Manifestação pedirá Marco Civil da Internet

As manifestações que se espalham pelo país nas últimas semanas terão um capítulo dedicado às demandas especificamente relacionadas com comunicações (e telecomunicações). Na próxima quarta-feira, 3/7, deve ser realizada uma passeata em defesa de pontos como a votação do Marco Civil da Internet e da universalização do acesso à banda larga no país.

Uma ‘assembleia popular temática’ foi realizada na terça-feira, 25/6, em São Paulo – no vão do MASP – e discutiu diversas questões afeitas às comunicações, como a proibição de concessões de radiodifusão a políticos, a regulação da mídia e os pontos relativos à Internet.

A centena de jovens reunidos na assembleia - que contou também com entidades como o Fórum Nacional pela Democratização das Comunicações, o Coletivo Intervozes e o MST, além de ativistas da Internet como o professor Sérgio Amadeu - reclamou da falta de pluralidade nos meios de comunicação, do que consideraram como uma cobertura tendenciosa das manifestações e da importância de ampliar o acesso dos brasileiros à rede mundial.

Houve declarações diretamente críticas ao Ministério das Comunicações como “defensor dos interesses das operadoras de telecomunicações” tanto nas dificuldades de ampliar o acesso à Internet no país como especificamente na oposição ao projeto do Marco Civil.

Como resultado, foi decidida a realização de um novo ato, na próxima quarta-feira, 3/7. O objetivo é defender o que cabe no grande guarda-chuva de ‘democratização da mídia’, o que envolve os temas afeitos à Internet.

Fonte: http://convergenciadigital.uol.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoi...

Média: 2 (1 vote)

Postar novo Comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.
CAPTCHA de imagem
Digite os caracteres exibidos na imagem acima.