Empresa da filha do José Serra cresceu 50.000 vezes em apenas 42 dias

Autor: 

Se há uma coisa a que a ética tucano-midiática não resiste é à comparação,,,,...então vamos comparar a estrondosa evolução patrimonial de Palocci, que subiu 20 vezes em vários anos, com a de Verônica Serra, que subiu 50.000 vezes em 42 dias.

Isso mesmo: 50 mil vezes e a velha imprensa não quer saber.

Empresa da filha do José Serra cresceu 50.000 vezes em apenas 42 dias

http://osamigosdobrasil.com.br/2011/05/25/empresa-da-filha-do-jose-serra-cresceu-50-000-vezes-em-apenas-42-dias/

Quarta-feira 25, maio 2011

Em primeira mão no blog Os Amigos do Brasil em 25/05/2011 às 23:40 -

A imprensa brasileira que divulgou o dossiê Palocci, noticiando que seu patrimônio aumentou 20 vezes em 4 anos, o que dirá do aumento vertiginoso de 50.000 vezes da empresa da filha de José Serra (PSDB/SP) em 42 dias?

Verônica Allende Serra, filha de José Serra, era sócia da empresa DECIDIR.COM BRASIL, já conhecida de outras reportagens.

A empresa teve seu capital multiplicado por 50.000 (cinquenta mil vezes)… repetindo para você ter certeza do que está lendo: 50 MIL VEZES!

E isso em apenas 42 dias.

A empresa foi criada no dia 8 de fevereiro de 2000, com capital de R$ 100,00 (cem reais).

Quinze dias depois, no dia 22 de fevereiro de 2000, o nome da empresa mudou para “Decidir.com Brasil S.A.” e a sócia Verônica Allende Serra (filha de José Serra) assumiu o cargo de Diretora e de Vice-presidente da empresa.

Em 21 de março de 2000, passados 42 dias da criação da empresa, o capital foi aumentado para R$ 5.000.000,00 (cinco milhões de reais), ou seja 50 mil vezes o valor incial.

Detalhes:

Verônica Allende Serra não era apenas filha de José Serra. Também era sócia do pai em outra empresa, de consultoria, simultaneamente: na ACP – ANÁLISE DA CONJUNTURA ECONÔMICA E PERSPECTIVAS LTDA (conforme citado na ação proposta do Ministério Público Federal, aqui)

José Serra era ministro da Saúde no governo de Fernando Henrique Cardoso, nesta época, e pré-candidato à presidência da República.

O Ministério Público Federal apurou que José Serra NÃO DECLAROU sua empresa de consultoria à Justiça Eleitoral, nas eleições em que concorreu em 1994, 1996 e 2002.

Documentação comprova:

Nosso blog não precisou bisbilhotar o sigilo fiscal na Secretaria de Fazenda de São Paulo (comanda pelo serrista Mauro Ricardo), para obter os documentos abaixo:

Nenhum voto
7 comentários
imagem de Denny Azevedo

Desculpe meu caro, mas todo brasileiro tem memória curta mesmo....

Sobre o filho do Lula ninguem lembra, uma empresa que não produzia nada e não tinha nem receita vendida por milhões para um grupo de telefonia que recebeu previlégios em concessóes, quem diria pelo Sr. Lula, quando infelizmente ocupou o cargo de presidente do pais.

E a filha do mesmo junto com o marido????

Bom como todo apoiador da vergonha que ocorre hoje em nossa política isso não é lembrado. alias, vira calunia, e invensão da "direita reacionária'......

 
imagem de Paulo Acci

Essa filha do Serra é um sucesso mesmo.

Não é qualquer um que sai, quase que direto dos bancos escolares, para uma posição de super profissional, sócia de gente da família Dantas nos paraísos fiscais da vida e inté com cv na Forbes.

Ela é quase um Bill Gates.

Uma fera,  daquelas que galgam velozmente os degraus da fama e riqueza, por ser dona de uma competência estapafurdia...rs

 
imagem de Um pouco menos burro que o blogueiro

Denny Azevedo

Obrigado por atestar o óbvio... crescimento de capital social é completamente diferente de enriquecimento ilícito. Se o nobre blogueiro comprovar que esse novo montante veio de fontes ilegais então pode alegar algo, dessa maneira nem faz sentido.

Muito melhor sim seria lembrar o oposto, quando a empresa do filho de Lula AVALIADA (não era capital social) em 50 mil foi vendida para a OI/Telemar (empresa participando de licitações) por uns 5 milhões (sem ter esse valor de mercado). Isso sim configuraria um crime, mas pagar caro por algo inútil não é crime (a intenção poderia ser).

 
imagem de Denny Azevedo

Meu caro, você deveria estudar um pouco de contabilidade para não escrever tabta besteira de uma vez só.

Se você ler o documento que você mesmo postou, sem os olhos turvos de ideologismo politico, vai perceber:

1 - a firma não era dela quando foi criada, e o capital de R$ 100,00 era de efeito simbólico, que ná espoca da criação era permitido por lei estes tipos de capital. Pensar não doi e nem paga imposto (por enquanto neste pais governado por pessoas de não tão boa indole), me diga quem consegue abriri uma empresa com apenas 100 reais? Desculpe a franquesa, mas ou você é burrinho ou se faz de tal só para criar sensacionalismo.

2 - na mudança de sócios, também está bem claro no documento que você postou, e também uma mudança na atividade economica, se o nobre blogeiro obervou a empresa virou uma S.A., que tem leis específicas e não permite capitais simbolicos como os R$ 100,00 de abertura, alias, nenhuma empresa mesmo Limitada ou Individual é permitido a abertutra com capital simbolico mais. Meu caro blogueiro, se informe antes de DESINFORMAR as pessoas.

3 - Um ajuste de capital em uma empresa não significa necessariamente um aumente em seu patrinomio, que poderia inclusive já existir mas não estava documentado, ou contabilizado, pois era uma prática muito comum a declaração de capitais infimos.

Já o citado Palloci teve seu aumento de capital comprovado, incorreu em crime a pedir violação de sigilo fiscal de um simples caseiro, mas como estamos na Brasil, e infelizmente a PT está no comando, ele não foi condenado.

PS: Não sou eleitor do Serra e nem do PSDB caso o nobre e desinformado blogeiro queria argumentar algo neste sentido

Abraços, e um conselho, se informe mais, pense mais.....você vai perceber que não dói e é até gratificante utilizar o raciocínio de vez em quando.

 
imagem de ANTONIO ATEU

You are missing some Flash content that should appear here! Perhaps your browser cannot display it, or maybe it did not initialize correctly.

 
imagem de ANTONIO ATEU

cara, a pole position é da filha do serra.  será que palocci vai ficar pra trás. agora sério. uma lei sobre consultoria já. o setor privado e os consultores se beneficiando de informações não disponiveis pra grande maioria da população ou setores produtivos.  o negocio de poucos. isso fede muito. pois é e  um partido ou sujeitos que se dizem eticos deveriam se indignar e denunciar tais praticas. porem, esse é o segreo do sucesso do negocio. um abraço meu velho. e o rio de janeiro continua lindo. 

 
imagem de IV Avatar da Meia Noite

Não pode comparar não é mesmo. O pig que diz isso, ah não pode comparar! Pq não podemos comparar? Claro, o Pig não pode mostrar os podres de tucanos demos. Tô fora deste conto do vigário. Não se trata de pole poisition e sim de questão de equidade, comparar  é no mínimo ser honesto, pq tucano pode roubar bilhões, pq ex-ministro de FHC, no caso Arminio Fraga pode comprar um Mac Donalds por mais de 1 bi de reais, pq FHC pode vender a vale por 3 bi. Fora de mim, não caio nesta cilada. Se o PIG me manda ir para um lado vou para o outro, sei que o que eles não quero. Jamais! Portanto temos sim que comparar, ainda mais pq o que Palocci fez não é ilegal. Já o que a roubalheira da privataria tucana et caterva...

 

Postar novo Comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.
CAPTCHA de imagem
Digite os caracteres exibidos na imagem acima.