A retirada dos camelôs em Salvador

Por Assis Ribeiro

Do Brasil 247

Retirada de camelôs, a primeira polêmica de ACM

"Atenção! Começa a limpeza étnica: camelôs serão implacavelmente perseguidos pela Prefeitura de Salvador. Era o que a sabia. Ou se duvidava?", alertou no Twitter o suplente de deputado federal Emiliano José, do PT; vereador Hilton Coelho, do PSOL, demonstrou preocupação e classificou como "autoritária" a medida da prefeitura, além de acreditar que "haverá" confronto entre o poder público e a categoria

Parece que o prefeito ACM Neto (DEM) instalou a primeira polêmica em seu governo. A secretária da Ordem Pública de Salvador (Semop), Rossemma Maluf, anunciou neste final de semana que a próxima ação da 'Operação Ordem na Casa' será a retirada do comércio informal das passarelas da cidade.

Operação começa nesta segunda-feira (18), com a saída compulsória dos ambulantes, e a medida é considerada "emergencial" pela prefeitura. As polícias Civil e Militar e a Guarda Municipal acompanharão os agentes da prefeitura, que acredita que ação será pacífica. Leia mais »

Brasil é 2º país que mais gasta com parlamentar

Por Marco Antonio L.

Estudo: parlamentar do Brasil é o 2º mais caro do mundo

No Terra

Os deputados e senadores brasileiros são os segundos mais caros do mundo em um universo de 110 países. A conclusão é de um estudo realizado pela ONU (Organização das Nações Unidas) em parceria com a UIP (União Interparlamentar), publicado na Folha de S. Paulo deste domingo. Segundo o levantamento, cada um dos 594 parlamentares brasileiros - 513 deputados e 81 senadores - custa para os cofres públicos US$ 7,4 milhões por ano. A pesquisa converteu todos os valores em dólar e os ajustou pela paridade do poder de compra de cada país para efeito de compração. No caso dos Estados Unidos, que liderou o ranking, o custo de cada congressista é de  US$ 9,6 milhões anuais.

Leia mais »

A licitação de obras contra enchente em São Paulo

Por Marco Antonio L.

Da Rede Brasil Atual

Prefeitura de São Paulo licita 50 obras contra enchentes

Secretário de Serviços afirma que galerias estreitas agravam problema. Administração aperta fiscalização e tenta racionalizar a coleta de lixo para minimizar problema dos alagamentos

Por: Eduardo Maretti, da Rede Brasil Atual

São Paulo – O secretário de Serviços da prefeitura de São Paulo, Simão Pedro, disse hoje (15) à RBA que, embora se associem os alagamentos na cidade sempre ao lixo e entupimento dos bueiros, os problemas não são exclusivamente causados por esse fator. Segundo ele, a baixa vazão das águas decorrente de galerias pluviais estreitas também é fator importante das inundações. Ele afirmou que o prefeito Fernando Haddad (PT) já adotou iniciativas para minimizar o problema. Leia mais »

A chuva e os alagamentos de ontem em São Paulo

Por ROSE

A "São Paulo da garôa, São Paulo terra boa", ontem. (Com possível repeteco hoje)

 (Centro da cidade)    Silva Junior/Folhapress Leia mais »

Receitas para aumentar o uso das bicicletas nas cidades

Por Marco Antonio L.

Do Diário do Centro do Mundo

Como aumentar o número de ciclistas nas grandes cidades

Há uma maneira infalível: veja o que as mulheres querem.

O texto abaixo é uma condensação de um artigo da revista Scientific American. O Diário o publica dentro de sua crença de que incentivar o uso de bicicletas é vital, sobretudo nas grandes cidades como São Paulo.

Levar as pessoas para fora dos carros e rumo às bicicletas, uma forma muito mais sustentável de transporte, é um desafio que há muito tempo vem irritando planejadores urbanos ambientalmente conscientes. Apesar do aumento de ciclovias pintadas nas ruas e das “vias verdes” sem automóvel, a percentagem de pessoas que usam bicicletas para o transporte ainda é inferior a 2%, com base em vários estudos. Um conjunto de novas pesquisas sugere que uma forma de elevar o número de ciclistas seria mediante a pergunta perene: o que as mulheres querem? Nos EUA, homens de bicicleta superam mulheres em pelo menos dois por um. Esta relação está em contraste marcante com o ciclismo em países europeus, onde a bicicleta faz parte do estilo de vida e atrai mulheres tanto quanto homens, e às vezes mais. Na Holanda, onde um quarto do transporte urbano é feito de bicicleta, 55% dos pilotos são mulheres. Leia mais »

A recuperação do canal Cheonggyecheon, em Seul

Por IgorEliezer

Do site Arquitetônico, da UFSC

Uma impressionante renovação urbana em Seul

Cheonggyecheon já foi um esgoto coberto com concreto e muito trânsito.

O caso da recuperação do canal Cheonggyecheon, que fica a aproximadamente 3 quilômetros da Universidade Feminina de Ewha, exemplifica como uma cidade pode mudar os seus padrões de crescimento, restaurar um importante e antigo canal urbano ao seu papel natural e gerar um dos mais interessantes espaços públicos para a população. Leia mais »

Vídeos: 
Veja o vídeo

O exemplo dos preparativos de Salvador para a Copa

Por Assis Ribeiro

Do Brasil 247

BH busca experiência de Salvador para Copa

"O nível de organização é tamanho, que se o horário de início da festa fosse antecipado já estaria tudo pronto para atender a população", exclamou Márcia Farias, gerente de planejamento da Saúde de Belo Horizonte e coordenadora do Projeto Copa do Mundo de BH; mineiros querem modelo da preparação da capital baiana, que recebe mais de dois milhões de pessoas na folia momesca

Os preparativos de Salvador para a Copa do Mundo da Fifa 2014 já estão se tornando exemplo para outras cidades-sede do evento esportivo. Expectativa é de que a capital baiana não tenha dificuldade de receber e tratar bem os turistas que virão assistir à competição, tendo em vista a tradição de acolher mais de dois milhões de pessoas a cada ano na maior festa de concentração popular do planeta, o carnaval.

Uma equipe da Secretaria da Saúde de Belo Horizonte-MG está na capital baiana para conhecer a estrutura preparada para a folia momesca para atender aos milhares de foliões que circulam diariamente pela festa, além do trabalho realizado pela vigilância com foco na promoção da saúde, prevenção de doenças e redução de danos. Leia mais »

Maluf sai em defesa do Minhocão

Por Gilberto .

Da Folha

Paulo Maluf: Vamos salvar o elevado

O elevado Costa e Silva não é, como gostam de dizer alguns desinformados, apenas a ligação por via elevada entre a praça Roosevelt e largo Padre Péricles, em Perdizes.

O elevado é muito mais do que isso. Faz parte de um conjunto de viadutos, túneis e trechos elevados, que ligam o lado leste à parte oeste da cidade. Foi feito em pouco mais de um ano. As obras começaram em outubro de 1969 e foram entregues à cidade em prazo recorde, no dia 24 de janeiro de 1971.

Há elevados em todas as grandes cidades do mundo e ninguém pensou ou pensa em derrubá-los. Os que existem em Nova York, no East River e no rio Hudson, fazem parte do bom fluxo do trânsito da cidade. Foram feitos pelo prefeito La Guardia, na década de 1930. Na Inglaterra, o elevado que liga o aeroporto de Heathrow a Londres existe há 40 anos e é um dos mais movimentados do mundo. Leia mais »

Governo paulista vai participar da Conferência das Cidades

Por IgorEliezer

Do Sindicato dos Arquitetos de São Paulo

Governo paulista vai, enfim, participar da etapa estadual da Conferência das Cidades 

Representantes de entidades da Sociedade Civil concordaram com a participação do governo do Estado na organização da 5ª Conferência das Cidades, que acontecerá entre 1º de julho e 28 de setembro, em São Paulo.

A decisão foi tomada no dia 18 de janeiro, durante a realização da segunda reunião da Comissão Preparatória do evento paulista, na sede do Sindicato dos Arquitetos do Estado de São Paulo (SASP). A Conferência foi convocada por iniciativa das entidades da sociedade civil para garantir a realização do evento, pois o governo do Estado ‘perdeu’ o prazo legal.  

Segundo Edílson Mineiro, advogado da União dos Movimentos de Moradia (UMM) e integrante da Comissão Preparatória, “as entidades da sociedade civil, concordam com a manifestação do representante do governo estadual, no sentido de que o executivo assuma a organização da conferência”. Segundo ele, as entidades reiteram, porém, a reivindicação pela criação do Conselho Estadual das Cidades no Estado e manifestam interesse em compor a comissão preparatória estadual que será reformatada pelo executivo estadual. Leia mais »

Tiozão da Hornet e uma tragédia anunciada.

Olá a todos,

O jornalista Flávio Gomes publicou em seu blog no dia 23 de agosto de 2012 o seguinte post:

http://flaviogomes.warmup.com.br/2012/08/zero-esperanca/

Dia 28 de janeiro de 2013 a sua "previsão", infelizmente se confirmou...

http://flaviogomes.warmup.com.br/2013/02/assumam-agora/

SÃO PAULO – Foi em 23 de agosto do ano passado que escrevi pela primeira vez sobre o tema, num post intitulado “Zero esperança”. Tinha acabado de ver um dos vídeos de figura tristemente notória na internet, o “Tiozão da Hornet”, ou “Klebão”, com seus quase 500 vídeos cometendo barbaridades de motocicleta pelas ruas da cidade. Reproduzo um trecho, cortando o que não é essencial ao raciocínio: Leia mais »

Espaços de governança em São Paulo

Por IgorEliezer

Do site de Ladislau Dowbor

Por uma São Paulo Inteligente: Espaços de governança

Janeiro – 2013,8p

Caros, como sempre me dou conta com atraso dos aniversários. Aceitem como presente urbano este pequeno texto, feito com carinho e, assim espero, bom senso. Temos o aniversário da cidade, um prefeito promissor, cabem sugestões práticas e uma visão otimista. bom ano para a nossa cidade.

Um abraço, Ladislau Dowbor

Leia mais »

A estratégia de desenvolvimento dos municípios cubanos

Por alfeu

Da IPS

Desenvolvimento de municípios cubanos na corda bamba 

por Ivet González, da IPS

Havana, Cuba, 4/1/2013 – Cada um dos 168 municípios de Cuba enfrenta o desafio de criar uma estratégia própria de desenvolvimento que, além de avanços econômicos e sociais, minimize o impacto de fenômenos meteorológicos extremos e outros problemas causados pelo aquecimento global. “Não se pode empreender um processo de atualização do modelo sem considerar o estado variável do clima e a redução de riscos”, e isso será mais efetivo se nascer do pensamento coletivo e das capacidades de cada comunidade nesta ilha do Caribe, explicou à IPS o pesquisador Ricardo Berriz, do estatal Centro de Estudos de Desenvolvimento Local (Cedel).

Segundo este especialista e educador em temas ambientais, de 57 anos, a reforma em andamento objetiva empoderar legal, econômica e operacionalmente os governos municipais, um projeto que “abre uma janela de desafios e oportunidades” em matéria de progresso, mitigação e adaptação à mudança climática. Berriz, também participante de iniciativas regionais a respeito, conversou com a IPS sobre as transformações do cenário local, suas potencialidades e dificuldades do ponto de vista ambiental, do cidadão e econômico. Leia mais »

O projeto habitacional de Haddad para a cidade de SP

República e Sé terão habitação de interesse social

Dentre as estratégias para viabilizar financeiramente o projeto está a exploração comercial de pavimentos inferiores em novos prédios

Por Lilian Milena, Do Brasilianas.org

Em entrevista ao programa Brasilianas.org, na TV Brasil, o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, afirmou que a proposta habitacional para o centro da cidade será “de tipo novo” e atenderá todas as classes sociais.

Para atingir o objetivo Haddad adiantou que pretende selar parcerias com os governos estaduais e federais, além de realizar acordos com a iniciativa privada. Os distritos Sé e República estão no alvo das intervenções que dependerão da desapropriação de áreas degradadas, onde serão construídos edifícios de uso misto.

Uma das estratégias para viabilizar financeiramente esse projeto é a exploração comercial dos pavimentos inferiores dos novos prédios. “Os recursos pagos na desapropriação serão compensados pela venda dos espaços comerciais. Já as residências de interesse social serão subsidiadas pelo programa Minha Casa e Minha Vida”, explicou Haddad.


Foto: Programa Brasilianas.rog, realizado no dia 21/01. Luis Nassif (esq.), Fernando Haddad (dir.)

Para induzir a construção dos edifícios com apartamentos de interesse social a prefeitura lançará mão de instrumentos legislativos. “O poder público vai desapropriar e licitar o empreendimento de acordo com o seu desejo, mas não vai fazer isso de forma isolada. Não vai ser um edifício no centro que vai mudar a cara do centro”, completou.
Leia mais »

O projeto para enterrar a fiação elétrica de São Paulo

Por Demarchi

Do Último Segundo

Haddad prepara projeto para enterrar fiação elétrica de São Paulo

Estimativa aponta custo de R$ 15 bilhões para a proposta, vista como "nova Cidade Limpa"

Pedro Carvalho - iG São Paulo

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), prepara um projeto para enterrar a fiação pública e recuperar as calçadas de diversos bairros e avenidas da cidade. O projeto foi pauta de uma reunião com construtoras e do último encontro do conselho político da prefeitura, na quinta-feira passada. Pelo impacto visual, a ideia é tratada na administração como uma "Cidade Limpa" do novo prefeito, em referência à lei que retirou os outdoors da capital paulista  e virou marca da gestão do antecessor Gilberto Kassab (PSD). 

O custo, o mapa de implantação e os detalhes técnicos ainda precisam ser definidos. Segundo estimativas preliminares apresentadas na reunião do conselho, executar esse trabalho nas principais áreas da cidade custaria algo em torno de R$ 15 bilhões. Cada metro de fiação enterrada sairia por aproximadamente R$ 5,5 mil. O prefeito disse aos auxiliares que a ideia é analisar alternativas para viabilizar o projeto, de modo que a iniciativa privada divida o custo das obras, afirma uma fonte que participou do encontro.  Leia mais »

Justiça suspende repasse de verbas da prefeitura/SP para UFC

Por zanuja castelo branco

Da Rede Brasil Atual

Justiça de SP aceita denúncia do MP e suspende repasse de verbas ao UFC

Juíza da 6ª Vara da Fazenda Pública concede liminar devido ao risco 'de lesão aos cofres públicos' por convênio assinado por Gilberto Kassab no último dia útil do mandato

Por: Eduardo Maretti, da Rede Brasil Atual

São Paulo – A Justiça de São Paulo aceitou denúncia do Ministério Público de São Paulo e concedeu uma liminar “para o fim de impedir o repasse de recursos públicos ou pagamento de quaisquer valores pelo município de São Paulo” à empresa IMX, responsável pela organização do evento de UFC no último dia 19 de janeiro, no ginásio do Ibirapuera, na zona sul da capital.

O processo desencadeado pelo promotor de Justiça Valter Foleto Santin começou a partir de representação enviada por três cidadãos que citaram, em sua denúncia, matéria publicada pela RBA em 28 de dezembro, último dia útil da gestão de Gilberto Kassab (PSD), quando o ex-prefeito assinou o convênio com a IMX, pelo qual a prefeitura pagaria R$ 2,5 milhões para patrocinar o evento. Leia mais »