Rede Social Livre Noosfero é adotado no SERPRO

Autor: 

O Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) é uma empresa pública brasileira, considerada uma das maiores organizações públicas de TI no mundo, cujo negócio é a prestação de serviços em Tecnologia da Informação e Comunicações para o setor público nacional. Com o intuito de manter a sua política estratégica de uso de plataformas livres e  incentivo à inovação e ao compartilhamento de conhecimento, o Serpro anunciou mais um projeto inovador: a criação de uma rede social corporativa em software livre, que terá como base a plataforma Noosfero.   
Leia mais »

USP adota o Noosfero, plataforma social livre

Autor: 

A Universidade de São Paulo (USP) fortalece a cada dia o uso e desenvolvimento do software Noosfero: a plataforma livre para redes sociais,  criada pela Colivre e adotada em diferentes regiões do Brasil e do mundo.

Desde o final de 2010, o Noosfero passou a ser usado por pesquisadores do Centro de Competência em Software (CCSL-USP), na linha de pesquisa de Sistemas de Software do Instituto de Matemática e Estatística (IME). Nesse projeto da USP, o Noosfero foi adaptado para ter uma infraestrutura de plugins, funcionando assim como a plataforma base do Mezuro, uma rede sócio-técnica de avaliação de código-fonte através da coleta e visualização de métricas software.

Outro exemplo de uso do Noosfero na USP foi implantação da rede social do QualiPSo (Quality Platform for Open Source Software)  - um projeto da Comissão Europeia para promover e estimular o uso de software livre na indústria, que envolveu 8 países e seus respectivos centros de competência em software livre. Em 2011, para a rede social do QualiPSo, por exemplo, houve a implementação dos fóruns de discussão - uma funcionalidade que foi disponibilizada para toda as redes que usam Noosfero.
Leia mais »

O blackout em protesto à lei de controle da internet

Autor: 
Por Marcelo Souza

Do Software Livre

http://softwarelivre.org/portal/comunidade/sopablackoutbr-brasil-se-mobi...

No dia 18/01/12 diversos sites, blogs e redes sociais irão aderir ao #SOPABlackoutBR e ficar indisponíveis como forma de protesto! Motivo: mostrar às autoridades brasileiras e as grandes corporações a posição da sociedade civil em relação ao "SOPA" nos EUA e demais práticas, normas, medidas judiciais e leis que ameaçam a liberdade na Internet no mundo e no Brasil.

Mas que "SOPA" é essa? Leia mais »

#SOPABlackoutBR Stop SOPA

Autor: 

No dia 18/01/12 diversos sites, blogs e redes sociais irão aderir ao #SOPABlackoutBR e ficar indisponíveis como forma de protesto! Motivo: mostrar às autoridades brasileiras e as grandes corporações a posição da sociedade civil em relação ao "SOPA" nos EUA e demais práticas, normas, medidas judiciais e leis que ameaçam a liberdade na Internet no mundo e no Brasil.


Mas que "SOPA" é essa?

SOPA é a sigla de "Stop Online Piracy Act", que está ligada a um projeto de Lei nos EUA que se diz a favor do "Combate à Pirataria Online". Contudo, na prática, esse projeto estabelece o uso no território Americano de um mecanismo de censura sobre a Internet semelhante ao utilizado em países como a China, Irã e Síria, com a desculpa de coibir a "pirataria online". Isso significa que o projeto pretende combater práticas sociais que historicamente utilizamos para ter acesso à qualquer obra cultural na internet: trocar, compartilhar, emprestar, remixar, etc.

  Leia mais »