Cada vez mais grave

O que está ocorrendo no Brasil é uma desestabilização da economia que se agrava com o intervencionismo do governo. Numa economia de mercado as cadeias produtivas se criam e se estabilizam gradualmente por mecanismos naturais. Cada vez que o governo interfere num setor da economia, ele afeta “sem querer” outros setores da cadeia produtiva. Um governo que não respeita esses mecanismos pode usar a força bruta para obter efeitos políticos. Cada país tem de entender da sua macroeconomia e de seus modelos, e tomar decisões que afetem as causas dos problemas e não os efeitos. Evitar a inflação segurando o preço da gasolina é tipicamente tentar controlar o efeito, e não a causa. Forçar a baixa dos juros derrubando os juros do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal (CEF) é intervir nos efeitos, e não nas causas. O preço da cesta básica é um efeito, e não uma causa, e não são apenas os impostos federais que levam à alta dos preços. Do jeito que vai, logo vamos ter fiscais da Dilma, congelamentos, confisco de bois no pasto, e outras inutilidades que conhecemos bem. Gilberto Did Gilberto

Nenhum voto

Postar novo Comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.
CAPTCHA de imagem
Digite os caracteres exibidos na imagem acima.