Alguns dos problemas da cidade de Natal

Por Leilane

Comentário ao post "Com os novos prefeitos, o arejamento da política"

LN,

Sou do RJ e vim passar o fim de ano em Natal /RN, a cidade é de uma beleza natural estupenda!!! Mas é desalentador ver o abandono que a cidade se encontra, são tantas as mazelas que  somente na área que fiquei, Praia da Ponta Negra, é de uma tristeza só, calçadas com buracos que cabe um carro, um fedor vindo do calçadão insuportável, falta de limpeza, de ordem, ! No dia 31 às 15hs foi cancelado a festa de passagem do ano na praia, uma falta de respeito com a população sem tamanho!A cidade está um verdadeiro abandono! A população da cidade de Duque de Caxias, no RJ, pode dar as mãos aos natalenses!!! Uma vergonha só. Até às 19 Hs o Prefeito não havia tomado posse. No RJ e SP há esperanças reais...mas aqui tenho minhas duvidas!!! Leia mais »

John Neschling retorna ao Theatro Municipal

Da Folha

John Neschling assume Theatro Municipal

Demitido da Osesp há quatro anos, regente volta a trabalhar com o PT após desentendimentos com o PSDB

Maestro foi responsável pela transformação da Osesp no paradigma brasileiro de qualidade na música erudita

IRINEU FRANCO PERPETUO

COLABORAÇÃO PARA A FOLHA

O maestro carioca John Neschling, 65, vai comandar o Teatro Municipal de São Paulo. Apadrinhado pelo candidato derrotado à prefeitura pelo PMDB, Gabriel Chalita, o nome de Neschling recebeu o aval do prefeito, Fernando Haddad (PT), e do secretário municipal de Cultura, Juca Ferreira. Leia mais »

MP atua para garantir transição do poder em Salvador

Por Assis Ribeiro

Do Brasil247 / Bahia247

MP INTERVÉM NA TRANSIÇÃO EM SALVADOR

Logo após vitória de ACM Neto, prefeito João Henrique enviou à Câmara projetos que alteram o Plano Direto e Lei de Uso e Ocupação do Solo da capital; Ministério Público afirma que leis aprovadas vão beneficiar construtoras e avisa que irá à Justiça para barrar mudanças; equipe de ACM Neto diz que prefeito eleito não foi consultado e não foram realizadas audiências públicas para debater os projetos

Bahia 247_ A guerra política tomou conta do processo de transição na prefeitura de Salvador. O que era para ser uma atividade restrita aos trâmites administrativos ganhou e realizada sem maiores transtornos agora contará com a intervenção do Ministério Público.

O prefeito João Henrique (PP) não conseguiu fazer seu sucessor e logo após a derrota para ACM Neto (DEM) encaminhou um pacote de projetos que altera radicalmente as regras urbanísticas e ambientais em vigor na capital baiana. 

Os projetos de lei foram aprovados e já sancionados neste mês e mudam o Plano Diretor e Lei de Uso e Ocupação do Solo. O Ministério Público afirmou que as leis trouxeram à tona dispositivos já barrados pela Justiça.

Leia mais »

Orçamento paulistano de 2013 é estimado em R$ 6,45 bilhões

Por Assis Ribeiro

Do Valor

Técnico comandará maior investimento em SP

Por Raphael Di Cunto e Cristiane Agostine | De São Paulo

Com um caixa de R$ 4,5 bilhões deixado pelo atual prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (PSD), Fernando Haddad (PT) assume a maior cidade do país na terça-feira com a estimativa de investir R$ 6,45 bilhões em seu primeiro ano de governo, conforme orçamento aprovado pela Câmara Municipal e que aguarda a sanção do atual prefeito, Gilberto Kassab (PSD).

A Pasta com mais recursos para investimentos em 2013 será a Secretaria Municipal de Infra-Estrutura Urbana e Obras, com R$ 1,7 bilhão. Para comandá-la, Haddad escolheu um nome técnico, sem ligação partidária: o economista Osvaldo Spuri, coordenador técnico da Dersa.

Em seguida, a secretaria com mais dinheiro para investir é a de Habitação, com R$ 928,4 milhões. O escolhido para gerir esses recursos é o empresário José Floriano Marques Neto, indicado pelo ministro das Cidades, Agnaldo Ribeiro (PP), em troca do apoio do partido à candidatura de Hadddad. Áreas em que o gasto com custeio é grande, Saúde e Educação terão, respectivamente, R$ 447,9 milhões e R$ 345,3 milhões em investimentos. Leia mais »

Novo Mínimo causará impacto de R$ 1,88 bilhão nos municípios

Autor: 

O aumento de R$ 56 no salário mínimo, a partir de 1º de janeiro, vai provocar impacto de R$ 1,88 bilhão nas contas das prefeituras no ano que vem. O cálculo é da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), com base no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e na Relação Anual de Informações Sociais (Rais) do Ministério do Trabalho e Emprego.

O salário mínimo atual, de R$ 622, passará para R$ 678, como determina o Decreto 7.872 publicado ontem (26) no Diário Oficial da União. O aumento leva em consideração a inflação de 2012 mais o crescimento da atividade econômica do ano anterior, como forma de recuperar o poder de compra do salário mínimo.

Essa política, de acordo com o presidente da CNM, Paulo Ziulkoski, tem sido “bastante salutar para a população”, mas ele adverte que um acréscimo de 9% no salário mínimo “pode causar problemas de caixa às prefeituras, porque pressiona fortemente as folhas de pagamento dos municípios que têm baixa arrecadação”.

Fonte: http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2012-12-27/salario-minimo-de-r-6...

A gestão de Kassab no cumprimento do Plano de Meta de SP

Não houve empenho de Kassab, diz criador do plano de metas

VANESSA CORREA
DE SÃO PAULO, Folha de S.Paulo

Para o empresário Oded Grajew, coordenador-geral da Rede Nossa São Paulo e um dos idealizadores do plano de metas de São Paulo, o balanço apresentado ontem pelo prefeito Gilberto Kassab (PSD) tem problemas.

Em entrevista à Folha, ele afirmou que algumas metas receberam o carimbo do cumprimento, mas não estão claros os critérios usados.

Ontem, Kassab voltou a "[criticar]": a entidade, sem citá-la nominalmente, ao dizer que os idealizadores do plano agem de que Grajew acompanhava o plano "de uma maneira muito desleal e irresponsável".

"Se ele tivesse cumprido as metas, ficaria radiante, não falaria isso. Mas, como não cumpriu, diz que é uso político", afirmou Grajew. Leia mais »

Petição pedindo confisco de bens do prefeito João Henrique

Autor: 

O pedido de confisco de bens do prefeito João Henrique, por meio de uma petição online, chegou as 1.500 assinaturas até as 15h desta quarta-feira (26). O texto diz ainda que o valor a ser ressarcido é uma reposta ao estado de degradação em que a cidade se encontra.

A petição considera a inelegibilidade como insuficiente para o caso do prefeito e pede que JH seja condenado a ressarcir e indenizar o município de Salvador.

"Exigimos que João Henrique (PP) seja condenado a ressarcir e indenizar o município de Salvador/BA pelas irregularidades praticadas em sua gestão. Consideramos insuficiente a punição por inelegibilidade ao gestor público que responda por atos de corrupção, desvio de recursos, enriquecimento ilícito e/ou danos ao erário público", diz a o texto da petição.

--
Assine a Petição: https://secure.avaaz.org/po/petition/Impunidade_nao_Pelo_confisco_de_ben...
--

Fonte: http://www.metro1.com.br/portal/?varSession=noticia&varEditoriaId=10&var...

Morre um motoqueiro por dia no trânsito de SP

Por Marco Antonio L.

Raquel Rolnik: mortes de motoqueiros em SP se compara à guerra

Sábado passado passei a manhã no pronto socorro da Santa Casa, em São Paulo, e algo me chamou a atenção. No curto período que estive lá, três jovens deram entrada no hospital por conta de acidente de moto. Fiquei pensando que, durante a semana, a situação deve ser ainda pior. 

Por Raquel Rolnik*, No Vermelho


foto: Motoboys enfrentam trânsito intenso em São Paulo / Agência Estado

Recentemente, no entanto, tivemos uma boa notícia sobre esse assunto. Pela primeira vez desde 2008, o número de mortes de motociclistas no trânsito de São Paulo diminuiu, passando de 395 mortes entre janeiro e setembro de 2011 para 331 no mesmo período deste ano, uma queda de 16,2%. Apesar disso, ainda morre um motoqueiro por dia no trânsito de São Paulo!

Leia mais »

Petição solicita confisco de bens do prefeito João Henrique

Autor: 

Depois de ter as contas de 2009 reprovadas na Câmara Municipal, a situação do prefeito João Henrique está complicada. A poucos dias do fim do mandato, foi criada uma petição online que pede o confisco de bens do mandatário. Após reunir as assinaturas, o documento deve deve ser entregue à Câmara Municipal e aos Ministérios Públicos Federal e Estadual.

A petição considera a inelegibilidade como insuficiente para o caso do prefeito e pede que JH seja condenado a ressarcir e indenizar o município de Salvador.

"Exigimos que João Henrique (PP) seja condenado a ressarcir e indenizar o município de Salvador/BA pelas irregularidades praticadas em sua gestão. Consideramos insuficiente a punição por inelegibilidade ao gestor público que responda por atos de corrupção, desvio de recursos, enriquecimento ilícito e/ou danos ao erário público", diz a o texto da petição.
Leia mais »

Haddad se compromete em manter 'Plano SP 2040'

Por IgorEliezer

Do Piniweb

Fernando Haddad promete manter plano urbanístico para São Paulo

Planejamento criado na gestão do prefeito Gilberto Kassab deve orientar transformações da cidade pelas próximas três décadas

Gustavo Jazra

O futuro prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, comprometeu-se a manter o "Plano SP 2040 - A Cidade que Queremos", criado com o intuito de orientar a expansão e transformações da cidade ao longo dos próximos 30 anos. O pronunciamento aconteceu na semana passada, durante reunião do Conselho Consultivo. O Plano SP 2040 foi lançado em novembro pela gestão do prefeito Gilberto Kassab.

Durante a reunião, o secretário-executivo do Conselho e secretário do Desenvolvimento Urbano, Miguel Bucalem, apresentou o plano ao futuro prefeito e ao novo secretário de pasta, Fernando de Mello Franco. Além disso, Gilberto Kassab agradeceu às 24 entidades que formam o Conselho e cumprimentou seus representantes pelas contribuições.

Leia mais »

Cartões postais da capital baiana estão no passado

Atrações que encantavam visitantes, hoje, agonizam

"O pessoal convida a visita pra casa, mas não limpa a casa", diz o guia turístico Rosevaldo Souza ao definir a situação da relação entre Salvador e os turistas. Sem a devida manutenção dos pontos turísticos e a estrutura para atender aos visitantes, a frustração fica estampada nos rostos de quem ainda se arrisca a vir para cá. "A cidade é muito suja e tem que melhorar bastante. De onde a gente vem, a cidade é bem mais preparada não só nos pontos turísticos", compara a catarinense Janaina Busarello.

A imagem da cidade bonita, alegre e com uma cultura rica está sendo transformada graças ao esforço das autoridades locais. Os tradicionais pontos turísticos - Elevador Lacerda, Abaeté, Pelourinho e Forte São Marcelo - estão cada vez mais esquecidos e quem trabalha nestes locais já sente a ausência de turistas. "As pessoas chegam do Elevador e voltam daqui mesmo", afirma o guia Rosevaldo.  Em novembro, 32% dos quartos de hotéis estavam vazios em Salvador, enquanto em Aracaju e Fortaleza estes índices foram de 23% e 15%, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis.
Leia mais »

Ministério Público Estadual pede prisão de Hussain Aref

Do Estadão

MP denuncia e pede a prisão de Aref

Promotores ainda acusam de formação de quadrilha 4 dirigentes da Brookfield, incluindo o presidente, e sócios de outras 2 empresas

Artur Rodrigues, Fausto Macedo e Marcelo Godoy

O Ministério Público Estadual (MPE) denunciou por formação de quadrilha, concussão (achaque) e corrupção passiva o ex-diretor do Departamento de Aprovação de Edificações (Aprov) da Prefeitura Hussain Aref Saab e pediu à Justiça sua prisão preventiva. Aref é acusado de liberar obras de shoppings em troca de propina - dez pagamentos são relatados na denúncia, somando R$ 4.514.600,00.

A acusação foi apresentada, em sigilo, em 8 de novembro, e a Justiça ainda não se manifestou. O advogado de Aref, Augusto de Arruda Botelho, diz que a denúncia dos promotores do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) é infundada e o pedido de prisão, absurdo. Além de Aref, foram denunciados por formação de quadrilha e corrupção ativa quatro diretores da Brookfield Gestão de Empreendimentos (BGE) e dois sócios de empresas que prestavam serviços à BGE. Leia mais »

A incineração da Política Nacional de Resíduos em Barueri

Por Dan Moche Schneider

 

A Política Nacional de Resíduos Sólidos está sendo descontruída em cidades que optaram pela incineração de lixo como Brasília, São Bernardo do Campo e Barueri; nesta última, o Relatório de Impacto Ambiental do Incinerador de lixo com geração de energia elétrica apresenta as justificativas para a implantação do empreendimento.

Vale a pena conhece-las (em itálico). Leia mais »

A incineração da Política Nacional de Resíduos em Barueri

 

A Política Nacional de Resíduos Sólidos está sendo descontruída em cidades que optaram pela incineração de lixo como Brasília, São Bernardo do Campo e Barueri; nesta última, o Relatório de Impacto Ambiental do Incinerador de lixo com geração de energia elétrica apresenta as justificativas para a implantação do empreendimento.

Vale a pena conhece-las (em itálico). Leia mais »