Assange: Herói ou oportunista?

Autor: 

Julian Assange, criador do WikiLeaks, está sendo criticado pelos seus (ex-,meta-)parceiros, o New York Times e o Guardian.  Até o Paulo Henrique Amorim (PHA) ecoou essas críticas  hoje no seu blog.

Ora vamos, PHA! Não há dúvida, o Assange é um herói: alguém que arrisca sua vida pelo que acha que é certo. Pode não ser muito simpático, popular, humilde, eloquente ou coerente, e não é um santo; mas heróis não precisam ser essas nenhuma dessas coisas.   Oxalá neste mundo houvesse mais gente como ele. Ele deu sua contribuição para tornar o mundo melhor; cabe a nós não deixar essa peteca cair.

O fato do NY Times (cujo motto, aliás, é “todas as notícias que é conveniente imprimir”) não gostar dele só comprova seu mérito. Aliás a birra do NYT e outros jornais tem muito a ver com inveja: pois o WikiLeaks os está obrigando a fazer o que eles deveriam estar fazendo. O Assange mostrou ao mundo o quanto esses grandes jornais ficaram acomodados com os respectivos governos. Ou seja, a bronca do NYT tem a mesma raiz que o ódio que o PiG tem dos blogueiros “sujos”. O editor do NYT chegou até a reclamar do *cheiro* do Assange. Arre, até parece a  Veja reclamando do Lula!

É lamentável que Assange tenha que se aliar a PiGs como a Folha e El País para conseguir levar adiante seu projeto — por falta de mão de obra adequada para remover nomes e outros dados impróprios dos textos, e para conseguir a proteção legal como jornalista. Sem dúvida o filtro que esses jornais impõem, por mais limitado que seja, enfraquece muito o projeto. Mas mesmo assim coisas interessantes estão saindo; nessa parceria, aliás, é o Assange quem briga para publicar tudo. (Se bem que os documentos das embaixadas, especificamente, são mais sabugo do que milho; mas isso é defeito das fontes, e não do WikiLeaks.)

Então, aqui vai meu apelo para o PHA, ou qualquer outro blogueiro ou repórter que  procura divulgar a verdade (e especialmente a quem foi perseguido por essa razão):  Por favor  não se deixe enrolar pelos inimigos do Assange.  Dê uma colher de chá pro coitado. As acusações na Suécia são fajutas, tanto é que haviam sido inicialmente jogadas no lixo pelo promotor; não se iluda, ele está sendo processado é por ter ajudado a vazar documentos dos EUA. Você, mais que todo mundo, deveria sentir-se solidário com ele.

Média: 4.3 (3 votos)

Postar novo Comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.
CAPTCHA de imagem
Digite os caracteres exibidos na imagem acima.