Kopimism, uma religião nada convencional

Autor: 

Enquanto convivemos com uma onda de radicalismo religioso, os suecos escolheram outro caminho. E compartilham ao invés de segregar.

Do Terra

  Leia mais »

Nathalie Stutzmann regente e contralto

Autor: 

Haendel e Vivaldi combinam com o ótimo Ano Novo que gostaria de desejar à todos!

Vídeos: 
Veja o vídeo

O Codex Giga

Autor: 

O Codex Giga é um manuscrito composto de 310 pergaminhos e tem a medida de 490 mm de largura por 890 mm de altura. Isto faz dele o maior manuscrito medieval europeu que chegou aos nossos dias. O Codex Giga se encontra na Biblioteca Nacional da Suécia.

A lenda diz que o Codex Gigas foi obra de um único escriba. Por ser o livro tão grande, e a tarefa para conclui-lo muito árdua, o autor teria feito um pacto para conseguir a ajuda do diabo. Por esta razão, e por uma figura central, o Codex também é conhecido como A Bíblia do Diabo. Leia mais »

Imagens: 
O Codex Giga
O Codex Giga
O Codex Giga
O Codex Giga
O Codex Giga
O Codex Giga
O Codex Giga
O Codex Giga
O Codex Giga

Manuscrito Voynich, um relato intrigante

Autor: 

 

Um antecessor do Codex Seraphinianus ?

O Manuscrito Voynich foi escrito entre o final do século 15 e início do século 16. O original se encontra na  Yale University Beinecke Rare Book . Leia mais »

Imagens: 
Manuscrito Voynich, um relato intrigante
Manuscrito Voynich, um relato intrigante
Manuscrito Voynich, um relato intrigante
Manuscrito Voynich, um relato intrigante
Manuscrito Voynich, um relato intrigante
Manuscrito Voynich, um relato intrigante

Os Robertos e suas provocações qualificadas

Do Estado

 

A USP e a corrosão do caráter

  Leia mais »

Consertando as bobagens dos "desenvolvimentistas"

Autor: 

Em tempos de Código Florestal, Usinas e desenvolvimento, que tal dar uma chegada no site da ONG fundada por Sebastião Salgado?

Instituto Terra recebe recursos do BNDES para reflorestar 155 hectares de Mata Atlântica no Vale do Rio Doce 

  Leia mais »

A Comissão da Verdade e o Pacto de San José

Autor: 

Nas várias discussões sobre a Comissão da Verdade não tem sido lembrado a sua ligação direta com o Pacto de San José (1969).

Este Pacto visa o compromisso pelo fortalecimento do Estado de Direito nas Americas. Vamos portanto discutir este assunto sob a égide deste compromisso. 

Veja aqui o Pacto de San José.

Ele foi ratificado pelo Brasil em setembro de 1992, ou seja, sob a presidência de Fernando Collor e promulgado já sob Itamar Franco:

Presidência da República
Casa Civil
Subchefia para Assuntos Jurídicos

  Leia mais »

Um artista plástico completo

Autor: 

 

 

 Flávio Império  (1935 - 1985)

  Leia mais »

Imagens: 
Um artista plástico completo
Um artista plástico completo
Um artista plástico completo
Um artista plástico completo
Um artista plástico completo
Um artista plástico completo
Um artista plástico completo
Um artista plástico completo
Um artista plástico completo
Um artista plástico completo
Um artista plástico completo
Um artista plástico completo
Um artista plástico completo
Um artista plástico completo
Um artista plástico completo
Um artista plástico completo
Um artista plástico completo
Um artista plástico completo
Um artista plástico completo
Um artista plástico completo
Um artista plástico completo

Caminhos da Comissão da Verdade

Autor: 

Para  a Corte Interamericana, para o Alto Comissariado de DH da Onu e para o Independent a Comissão da Verdade é só um início.

O Alto Comissariado de DH elogia Comissão da Verdade, porém como primeiro passo. O The Economist faz a ligação entre a violência policial atual com a não apuração da tortura.

Da Univision

ONU saluda Comisión de la Verdad en Brasil y pide juzgar a represores

AFP | Fecha: 11/18/2011

  Leia mais »

A bela prática da correspondência

Autor: 

 

Revendo a obra do pintor e escultor belga Folon dei com estes envelopes, da correspondência dele para o jornalista e escritor italiano Giorgio Soavi.

Como não sentir saudade do Correio diante desta bela correspondência? 

Nos links abaixo a última grande exposição retrospectiva, em vida, de Jean-Michel Folon. Firenze foi um maravilhoso cenário para sua bela, personalíssima e instigante obra. Leia mais »

Imagens: 
A bela prática da correspondência
A bela prática da correspondência
A bela prática da correspondência
A bela prática da correspondência
A bela prática da correspondência
A bela prática da correspondência

Angústia, um relato sêco

Autor: 

O nosso grande Graciliano Ramos e os 75 anos de Angústia.

Embora com algum atraso, algumas das atividades estão disponíveis em vídeo. Vale a pena conferir!!!

Programação do Simpósio Graciliano Ramos - 75 anos de Angústia. Leia mais »

A Arte do Oriente, um relato conciso

O shodo, transformação da escrita dos ideogramas em arte e a técnica dele derivada, o sumiê.

Os dois tem sua raiz na arte da caligrafia chinesa unificada, que aconteceu durante o governo do (assim considerado) primeiro imperador da China, Qin Shi Huang. 

Imagens: 
A Arte do Oriente, um relato conciso
A Arte do Oriente, um relato conciso
A Arte do Oriente, um relato conciso
A Arte do Oriente, um relato conciso
A Arte do Oriente, um relato conciso
A Arte do Oriente, um relato conciso
A Arte do Oriente, um relato conciso

A Arte Islâmica, um relato iconolasta

Autor: 

Geométrica e caligráfica, esta é a forma por excelência da produção artistíca islâmica.

Iluminuras, tapetes, mosaicos, muxarabis são a grande herança desta cultura iconoclasta. 

Imagens: 
A Arte Islâmica, um relato iconolasta
A Arte Islâmica, um relato iconolasta
A Arte Islâmica, um relato iconolasta
A Arte Islâmica, um relato iconolasta
A Arte Islâmica, um relato iconolasta
A Arte Islâmica, um relato iconolasta
A Arte Islâmica, um relato iconolasta
A Arte Islâmica, um relato iconolasta
A Arte Islâmica, um relato iconolasta

A Coluna de Trajano, um relato da história

Autor: 

Continuando a série sobre relatos, não há como esquecer da Coluna de Trajano. O grau de detalhamento desta história e a forma escolhida para registra-la é extraordinária. A narrativa, que se desenvolve em espiral ao longo do fuste, narra a vitória de Trajano sobre os Dácios.

A Coluna foi feita entre o ano 112 e 114. Tem uma base de 8 metros e 30 metros de coluna. A Figura no topo da coluna, atualmente uma imagem de São Pedro, foi colocada por ordem do Papa Sisto V em 1588. Inicialmente havia a figura de um pássaro e depois uma representação do próprio Trajano.

O que torna, também esta, uma narrativa fantástica é o seu grau de detalhamento e a impossibilidade de acompanhar a totalidade desta história pela sua monumentalidade. Seria para que somente os Deuses pudessem apreende-la na sua totalidade? 

Imagens: 
A Coluna de Trajano, um relato da história
A Coluna de Trajano, um relato da história
A Coluna de Trajano, um relato da história
A Coluna de Trajano, um relato da história
A Coluna de Trajano, um relato da história
A Coluna de Trajano, um relato da história
A Coluna de Trajano, um relato da história
A Coluna de Trajano, um relato da história

Codex Seraphinianus, um relato do fantástico

O Codex Seraphinianus foi escrito pelo arquiteto e designer Luigi Serafini e publicado em 1981.

Sobre ele escreveu Calvino em seu ensaio A Enciclopédia de um Visionário:

No princípio foi a linguagem. No universo que Luigi Serafini habita e escreve, creio que a palavra escrita tenha precedido as imagens: esta grafia cursiva, minuciosa, ágil e (devemos admitir) claríssima, que sempre nos sentimos prestes a poder ler e que no entanto nos escapa em cada palavra e cada letra. 

 

Imagens: 
Codex Seraphinianus, um relato do fantástico
Codex Seraphinianus, um relato do fantástico
Codex Seraphinianus, um relato do fantástico
Codex Seraphinianus, um relato do fantástico
Codex Seraphinianus, um relato do fantástico
Codex Seraphinianus, um relato do fantástico