Aposentadoria para deficientes físicos

Aprovada aposentadoria especial para deficientes


Plenário do Senado aprovou proposta que reduz tempo de contribuição para o INSS e idade mínima para que deficientes físicos se aposentem; proposta agora será enviada à Câmara dos Deputados


Da Agência Senado


http://www.senado.gov.br/noticias/Jornal/noticia.asp?codNoticia=115876&dataEdicaoVer=20120404&dataEdicaoAtual=20120404&codEditoria=1647&


 


O Plenário do Senado aprovou ontem a redução dos limites de tempo de contribuição e de idade para a concessão de aposentadoria a pessoas com deficiência. A atual legislação previdenciária não estabelece nenhum critério especial para as ­aposentadorias de deficientes.

No caso de pessoas com deficiência grave, o tempo de contribuição para aposentadoria integral de homens cai de 35 para 25 anos. Para mulheres, de 30 para 20 anos.

Nas hipóteses de deficiência moderada e leve, as novas condições para aposentadoria por tempo de serviço passam a ser de 29 e 33 anos para homens e 24 e 28 anos para mulheres, respectivamente.

Já com relação à aposentadoria por idade, os novos limites, independentemente do grau de deficiência, caem de 65 para 60 anos para homens, e de 60 para 55 anos para mulheres — as mesmas condições para os trabalhadores rurais.

A matéria retorna agora à Câmara dos Deputados.

O texto aprovado ontem no Senado é um substitutivo do senador Lindbergh Farias (PT-RJ) ao Projeto de Lei da Câmara 40/10 — Complementar.

O projeto disciplina a aposentadoria especial das pessoas com deficiência, instituída pela Emenda ­Constitucional 47/05.

Perícia do INSS

Em seu parecer na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), Lindbergh afirmou que faltava regulamentar a emenda constitucional para a concretização dessas garantias, o que vem fazendo com que as pessoas com deficiência precisem buscar a Justiça.

O grau de deficiência será atestado por uma perícia do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Regulamento do Poder Executivo definirá quais são as deficiências grave, moderada e leve.

O senador Magno Malta (PP-ES), ao lado do deputado federal Romário (PSB-RJ) sugeriu que a nova lei passe a se chamar Lei Ivy-Beatriz — em homenagem às filhas deficientes de Romário e Lindbergh, respectivamente.

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) cobrou do governo o envio ao Congresso Nacional de um projeto de lei que regulamente a aposentadoria especial também para os servidores públicos.

Rodrigo Rollemberg (PSB-DF), Ana Amélia (PP-RS), Eduardo Braga (PMDB-AM), Alvaro Dias (PSDB-PR), Gim Argello (PTB-DF), Eduardo Lopes (PRB-RJ), Romero Jucá (PMDB-RR), Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), Jorge Viana (PT-AC), Flexa Ribeiro (PSDB-PA), Renan Calheiros (PMDB-AL) e Vital do Rêgo (PMDB-PB) falaram dos benefícios da aprovação para as pessoas com deficiência.

O que diz o projeto



115876 



 


Imagens: 
Aposentadoria para deficientes físicos
Média: 4 (5 votos)
39 comentários
imagem de Maria Aparecida

Olá!

Tenho deficiência auditiva, bilaterial moderada. Contribua com o INSS há 25 anos, será que posso aposentar nesta nova lei?

 
imagem de graça carvalho

tenho problema auditivo tenho direito aponsetadoria por deficiencia 

 
imagem de Wellington Pereira Lima

Prezados Srs. Em Março de 1999,  fui acometido de uma doença muito grave LEUCEMIA CRONICA (CÂNCER), no mesmo ano fui submetido a Transplante de Medula Ossea no Hospital de Clinicas de Curitiba da UFPR, neste procedimento que fiz tomei bastante corticoide, vindo a afetar a minha visao. Hoje estou CEGO do olho direito (OD) pelo Diagnostico GLAUCOMA AGUDA - CID  10  -  H54-1, com acuidade visual na melhor correçao pela Tabela SNELLEN e 20/400 em olho esquerdo (OE) - Diagnostico  Baixa Visao Severa. Comprei uma casa financiada pela Caixa Econômica Federal e atualmente fui Aposentado por Invalidez pelo INSS. Gostaria de saber como faço para pedir quitaçao da minha casa propria junto a Caixa Econômica Federal. Desde ja, agradeço pela vossa atençao. Atenciosamente, Wellington Pereira Lima - Deficiente Visual    TEL (41) 3354-5647   -   Curitiba/Pr, 18/04/2013

 
imagem de Luiz Alberto Menoncin

   Bom dia,

 

   Eu sendo deficiente físico, já contribui 31 anos, sou funcionário público, tenho direito a aposentadoria já?

  

 
imagem de gilberto b

 


Bom Dia, gostaria de saber , se tenho direito a aposentadoria especial , pois tenho visão monocular, ou seja tenho um olho sem visão e o outro com mais dois graus de miopia e estigmatizo,


 


Hoje, ha 25 anos no serviço publico estadual de São Paulo, ou seja desde 1988, e mais 6 anos ,  Trabalhados em outras empresas, metalúrgicas, hospital e comercio, total hoje de 30, para 31 anos trabalhados comprovadamente. E 50 anos de idade exatos.


 


E ao consultar o Rh para saber quanto , falta para aposentar, me informaram que tenho que trabalhar para aposentadoria integral até o ano de 2022,( perfazendo um total de 41 anos de trabalho e 60 anos de idade = total 101 anos). 


 


Por estes motivo estou entrando em contato com os senhores, e aguardo informações , pois creio que possa ter direito a aposentadoria especial,


 


( Obs: Aposentadoria especial pelo Estado pois sou funcionário publico Estadual de São Paulo)


 


 


 


 


Aprovado pelo estado ou pelos deputados em assembléia.


 


Lei 14481/11 | Lei nº 14.481, de 13 de julho de 2011 de São Paulo


Compartilhe


Classifica a visão monocular como deficiência visual. Citado por 1


O GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO:


Faço saber que a Assembleia Legislativa decreta e eu promulgo a seguinte lei:


Artigo 1º - Fica classificada como deficiência visual a visão monocular.


Artigo 2º - As despesas decorrentes da aplicação desta lei correrão à conta de dotações orçamentárias próprias, suplementadas se necessário.


Artigo 3º - Esta lei entra em vigor na data de sua publicação.


Palácio dos Bandeirantes, aos 13 de julho de 2011.


Geraldo Alckmin


Linamara Rizzo Battistella Secretária dos Direitos da Pessoa com Deficiência


Sidney Estanislau Beraldo


Secretário-Chefe da Casa Civil Publicada na Assessoria Técnico-Legislativa, aos 13 de julho de 2011.


Publicado em : D.O.E. de 14/07/2011 - Seção I - pág. 01 Atualizado em: 14/07/2011 12:10 14481.doc


 


 


Creio que seja do Vosso Interesse em me ajudar.


 


Hoje passo o expediente todo em frente a um computador , digitando e pesquisado, e tenho muita dificuldade pois a ardência incomoda muito no olho direito e tenho muita dor de cabeça.


 


Pois li a matéria do vosso site vomo tambem  materia abaixo:


 


E gostaria de obter mais informações e ajuda sobre o mandato de injunção. ou alguma informação que possa me ajudar nesse sentido.


 


Pois pelos relatos da matéria, são diminuídos os tempos de contribuição como também o tempo de idade para contagem da aposentadoria.


 


STF garante aposentadoria especial a servidor público com deficiência

 


O Supremo Tribunal Federal confirmou, na quinta-feira (20/10), a aposentadoria especial para servidores públicos portadores de deficiência e 25 anos de contribuição previdenciária ou que exerçam atividade insalubre. A decisão foi tomada em Agravo Regimental que questionou decisão do ministro Celso de Mello em Mandado de Injunção sobre a matéria.


     Mandados de Injunção são recursos jurídicos usados para questionar omissões do Poder Legislativo em regulamentar direitos constitucionais. Neste caso, a ação foi impetrada pelo juiz federal Roberto Wanderley Nogueira contra a Presidência da República, o Senado Federal e a Câmara dos Deputados, representados pela Advocacia-Geral da União.
     Ao analisar o caso, o ministro Celso de Mello, em decisão monocrática proferida em maio deste ano, concordou com o juiz. Afirmou que o direito à aposentadoria especial está descrito no parágrafo 4º, Inciso I, do artigo 40 da Constituição e já deveria ter sido regulamentado pelo Congresso. Como não foi, o decano decidiu que deve ser aplicada, por analogia, a regra prevista no artigo 57 da Lei 8.213/1991, a Lei de Custeio da Previdência Social.
     Ele aproveitou para criticar os parlamentares. Afirmou que não faz sentido que a inércia dos órgãos estatais “possa ser paradoxalmente invocada, pelo próprio Poder Público, para frustrar, de modo injusto (e, portanto, inaceitável), o exercício de direito expressamente assegurado pela Constituição”.
     Com a decisão, que também teve caráter normativo, o órgão administrativo do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, em Pernambuco, deveria analisar se o juiz Nogueira pode receber o benefício ou não, e concedê-lo ou não. Mas Nogueira não conseguiu ter seu caso analisado. Ouviu que a decisão do STF ainda não havia transitado em julgado, visto que foi tomada monocraticamente.
     A AGU, então, impetrou recurso para pedir que o pleno do Supremo analisasse o caso. Analisou e negou o recurso. Decidiu que a posição do ministro Celso de Mello deve ser mantida, e, citando jurisprudência da corte, destacou que matérias relaci onadas a aposentadoria especial podem ser decididas monocraticamente.
     De acordo com a decisão do decano, situações como a do juiz Nogueira devem ser analisadas pelo Supremo. Isso porque a aposentadoria especial está descrita no parágrafo 4º, inciso I, do artigo 40 da Constituição. Mas o Congresso Nacional nunca editou lei sobre o assunto e o direito ficou sem regulamentação.
     Enquanto o Congresso não criar lei para tratar da aposentadoria especial, vale, por analogia, o artigo 57 da Lei de Custeio da Previdência Social. O dispositivo diz que “a aposentadoria especial será devida, uma vez cumprida a carência exigida nesta Lei, ao segurado que tiver trabalhado sujeito a condições especiais que prejudiquem a saúde ou a integridade física, durante 15 (quinze), 20 (vinte) ou 25 (vinte e cinco) anos, conforme dispuser a lei”.


     O presidente do Icep Brasil Sueide Miranda Leite, informa aos servidores públicos com deficiência que se encontram em situação semelhantes ao anunciado na matéria acima e que precisam de um advogado para impetrar na justiça ação que para garantir o que  estabelece a Constituição Federal em relação a aposentadoria especial, entrara em contato com o Icep Brasil através dos telefone 61-9994.8073 ou 61-30311706.


Se for possível  alguel  me contatar para dar informações que possa me ajudar.


 


muito obrigado


 


 

 
imagem de ricardo de oliveira

criciuma 18 11 2012

gostaria e saber quando vai sair esta lei que beneficia os deficiente fisico. mais se depender destes politicos morremos e nao sai esta lei. mais quando e pra beneficiar eles na mesma hora eles aprovao mais vamos esperar sentados que em pe cança ainda mais que somos deficiente fisico,

 

 

sds

ricardo 

 

 
imagem de Rosni

 

Qual a Previsão para esa lei ser aprovada ?

 
imagem de messias silva de oliveira

estou trabalhando soube que tenho direito ao benefício mesmo assim gosataria de saber se existe uma lei de amparo e qual seria esta lei aguardo resposta

 
imagem de Poliana da Silva Andrade

Quero  pedir urgência na aprovação desta Lei, prá que tenhamos nosso direito de aposentadoria especial aprovada, que possamos viver com dignidade e ter uma vida mais confortável, dipondo de recursos para suprir nossas necessidades e gozar a a vida de uma forma mais plena, mais prazerosa, livre de preocupações.

 
imagem de Joao Santos

Sendo eu deficiente (Paralisia Infantil) e já tendo contribuido com 30 anos, posso requer a aposentadoria uma vez que já estaria automaticamente enquadrado na minima condição  [ leve ]?

 
imagem de Denise Cristina

Bom Dia!


 


Eu como os demais deficientes, estamos anciosos aguardando a lei ser aprovada, tenho polio e vejo que o tempo vem agravando, minha capacidade de cumprir as tarefas esta ficando dificil, principalmente quando a doença vem enfraquecendo e fazendo perder a resistência nos ossos, mesmo com dores sou obrigada a trabalhar. Já contribuo a 17 anos e gostaria de saber o que falta para a presidente Dilma aprovar logo esta lei.

 
imagem de michardson amorim

 

o ser humano e muito egoista só pensa nele demorou muito essa lei a ser aprovada nesse país corrupto pensem nos outros como se fosse vc um dia pode acontecer com vc ou alguem de sua família ficar deficientes já vi muitos exemplos... mais deus envia um anjo bom para amenizar o sofrimrnto do planeta. reflita (demora) mas aqui se faz aqui se paga...

 
imagem de caio makoto dos anjos marques

ola eu sou caio tenho uma tia q tem deficiencia mental,mas nos levamos no medico pra fazer a pericia mas os medicos falam q ela é normal mas ela não consegue estudar trabalhar e não tem muita memoria e de vez enquando da uns ataques nervosos nela isso pra mim não é normal queria q vcs me dessem uma dica do q eu psso fazer pra me ajudar pois ela ja tem uns 40 anos e não conseguimos aposentala.......obrigado...

 
imagem de leonel alano

 ola! bom eu em 1986 fui atropelado vindo a perder uma perna e dois dedos d uma mão em decorrencia dos ferimentos. só que até hoje nao consegui me aposentar.

 
imagem de CÉSAR BETTONI

OLÁ,  ACHO QUE  CHEGA DE CONVERSA,  VAMOS  COLOCAR ISSO EM AÇÃO,  POIS  SOU DEFICIÊNTE FÍSICO HÁ 52 ANOS, E NÃO LEMBRO DE  TER PASSADO UM DIA SEM DOR,  A APROVAÇÃO DESSA  LEI  PRECISA  SER RÁPIDA, PARA NÓS QUE TENHAMOS ALGUM TEMPO PARA APROVEITAR UM POUCO A VIDA,  SE TEMOS  VIDA AINDA.

VIVER  O RESTO DA VIDA COM MAIS DIGNIDADE,  SOSSEGO, LAZER,  SEJA DA NOSSA FORMA  MAS  QUE TENHAMOS ISSO.

SEGUNDO FONTE  DE PESQUISAS AS  PESSOAS  QUE  TIVERAM  O VÍRUS,   DA PÓLIO A VIDA CHEGA A DIMINUIR EM CERTOS CASOS  ATÉ 25%.OU MAIS.

POR  ISSO NÃO TEMOS TEMPO A PERDER COM  BLÁ BLÁ BLÁ.

VOTEM  NEM QUE SEJA POR PIEDADE, APROVEM ESTA LEI,  POR FAVOR.

 

 

 
imagem de ISAC PEDROSO DO AMARAL

Em 1984. sofri uma infecção hospitalar, na qual me deixou sequela no MID, e na épuca eu trabalhava em lavoura, e vim pra cidade, em 1988, e passei a trabalhar com CTPS, assinada, gostaria de saber se o periodo que trabalhei na lavoura vai contar para que eu possa ser beneficiado pela Lei. Hoje tenho de carteira assinada + ou - 23 anos. Sera que eu ja poderia procurar o INSS para dar entrada no processo da minha aposentaria. Isso contanto com o tempo de Trabalho realizado na zona Rural. Que Trabalhei em media, mesmo com dificuldade 2 e meios. Tenho uma diferencça de 5.6CM de  encurtamento, no MID.

Pois tenho amigos que tem deficiencia, até menos  Complicado que a minha ja é aposentado. Por que isso ocorre.

Pois eu ja procurei o INSS, o medico disse na minha cara que sou uma pessoa normal.

Gostaria de saber mais informações a respeito.

 

Atte

Isac Pedroso do Amaral

 
imagem de Cristane Silva Nicastro

Boa noite!

Tenho paralisia infantil (membro inferior - lado esquerdo) mas sempre trabalhei registrado desde ,1995.

Trabalhei alguns anos em 2 serviços para complementar minha renda, gostaria de saber se com isso terei um salario um pouco acima do minimo e quando eu poderia me aposenta.

 
imagem de julio de oliveira

boa tarde tenho 45 anos de idade e 20 de contribuição PARA INSS, TENHO SOFRI poliomelite, estou com grande

 
imagem de Odair Pires de Campos Filho

Aracy, acompanho há tempo o processo da Aposentadoria Especial para Deficientes, assim como você, esperançoso, mas sem entender se é uma realidade ou apenas uma jogada politica, pois acho engraçado que o processo passou por várias etapas, sendo sempre aprovado; e tenho até receio que o processo que tem 180 dias para ser aprovado pela presidente Dilma não chegue a acontecer, pois já está caducando este tempo não acha?.

Abraços

 
imagem de Nilza Rodrigues

Sou deficiente, sofri pólio, trabalho a 28 anos como professora, minha deficiência está agravando, pois tenho que andar de muletas. Quero me aposentar, mas ganharei a metade do que ganho. Quero agradecer aos políticos que enteressam por nós. Gostaria de saber quando será aprovada esta lei.

 
imagem de JESUMAR MARTINS DE PAULA

Boa noite, Caros Leitores!!

É um ponto de grande relevância para toda a sociedade!

O que mais nos deixa perplexos é a maneira como o Senado Aprova a lei e transmite à Camara e depois não anda!!!???

Quando será que seremos lembrados, não pelos os que já o fazem, mas pelos que se calam e nos deixam prostrados a espera de um decisão segura e de grande relevância a toda a sociedade!

Sabemos que alguns o fazem por Amor e outros nem sabe  que isso representa as pessoas de Deus!

Caros Deputados Federais é hora de pensar em um país mais seguro e com principios legais para nos acolher!!

 

Desta forma, Aguardo ancioso o findar da Morosa data que não começou a valer para poder fazer jus ao direito a tanto aguardado, mesmo sabendo que a sociedade inteira esta ao nosso lado e algumas empresas vão perder ótimos funcionários em seu óficio.

Grato pela atenção!!!

 

 
imagem de maria jose da silva santos
  1.                                                                                                                                                                                                                                                                   Sou deficiente fíca desde os oito meses de idade ,funcionária pública há 25 anos e 52 de idade,quero saber se já posso mim aposentar ou quanto tempo ainda faltam                                                                                                                                                                                                                                      
 
imagem de Antonio Carlos Gomes  Leal

Gostaria de saber porque tanda demora  pa aprovação da aposentaria dos deficientes

O que esta faltando?

Quando  teremos nossa  aposentadoria?

Por que  não dar prioridades  aos deficientes,   esta solicitação ja rola a mais de DEZ  ANOS.  Eu  ja contribuir com a previdencia 31 anos  e tenho 52  anos.

 

Antonio Carlos Gomes Leal

 
imagem de Roberto Cardoso

 

Aposentadoria Especial dos Deficientes

 

Caro amigo(a), vencemos mais uma, o senado aprovou no dia 03/04/2012, o Projeto de Lei Complementar (PLC) nº 40, de 2010 que regulamenta a aposentadoria especial da pessoa com deficiência, esse projeto de lei já tinha sido aprovado pela Câmara dos deputados, mais por causa de uma emenda parlamentar sobre a aposentadoria por idade para os homens 65 e as mulheres 60 anos, o senado modificou para homens 60 e as mulheres 55 anos, por isso que voltou novamente para nova votação na Câmara dos Deputados de acordo a do senado. A Câmara votando vai para a presidenta Dilma sancionar, terá 180 dias.

 

Ficamos agradecidos por você participar da assinatura do abaixo-assinado e gostaríamos que você fizesse uma carta nominal parecido a essa que está abaixo contando todos os seus problemas, (cada caso é um caso) e enviasse para cada um dos 513 Deputados Federais para que eles votem a Lei de aposentadoria dos deficientes.

 

Todos os interessados, entidades e representações populares devem se manifestar enviando e-mails, cartas, telefone ou fax solicitando aos Deputados a aprovação desses importantes projetos, vamos fazer igual a do senado, ou seja, pode ser o mesmo e-mail que enviamos para os senadores.

 

Eu já fiz e enviei para todos os 513 Deputados, vamos encher a caixa de e-mail deles.

 

Compartilhe com outras pessoas e vamos reivindicar os nossos direitos.

 

São quase 3.000 pessoas que participa desse abaixo-assinado. VAMOS FAZER UMA CORRENTE DE E-MAILS E MANDAR PARA TODOS, eles vão notar que nós também estamos interessados.

 

Vamos divulgar em ORKUT, MSN, FACEBOOK, TWITTER...

 

Pena que tem muitas pessoas que assinam o abaixo-assinado e colocam restrito, por isso é impossível essas pessoas participarem dessa corrente.

 

Como está dando falha no envio dos e-mails de alguns parlamentares, primeiro mande e-mail, se retornar continue mandando e também mande pelo FALE COM O DEPUTADO, melhor mandar pelos dois, o importante que eles recebam o máximo de e-mails.

 

Vá no Google e coloque FALE COM O DEPUTADO – PORTAL CÂMARA DOS DEPUTADOS, salve no favorito e clic no FALE COM O DEPUTADO e preencha os dados necessário porque é mais prático.

 

Se 2.000 pessoas mandarem e-mails para os 513 Deputados, a Câmara vai receber 1.026.000 e-mails, isso é o mesmo que fosse um abaixo-assinado.

 

Vamos persistir em e-mails para que até o dia 3/12/2012 que é o dia Internacional das Pessoas com Deficiência, já tenhamos essa lei aprovada, sei que é cansativo, mais para nós a vida nunca foi fácil e vamos enviar o máximo de e-mails.

 

Não vamos deixar adiar mais esse projeto de Lei.

 

OBS: Se você tem dificuldade em fazer, não tenha vergonha e peça para alguém fazer para você, o importante é que você também participe, a união faz a força.

 

Para eles sentirem que nós estamos interessados, eu enviei pelo FALE COM O DEPUTADO e pelo e-mail.

 

Se você quiser a relação dos deputados e e-mails, entre em contato comigo que terei o maior prazer de enviar-lhe ou então vá no Google coloque Deputados em exercício. - Deputados - Resultado Pesquisa.

 

Abraço para todos aqueles que abraçaram e irão abraçar essa causa, principalmente ao Leonardo de Mattos que foi o autor do projeto Lei e o Ari Antonio Heck por ter criado o abaixo-assinado.

 

Cardoso

 

MODELO QUE FIZ CONTANDO O MEU CASO, CADA CASO É UM CASO, VOCÊ VAI CONTAR O SEU.

 

Exmº(ª). Srº(ª). Deputado(a) Federal

 

A...........................................

 

Venho através deste, encarecidamente pedir a Vª. Exª. que mobilize os senhores Deputados Federais para que votem a lei que permite aposentadoria para as pessoas com deficiência, porque fomos até hoje discriminados pela sociedade.

 

No meu caso que tenho sequela de poliomielite desde um ano e meio de idade, sequela essa que atrofiou e provocou encurtamento da perna direita, por isso para eu poder se locomover sou obrigado segurar na perna, com isso é um

 

sacrifício para que eu possa andar.

 

Comecei trabalhar aos 8 anos de idade e trabalho até hoje e toda a vida trabalhei sem ser registrado em carteira porque as empresas não permitiam pessoas com deficiência no seu quadro de funcionários.

 

Depois de tantas lutas, consegui trabalhar registrado na Prefeitura por 4 anos e com muito sacrifício consegui concluir a faculdade e hoje trabalho no estado há 19 anos, dos quais estou readaptado há 9, mais já estou me sentindo incapaz para fazer muitas das tarefas que me são impostas, porque quem teve essa doença, principalmente nas pernas com o passar do tempo os ossos vão enfraquecendo e perdendo as resistências, por isso quebram-se por um simples tombo, como já quebrei 3(três) vezes a mesma; estando andando ou em repouso o corpo sempre dói, porque no meu caso, o problema também é na coluna, mesmo assim os peritos não me aposentam.

 

Por isso, no dia 27 de Março de 2012, completei 60 anos e continuo trabalhando, muitas vezes mesmo não podendo, sou obrigado a trabalhar.

 

Esperamos que esse projeto Lei seja aprovado antes do dia 03/12/2012 que é o dia Internacional das Pessoas com Deficiência, para poder realizar o sonho dessa classe tão sofrida fisicamente, do qual eu faço parte.

 

Conto com a participação de todos(as) senhores(as) Deputados(as), para poder realizar o sonho de milhares de deficientes assim como eu.

 

Respeitosamente:

 

Roberto Cardoso

 

Obs:Estou lhe enviando esse e-mail porque o(a) senhor(a) tem mais contatos ou conhece alguém que é deficiente.

 

 
imagem de EDSON HOFFMANN

Tenho sequela de polio(MIE) mas sempre trabalhei.Houve épocas em que não fui registrado.Tenho amigos que nunca trabalharam e são aposentadas por deficiência.Por que?? e porque eu não consigo nem encaminhamento para pericia médica, eu mal posso caminhar, e porque não consigo o beneficio do governo, e quem não precisa consegue, gostaria que alguém me ajudasse e me respondesse, obrigado

 

 
imagem de Wilson Muniz de Brito

Tenho paralisia infantil (membro inferior - lado direito) mas sempre trabalhei registrado desde ,1984

quando eu poderia me aposenta.

 
imagem de Ana Cristina Carneiro Gaya

Parabéns! pela nossa vitória, mas eu vou sempre pedir a Deus que proteja todas essas pessoas que votarão a favor desse Projeto Lei, pois só assim temos uma vida digna de poder viver nesse mundo.


Estou muito feliz, graças a DEUS conseguimos alguma coisa maravilhosa vinda dos Políticos desse Pais que é o meu Brasil, PARABÉNS A TODOS QUE COLABORARAM PARA QUE FOSSE APROVADA ESSA LEI.

 
imagem de antonio n c s

Gostaria de parabenizar os parlamentares que aprovaram a matéria em particular ao O senador Aécio Neves (PSDB-MG) que cobrou do governo o envio ao Congresso Nacional de um projeto de lei que regulamente a aposentadoria especial também para os servidores públicos.

 
imagem de Gildeir Barbosa Araujo

  Por que deputados se aposentam com dois mandatos,e  nós, os deficientes fisicos temos que trabalhar a vida toda pra se aposentar e receber uma merreca no fim do mes? quem contrinui mais com o país,nós ou os deputados,que na maioria sao corruptos e se  enriquecem com muita facilidade...? Nós   é que deveríamos trabalhar  somente oito anos. Olhem pelos deficientes com  mais justiça,,,eles tambem votam....somos 2o milhoes de eleitores...

 
imagem de Wellington Pereira Lima

Ola, eu mandei um elogio via e-mail, mas ate agora nao foi publicado. Grato pelo atençao.

 

Postar novo Comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.
CAPTCHA de imagem
Digite os caracteres exibidos na imagem acima.