Os EUA de perto

Por Andre Araujo

Um outro olhar : depois de tres semanas nos EUA. A crise existe mas não é linear. O desmprego de 7,2% nos EUA é um recorde mas nos estamos no Brasil (pesquisa Fundação Seade) com 12,8% nas 13 regiões metropolitanas, um otimo resultado para desembro/2008, contra mais de 14% em 2007. Restaurantes de Dallas, de 2ª a domingo, lotados com espera mesmo para quem fez reserva. Das 500 corporações da Lista FORTUNE, 80 estão com desequilibrios financeiros, 6 em situação critica (entre as quais tres montadores, uma de autopeças e duas de aviação) mas 420 estão capitalizadas e não dependem de financiamento. A Exxon Mobil está com US$415 bilhões em caixa. A elte das corporações não financeiras, Procter & Gamble, IBM, Johnson & Johnson, Pfizer, Eli Lilly, Caterpilllar, Kraft Foods, Chevron, Coca Cola, Microsoft, não estão derretendo e nem quebrando, estão atoladas em liquidez. Na Florida os parques estão entupidos de gente, falta carro para alugar.

Mesmo com 11 milhões de desempregados, falta muito para derreter. Leia mais »

O pregão eletrônico

Por Andre Bittencourt

Nassif,

O tema Gestão Pública não costuma despertar muito o interesse dos leitores do blog, mas gostaria de comentar a matéria de hoje do Estadão sobre o uso do Pregão Eletrônico, especialmente a parte final que trata do projeto de lei que modifica a atual Lei de Licitações.

A matéria destaca 2 pontos relativos ao Projeto, que está engavetado desde outubro de 2007.

1º.) De acordo com a reportagem, o projeto torna o Pregão obrigatório para os contratos de até R$ 3,4 milhões, incluindo obras e serviços de engenharia. Nesse primeiro ponto, vejo o mesmo equívoco cometido na elaboração da Lei n. 8.666/93, que foi o de vincular o uso das modalidades licitatórias ao valor do contrato, ao invés vinculá-las ao objeto a ser adquirido.

A contratação de uma obra não deve ter o mesmo procedimento de uma compra de material de escritório. A aplicação do Pregão para obras pode levar ao uso do critério de maior desconto linear sobre o preço de referência, o que pode gerar distorções em função da diversidade de serviços que integram uma obra; Leia mais »

As normas da ABNT

Por Sergio

Nassif, que tal dar uma olhada no verdadeiro absurdo em que se transformaram (ou sempre foram?) as tão afamadas Normas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas, responsável pela normatização no país).

Mudam toda hora, às vezes trocando virgula por ponto e Sigla por abreviatura… Leia mais »