A benevolência da lei de trânsito

A BENEVOLÊNCIA DA LEI  DE TRÂNSITO

  

  O atropelador do filho da atriz Cissa Guimarães está em liberdade. O Código de Trânsito Brasileiro, sem dúvida, é uma autorização expressa para matar. Basta observar o disposto no artigo 301 em que estabelece que não se imporá a prisão em flagrante, nem se exigirá fiança do condutor, envolvido em acidente de trânsito com vítima, desde que preste à esta pronto e integral socorro. Ou seja, pode matar e mutilar ao volante, em seguida solicita o socorro de emergência para a vítima e depois pode ir ao cinema ou ao supermercado. A lei existe para proteger os assassinos do volante. Não há dúvida. Já beneficia antes do julgamento. Leia mais »

O Brasil e a mentira do primeiro de abril

     O Brasil acaba de ser incluído no rol dos países de primeiro mundo. A educação pública tornou-se de primeira qualidade onde professores têm salários de fazer inveja aos tempos de salários indignos. As escolas públicas dispõem de ar condicionado, gelando, em todas as suas dependências. Os hospitais públicos tornaram-se padrão linha D'or. Não há mais filas para emergências e consultas. Tudo funciona com invejável rapidez de atendimento. A polícia alcançou 95% na taxa de elucidação dos crimes e armas e drogas deixaram de penetrar pelo 'queijo suíço' de nossas fronteiras. Policial tem salário, em início de carreira, de R$ 8 mil e o salário mínimo do país é de R$ 6 mil. Não se houve mais falar em falcatruas entre empresas estatais e empreiteiros. Pela nova e rígida lei penal, dependendo do montante surrupiado, a pena pode chegar a 30 anos de prisão em regime fechado. Detalhe: foram extintas as progressões de regime carcerário e as reduções de pena na lei brasileira. Leia mais »

Datafolha retrata o grito das ruas. Não era golpismo

A recente pesquisa de opinião, divulgada pelo Instituto Datafolha, indica que 62% dos entrevistados consideram, hoje, a gestão do governo Dilma Rousseff, ruim ou péssima. Segundo a pesquisa, a popularidade da presidente caiu em todas os segmentos sociais e em todas regiões do país. Conclusão; as manifestações populares do histórico 15 de março de 2015 não eram golpismo. Leia mais »

Os 450 anos de uma cidade nem tão maravilhosa

  

O Rio chega aos seus 450 anos de fundação. Sinceramente, no auge dos meus 66 anos de puro carioca da gema, sem querer dar uma de estraga festa, não sei o que há pra comemorar, a não ser as belezas naturais e a hospitalidade,  irreverência, calor humano e  alegria do carioca.  Que o Rio continua lindo, do centro à Zona Sul, do Leme ao Pontal e da subida do Alto à Grumari, também não há dúvida.  Leia mais »

Operação Lei Seca, de dia, é necessária

Boa parte dos motoristas brasileiros tem compulsividade para descumprir normas de trânsito. Leia mais »

MENSAGEM DE CHAPLIN PARA O NATAL

 TUDO DEPENDE DE MIM (um texto para reflexão) Hoje levantei cedo pensando no qu Leia mais »

Trânsito brasileiro mata mais que na guerra na Síria

 Num período de quase quatro anos os conflitos na Síria resultaram, até aqui, na morte de 202.354 pessoas. A epidemia permanente, na barbárie do trânsito brasileiro, pela imprudência em rodovias e vias urbanaS, produziu, nos últimos cinco anos, uma média de 45 mil vítimas fatais/ ano. Ou seja: mais óbitos do que na guerra da Síria. 

Segundo a ABRAMET, no ano de 2012, a violência no trânsito ceifou a vida de 44 mil pessoas no Brasil, o que representa, em média, 122 óbitos/dia. O Denatran, por sua vez, revela que chegou a 46 mil o número total de óbitos naquele mesmo ano. Conforme a ABRAMET seis de cada dez leitos nas UTIs dos hospitais brasileiros são ocupados por vítimas de acidentes de trânsito. Foram gastos, no ano de 2012, o montante de R4 216 milhões com a internação das vítimas.
Leia mais »

UM BOM EXEMPLO DE POLICIAL

'Sou incansável', diz tenente que comanda Operação Lei Seca em NatalStyvenson Valentim se tornou referência na cidade quando o tema é Lei Seca.
Fotografado por onde passa, o oficial também é alvo de provocações.  Leia mais »

A morte crescente sobre duas rodas

Na guerra do trânsito brasileiro, onde em 2012 os dados oficiais mostram que morreram cerca de 46 mil pessoas, em rodovias e vias urbanas, sem falar nas que resultaram gravemente feridas, as motocicletas, numa frota de cerca de 20 milhões de unidades, representam, segundo o seguro obrigatório DPVAT, 75% das indenizações do trânsito brasileiro em consequência dos acidentes. Cerca de 40 motociclistas morrem por dia no país. Na cidade do Rio de Janeiro ocorrem em média 11 acidentes envolvendo motocicletas diariamente.

  Leia mais »

o direito da imprensa na cobertura da ação policial

Lamentável sob todos os aspectos -um retrocesso no direito ao trabalho da imprensa livre- o episódio que envolveu policiais militares e a jornalista Vera Araújo, de O Globo, na tarde do  último domingo, 15/06, na Quinta da Boa Vista, nas proximidades do Estádio do Maracanã, no Rio, quando a referida profissional de imprensa, no exercício de sua missão constitucional, tentava filmar e registrar uma ação policial contra um cidadão argentino, em princípio acusado de urinar em via pública. Leia mais »

Para chegar ao hexa seleção terá que mudar (ARTIGO)

O sufoco da estréia passou. E que sufoco! Sem um erro flagrante do árbitro japonês, na encenação oportuna de Fred dentro da pequena área e na dúvida sobre a entrada faltosa ou não de Ramires no jogador da Croácia, proporcionando, num contra-ataque, um um lance de excelência no talento de Oscar, talvez o empate fosse mesmo o resultado mais justo, se é que existe justiça no futebol, Conclusão: vencemos mas não convencemos e a Croácia nos surpreendeu jogando com eficiente aplicação tática e ousadia.  Leia mais »