o porto em si.

Mas, para o consultor da SPA (Soluções Portuárias Aplicadas) e ex-presidente do Conselho de Autoridade Portuária (CAP) de Santos, Sérgio Aquino, modernizar a administração e gestão do Porto de Santos hoje é mais importante do que aumentar seu tamanho.

Durante sua apresentação no 38º Fórum de Debates Brasilianas.org, realizado na última terça-feira (30), ele criticou a criação da Medida Provisória nº 595, do Governo Federal, instituída para substituir a Lei dos Portos, nº 8.630/93. "A MP vai na contramão do que é praticado no mundo em termos de modernização administrativa", reclamou.

29/04/2013 - Brasilianas.org discute regulação de Terras Indígenas

Encaminhe suas perguntas que poderão ser respondidas durante gravação do programa

Quinhentos anos depois do descobrimento do Brasil, os conflitos entre os povos indígenas e as populações não indígenas ainda não cessaram em território nacional. 

Um triste exemplo disso é o embate histórico por terras entre índios da etnia Guarani-Kaiowá e fazendeiros no estado do Mato Grosso do Sul. Nas últimas semanas voltaram os rumores de que os dois grupos estão na iminência de um conflito armado. Nesta segunda-feira (29) será gravada edição do Brasilianas.org sobre a regulação de terras indígenas.

21/04/2013 - Brasilianas.org discute a Maioridade Penal

O Brasilianas.org desta segunda-feira (22), às 20h, na TV Brasil, abordará o tema da maioridade penal que, no Brasil, segue as orientações da Organização das Nações Unidas, de 18 anos. O assunto voltou ao debate nos principais meios de comunicação após a morte de um jovem de 19 anos, na porta da residência, durante assalto praticado por um adolescente de 17. O agressor estava prestes a completar 18 anos, mas, como no momento do crime era menor de idade, cumprirá pena socioeducativa de até três anos na Fundação Casa.

15/04/2013 - Brasilianas.org discute a MP dos Portos

Encaminhe suas perguntas que poderão ser respondidas durante o programa

O último ranking do Fórum Econômico Mundial, publicado em setembro de 2012, apontou o Brasil entre os dez países com a pior qualidade de infraestrutura em terminais portuários, num conjunto de 144 nações analisadas.

Perto de 94% do comércio exterior brasileiro passa pelos portos que, na sua maioria, não foram submetidos a reformas para atender a demanda de operação que dobrou nos últimos dez anos.

15/04/2013 - Capacidade instalada de parques eólicos dobra

A oferta de energia eólica evitou R$ 1,6 bilhões em encargos decorrentes do acionamento das usinas termelétricas, segundo o primeiro boletim anual divulgado pela Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEólica), nesta segunda.

"Só em dezembro, a energia eólica evitou cerca de R$ 500 milhões em Encargos por Razão de Segurança Energética", reforçou o presidente do conselho administrativo da ABEEólica, Otávio Silveira, durante coletiva de imprensa realizada nesta manhã. O relatório aponta que, considerando o ano passado, se não fosse a fonte eólica o total de encargos recolhidos seria de R$ 3,4 bilhões, duas vezes o valor cobrado dos consumidores em 2012.

Hoje, a capacidade instalada de energia eólica no Brasil é de 2,5 gigawatts (GW), praticamente o dobro da quantidade registrada em 2011 (1,4 GW). Os leilões realizados de 2009 a 2012 resultaram na contratação de aproximadamente 7,1 GW em novos projetos, quantidade que elevará para 8,8 GW a capacidade instalada de eólica, até 2017, triplicando a oferta dessa fonte no país.

09/04/2013 - Síndrome de Down: programa aborda avanços da medicina

Programa Brasilianas.org abordou os avanços da medicina para a melhora de vida e da inclusão de pessoas com Síndrome de Down no país

Engenharia genética tenta inibir parte da trissomia do cromossomo 21

Em 1959, quando a Síndrome de Down foi classificada, a expectativa de vida de uma pessoa com essa condição genética era de apenas 15 anos. Isso porque os portadores da trissomia do cromossomo 21 têm maior incidência de problemas de saúde como a má formação cardíaca, disfunções gastrointestinais e da tireoide, além de serem mais acometidas pelas doenças autoimunes e o mal de Alzheimer.

08/04/2013 - PEC 37: Investigação e Ministério Público

Brasilianas.org discute proposta de emenda à constituição que retira o poder de investigação dos Ministérios Públicos

CLIQUE AQUI PARA ENVIAR SUAS PERGUNTAS, que poderão ser lidas, ao vivo, durante o programa.

O Brasilianas.org desta segunda-feira, às 20h, na TV Brasil, discutirá a Proposta de Emenda Constitucional número 37 (PEC 37/2011), que retira dos Ministérios Públicos o poder de investigação, dando às policias judiciárias Civis e Federais à exclusividade nas averiguações criminais.

A PEC 37 ainda não foi levada ao Plenário, e nem tem data definida para isso, mas já mobiliza atores em defesa e contrários à medida. Caso a PEC seja aprovada no Congresso Nacional, não apenas o Ministério Público mas também Receita Federal, Tribunais de Contas e a Controladoria-Geral da União perderão seus poderes de investigação.

03/04/2013 - O Plano Nacional de Consumo e Cidadania

Assista vídeo do Programa Brasilianas.org sobre o Plano Nacional de Consumo e Cidadania

O objetivo do pacote, lançado no Dia Internacional do Consumidor (15 de Março), "é transformar a política de defesa do consumidor, em política do estado", pontuou a Secretária Nacional do Consumidor (Senacon) do Ministério da Justiça, Juliana Pereira da Silva, que participou do debate mediado pelo jornalista Luis Nassif, ao lado da Procuradora Regional da República, especializada em direito do consumidor, Valquíria Quixadá, e da Advogada da Proteste Flávia Lèfevre.

01/04/2013 - Brasilianas.org entrevista Ana Primavesi, precursora da agroecologia

Encaminhe suas perguntas que poderão ser respondidas durante a gravação

Nesta segunda-feira, às 17h, iremos gravar na TV Brasil edição especial do programa Brasilianas.org com a agrônoma e precursora da agricultura orgânica e da agroecologia, Ana Primavesi.

Ela nasceu em 3 de outubro de 1920, em uma família de agricultores na Estíria, estado da Áustria e formou-se agrônoma em 1942, antes da Revolução Verde, iniciada nos Estados Unidos, na década de 1960. A prática agrícola norte-americana implantou a mecanização e uso de defensivos químicos nas plantações de modo intensivo.

Na Universidade de Viena Ana conheceu seu marido e colega de profissão Artur Primavesi. Em 1949, após a Segunda Guerra Mundial, os dois decidiram se mudar para o Brasil, a convite de amigos austríacos que já viviam no sul do país. Aqui, estabeleceram raízes, tiveram três filhos e lecionaram na Universidade Federal de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, onde também organizaram o primeiro curso de pós-graduação voltado para a agricultura orgânica.

28/03/2013 - Para entender o Plano Inova Empresa

No Brasil, os investimentos em pesquisa e inovação no setor produtivo alcançaram 1,6% do PIB (Produto Interno Bruto), em 2010, segundo dados do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação. A título de comparação, os países mais industrializados do mundo investem, em média, 2,5% do PIB no desenvolvimento de produtos mais competitivos para o mercado.

Para reverter esse quadro, o governo federal lançou recentemente o Plano Inova Empresa, que promete aumentar para 2% do PIB os investimentos públicos e privados em inovação. O pacote também institui a Empresa Brasileira para Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii), além de prever, nos próximo dois anos, investimentos da ordem de R$ 32,9 bilhões, sendo 28,5 bilhões do governo federal e R$ 4,4 bilhões de outras instituições públicas, entre elas Agência Nacional do Petróleo, Agência Nacional de Energia Elétrica e Sebrae - Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas.

27/03/2013 - Síndrome de Down: os novos incluídos

O Brasilianas.org dessa segunda-feira, às 20h, na TV Brasil, irá abordar os avanços da medicina para a melhora de vida e da inclusão de pessoas com Síndrome de Down no país. A cada minuto nascem no mundo 18 bebês com algum problema de formação, 91% deles com a Síndrome de Down, condição genética causada pela cópia de um cromossomo extra que resulta em problemas na forma como o corpo e o cérebro se desenvolvem.

Em 1959, quando a síndrome foi classificada, a expectativa de vida de uma pessoa com Down era de apenas 15 anos. Hoje, indivíduos com a Trissomia do cromossomo 21 estão chegando aos 70 anos, isso, graças a uma série de avanços na medicina envolvendo estudos com ratos geneticamente modificados, mapeamento do genoma e pesquisas com células-tronco.

27/03/2013 - Energia solar entra no foco da CPFL

Fazenda solar, em Campinas, é criada para o estudo de inserção da fonte no sistema elétrico nacional

Técnicos da CPFL Renováveis trabalham para tornar a inserção da energia solar mais competitiva na matriz elétrica brasileira. Em novembro passado, a companhia inaugurou a usina Tanquinho, com 13.700 m2 de área coberta com painéis fotovoltaicos, em Campinas, interior de São Paulo. A estação, considerada a maior fazenda solar do país, demorou apenas quatro meses para ser instalada e tem capacidade para produzir até de 1,6 gigawatts hora por ano, o equivalente para atender a demanda média de 657 famílias.

25/03/2013 - Brasilianas.org discute o Plano Inova Empresa

Pacote lançado pelo governo federal promete ampliar para 2% do PIB investimentos voltados à inovação do setor produtivo

Nesta segunda-feira o programa Brasilianas.org traz aos estúdios da TV Brasil Rafael Lucchesi, diretor de educação e tecnologia da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e diretor-geral do SENAI; Luiz Antonio Elias, secretário-executivo do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação; e Guilherme Marco de Lima, diretor de relações institucionais da Whirlpool Latin America, para discutirem o lançamento do Plano Inova Empresa, realizado pelo governo federal no dia 14 de março.

O pacote institui a Empresa Brasileira para Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii), e também prevê, nos próximo dois anos, investimentos da ordem de R$ 32,9 bilhões, sendo 28,5 bilhões do governo federal e R$ 4,4 bilhões de outras instituições públicas, entre elas Agência Nacional do Petróleo, Agência Nacional de Energia Elétrica e Sebrae - Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas.

22/03/2013 - O desafio de formar engenheiros no Brasil

Coluna Econômica

Um dos grandes desafios do crescimento é o da formação e capacitação de engenheiros. Passa pela criação de vagas, abertura de novas faculdades de qualidade. Mas, também, pela mudança do enfoque da formação do engenheiro.

O Seminário "Formação de Engenheiros no Brasil", promovido pelo Brasilianas, trouxe informações relevantes sobre o momento.

Todo engenheiro necessita de uma sólida formação em algumas ciências exatas, da matemática à física. Tem que dispor do instrumental matemático necessário para identificar e resolver problemas.

Dada a base, há um movimento de mudar radicalmente a pedagogia do ensino, de maneira a aproximar a formação do engenheiro do mundo real.

***

Conforme anotou Alessandre Fernandes Moreira, vice-diretor da Escola de Engenharia da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), há muito poucos estudos pedagógicos sobre o ensino de engenharia. E isso em um mundo exposto a novos valores, exigindo uma multiplicidade de funções do engenheiro, como compromisso com o crescimento econômico, a responsabilidade social, a responsabilidade ambiental, os problemas do cotidiano.

21/03/2013 - RDC versus Lei de Licitações

Essa é a edição do programa Brasilianas.org, veiculado no dia 4 de Março, de 2013, na TV Brasil, a respeito da aplicação do Regime Diferenciado de Contratações (RDC), instituído pela Medida Provisória 527. 

A proposta, que recebeu duras críticas quando sancionada pela presidente Dilma Rousseff, foi criada para substituir a Lei de Licitações (nº 8.666) nas obras da Copa de 2014 e das Olimpíadas de 2016, reduzindo os trâmites burocráticos da Lei 8.666. Desde então, o RDC foi ampliado às obras nas áreas portuárias, de educação e saúde.

Será mesmo que o Governo Federal acertou ao editar a MP 527? Ou ajustes na Lei das Licitações poderiam trazer os resultados desejados - de aceleração das obras - sem deixar de canto fatores positivos da burocracia?

Para responder a essas questões o debate contou com a participação do subchefe para Assuntos Jurídicos da Casa Civil, Ivo da Motta Corrêa, do auditor de Controle Externo e assessor da Presidência do TCU, Cláudio Sarian Altounian, e do advogado e Professor da PUC-SP, Pedro Estevam Serrano.

18/03/2013 - Brasilianas.org discute O Plano Nacional de Consumo e Cidadania

O programa Brasilianas.org desta segunda-feira, às 20h, na TV Brasil, irá debater as principais medidas do Plano Nacional de Consumo e Cidadania, lançado na última sexta-feira (15 de março), pelo governo federal.

O pacote prevê o fortalecimento dos Procons, institutos de defesa do consumidor estaduais, e a criação de um conselho interministerial. A política também contempla um observatório das relações de consumo, para proporcionar um sistema equilibrado nas discussões judiciais entre consumidores e setor produtivo.

Nessa edição, vamos aproveitar para discutir também as ações referentes ao direito do consumidor na Internet. Quais as medidas de proteção ao consumidor em casos de golpes ou mau atendimento na Internet? O atual Código de Defesa do Consumidor, publicado em 1997, atende bem às garantias do cidadão no ambiente cibernético? Que medidas existem para inibir a ação de criminosos?