Dilma e Lula: avanços históricos, aprovação histórica

Crescimento econômico com distribuição de renda, 18 milhões de empregos formais gerados, redução da desigualdade social entre outros fatores, explicam aprovação extraordinária de Dilma e Lula. [imagem Brasil 247]




O portal Brasil 247 publicou matéria em que identifica de onde vem o grande apoio popular à Dilma e Lula, mesmo considerando o cenário atual, em que os dois primeiros anos do governo Dilma devem completar-se com crescimento do PIB bem abaixo do obtido pelo ex-presidente Lula. Na matéria é possível encontrar o maior dos responsáveis por tamanha aprovação popular: o Brasil lidera o quesito bem estar social em um ranking de 150 nações!  Entre 2006 e 2011 o"PIB brasileiro cresceu a um ritmo médio de 5,1% por ano entre 2006 e 2011, os ganhos sociais obtidos neste período equivalem aos de uma nação que cresceu 13% anualmente. Em comparação aos progressos recentes alcançados, o Brasil lidera, com 100 pontos, índice atribuído ao país que melhor se saiu nesse critério de avaliação". Não há quase nada que se possa fazer, politicamente, contra governantes que apresentam resultados tão significativos, ainda mais se considerarmos que o Brasil andava de lado, desde os anos 1980.  Sua economia pouco crescia, mas quando ocorria crescimento econômico, este se dava de maneira inconsistente e com destacada concentração da soma das riquezas em poder dois mais ricos, consolidando um país para poucos, em que cerca de 1/3 da população acessava as benesses de uma distribuição de renda injusta.A concentração de riqueza ainda tem se mantido como uma marca nefasta da desigualdade desta nação.Lula e Dilma tem conseguido diminuí-la acentuadamente na última década, segundo estudo da consultoria internacional Boston Consulting Group (BCG), que aponta que: "O Brasil diminuiu consideravelmente as diferenças de rendimento entre ricos e pobres na década passada, o que permitiu reduzir a pobreza extrema pela metade". A geração de mais de 18 milhões de empregos formais desde 2003 é outro dado sensacional, a carteira de trabalho é hoje um poderoso símbolo da ascensão social dos mais pobres à classe média e da conquista da dignidade de milhões de famílias brasileiras. Apesar de toda artilharia pesada e noticiosos partidários contra o projeto petista, as figuras da atual mandatária e de seu antecessor continuam populares e com confiança da maioria do povo, conforme última pesquisa divulgada pelo Ibope...  continue lendo

Nenhum voto

Postar novo Comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.
CAPTCHA de imagem
Digite os caracteres exibidos na imagem acima.