Em 1945, há 68 anos, o destino da Europa é delineado

Autor: 

68 ANOS DA CONFERÊNCIA DE POTSDAM

Em 2 de agosto de 1945 terminava a Conferência de Potsdam, que terminou os acordos iniciados na Conferência de Yalta para a reorganização geopolítica da Europa em consequência do fim da Segunda Guerra.

A conferência contou com a presença de Stalin, Churchill, depois substituído por Clement Attle, o Presidente dos EUA, Harry Truman e seus respectivos staffs militares e diplomáticos.

As principais decisões da Conferência de Potsdam foram:

1.Separação da Áustria da Alemanha.

2.Divisão da Alemanha e da Áustria em quatro zonas de ocupação, Berlim e Viena por sua vez deveriam ser subdividas tambem em 4 zonas.

3.Estabelecimento da fronteira da Polônia com a Alemanha na linha dos rios Oder e Niesse.

4.Repatriamento das populações alemãs da Polônia e Tchecoslovaquia.

5.Estabelecimento de indenizações da Alemanha para os Aliados, no valor de 20 bilhões de dólares. A pedida inicial dos soviéticos foi de 200 bilhões, os ocidentais reduziram para um décimo, pagáveis em dinheiro, bens e mão de obra e serviços.

6.Definição das condições de rendição do Japão.

7.Criação dos processos de desmilitarização, desnazificação, descartelização e democratização da Alemanha.

Leia mais »

Mais uma vez o Uruguai é a vanguarda

Por Estefano Nascimento, via Facebook*

Mais uma vez, o Uruguai é a vanguarda. O primeiro país sul-americano a legalizar o aborto, agora o também é o primeiro país que regulamenta a venda de maconha. Seja por influencia religiosa, falta de senso critico ou apenas por um conservadorismo latente, ainda predominam muitos mitos e equívocos quando o assunto é a maconha.

O primeiro erro é acreditar que a maconha é a “porta de entrada para drogas mais pesadas”. Se existe de fato uma “porta de entrada” para as drogas certamente não é a maconha, e sim o álcool, já que na maior parte das vezes o consumo de bebidas alcoólicas é feito anteriormente a qualquer uso de outras drogas. Ora se álcool é a verdadeira porta de entrada para outras drogas, então porque não é proibido? Leia mais »

A maior rotatória do mundo em Putrajaya, na Malásia

Por ROSE

A maior rotatória do mundo é a de Putrajaya, na Malásia, com circuito de 3,4 km . 

Leia mais »

Os documentos sobre os programas de vigilância dos EUA

Do Brasil Econômico

EUA divulgam documentos sobre programas de vigilância telefônica

O Gabinete do Diretor de Inteligência Nacional disse em comunicado que a revelação foi feita com o "interesse de uma maior transparência".

O diretor de Inteligência Nacional dos Estados Unidos revelou nesta quarta-feira (31/07) três documentos que autorizaram a coleta em massa de dados telefônicos, um dos programas de vigilância revelados pelo ex-prestador de serviço de uma agência de espionagem dos EUA Edward Snowden.

O Gabinete do Diretor de Inteligência Nacional disse em comunicado que a revelação foi feita com o "interesse de uma maior transparência".

Os documentos que foram divulgados incluem os relatórios de 2009 e 2011 sobre o "Programa de Coleta em Massa" da Agência Nacional de Segurança (NSA), nos termos da Lei Patriótica dos EUA.

Além disso, foi divulgado uma ordem de abril de 2013 do Tribunal de Vigilância de Inteligência Externa, que descreve como os dados deveriam ser armazenados e acessados.

Leia mais »

Banco do Vaticano lança site tentando melhorar sua imagem

Do A Tarde

Banco do Vaticano lança site em ação de transparência

O banco do Vaticano inaugurou nesta quarta-feira, 31, uma página na Internet (www.ior.va), em mais uma tentativa de melhorar uma imagem manchada por uma sucessão de escândalos e críticas por falta de transparência.

O presidente do banco, Ernst von Freyberg, disse à Rádio Vaticano que o site vai publicar um relatório anual --a primeira vez que o banco divulgará suas contas-- e fornecer informações "sobre as nossas reformas e as coisas que fazemos no mundo e como podemos apoiar a Igreja e sua missão e obras de caridade".

O banco, formalmente conhecido como Instituto para Obras de Religião (IOR), tem sido alvo de várias investigações por parte de magistrados italianos, e o comitê europeu de combate à lavagem de dinheiro Moneyval disse no ano passado que a instituição fracassou em atingir padrões internacionais de transparência.

O papa Francisco nomeou uma comissão especial para apresentar propostas para o futuro do IOR. Ele disse esta semana que o banco deve ser "honesto e transparente" e que iria ouvir os conselhos de uma comissão para determinar se o instituto pode ser reformado ou precisa ser fechado completamente.

Von Freyberg prometeu abrir o site e publicar as contas anuais logo após a sua nomeação no início deste ano. A publicação do relatório anual está prevista para outubro, de acordo com o site. Leia mais »

Vila no Alasca irá desaparecer debaixo d'água

Sugerido por Tamára Baranov

Do Terra

EUA: conheça vilarejo no Alasca que desaparecerá sob a água

Quase ninguém nos Estados Unidos ouviu falar da vila de Kivalina, no Alasca. Ela fica presa em uma pequena faixa de areia na beira do mar de Bering, pequena demais para aparecer nos mapas do país.

O que talvez não seja tão ruim, porque dentro de uma década Kivalina deverá ficar embaixo d'água. Será lembrada - caso seja - como o local de onde vieram os primeiros refugiados climáticos dos Estados Unidos.

Atualmente, 400 indígenas Inuit vivem nas cabines de apenas um cômodo de Kivalina. Sua sobrevivência depende da caça e da pesca. O mar os sustentou por incontáveis gerações, mas nas últimas duas décadas o recuo dramático do gelo do Ártico os deixou vulneráveis à erosão da costa.

A camada grossa de gelo não protege mais a costa do poder destrutivo das tempestades do outono e do inverno. A faixa de areia de Kivalina foi dramaticamente reduzida. Engenheiros do Exército americano construíram um muro ao longo da praia em 2008 para deter o avanço da água, mas a medida acabou sendo somente um paliativo; Leia mais »

As condições dos mineiros de Potosí, na Bolívia

Sugerido por Adir Tavares

Da Agência Pública

Diário: Nas entranhas de Potosí a morte vem aos 40

Por Jessica Mota

Num dos países mais pobres da América Latina, a Bolívia, depois do petróleo e do gás natural, a mineração é das principais atividades econômicas. E aqui em Potosí, o Eldorado ainda não morreu

Dentro das minas que enriqueceram de prata a Espanha colonial

Cansado demais para falar. Tomás, com a lanterna pregada ao capacete, botas de borracha e uniforme imundo, está terminando seu turno, que varia entre oito e nove horas. Ele e mais dois companheiros de trabalho retiram o minério coletado do dia, enquanto os turistas observam. Meia hora antes, o guia recomendou que se comprassem bolsas de folhas de coca – que funcionam como estimulantes naturais e apagam os sintomas de cansaço, sono e fome – e refrigerante para dar de presente a eles. “Perguntem, perguntem!”, incentivava agora. Mas depois de uma jornada pesada de trabalho em um sábado, os mineiros só proferiam frases curtas. O único dia de descanso que conhecem é o domingo.

Dentre cada frase de Tomás, nota-se a respiração ofegante e as folhas de coca coladas às bochechas. Ele tem 30 anos e há dez trabalha como mineiro. Ao seu lado, um colega mais velho vez e outra escarra e cospe. É comum que com o passar dos anos, os mineiros desenvolvam silicosis, doença gerada pela intoxicação por gases dentro das minas. Quando a doença já está avançada, os mineiros sofrem com uma tosse que mistura sangue e vestígios de minerais. “Quando não tem quem o ajude, trabalhar na mina é a única opção”, explica Tomás. Leia mais »

Manning é condenado, e pode pegar mais de cem anos

Do Jornal GGN

Bradley Manning é condenado, e pode pegar mais de cem anos

ter, 30/07/2013 - 14:48 - Atualizado em 30/07/2013 - 15:57

Jornal GGN – O ex-analista, Bradley Manning, que forneceu documentos ao WikiLeaks de Julian Assange, foi absolvido da acusação mais grave contra ele, que é a de "ajudar o inimigo". Manning, no entanto, foi considerado culpado de outros crimes graves, incluindo cinco acusações de espionagem.

Continue lendo >>>>

Leia mais »

Reformas podem colocar em perigo vida do papa, diz Teólogo

Sugerido por Webster Franklin

Da Carta Maior

Opção por reformas poria em perigo a vida do Papa

Essa avaliação é do teólogo e filósofo Fermino Luís dos Santos Neto, um atento observador dos rumos da Igreja. Segundo ele, ameaças vêm da máfia internacional, que atua na máquina do Vaticano para lavar dinheiro da corrupção e do contrabando.

Por Dermi Azevedo

Essa avaliação é do teólogo e filósofo Fermino Luís dos Santos Neto, um atento observador dos rumos da Igreja. Em entrevista à Carta Maior, ele, que é graduado em Teologia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas/SP, afirmou que essas ameaças explicam os seguidos pedidos de oração feitos pelo papa em vários momentos de sua visita ao Brasil. Leia mais »

A assassina inglesa que queria fugir para o Brasil

Do O Globo

Uma assassina que queria viver como missionária no Brasil

O jornal londrino "The Sun" publicou novos detalhes sobre a assassina em série Myra Hindley (foto abaixo), que nos anos 60, torturou e matou ao menos cinco crianças em Manchester (Inglaterra), com a ajuda de Ian Brady, com quem mantinha um obscuro relacionamento.

De acordo com arquivos da Scotland Yard, Myra elaborou um plano audacioso para fugir da prisão de Holloway, no norte de Londres, e viajar até o Brasil, onde ela pretendia viver como missionária religiosa.

Leia mais »

Argentina oferece recompensa por ex-militares condenados

Por Marcia

Da Agência EFE

Argentina oferece US$ 365 mil de recompensa por repressores foragidos

Buenos Aires, 26 jul (EFE).- O governo argentino ofereceu nesta sexta-feira uma recompensa de dois milhões de pesos (US$ 365 mil) para quem der informações que ajudem a capturar dois ex-militares condenados por delitos contra a humanidade durante a ditadura militar argentina (1976-1983) e que fugiram de um hospital militar de Buenos Aires.

O ex-major Jorge Olivera, condenado na província de San Juan à prisão perpétua, e o ex-tenente Gustavo De Marchi, condenado a 25 anos, estão foragidos desde ontem, quando escaparam do hospital militar central. Leia mais »

As ruínas de Detroit

Sugerido por Tamára Baranov

As ruínas de Detroit

O texto e as fotos são de Yves Marchand e Romain Meffre

No final do século 19, a humanidade estava prestes a realizar um antigo sonho. A idéia de um meio rápido e autônomo de deslocamento foi lentamente se tornando uma realidade para os engenheiros de todo o mundo. Graças à sua localização, a cidade de Detroit, Michigan, estava a ponto de gerar a sua própria revolução industrial. Em 1913, o fabricante Henry Ford aperfeiçoou a primeira linha de montagem de carros em grande escala. Dentro de alguns anos, Detroit estava prestes a se tornar a capital mundial do automóvel e berço mundial da produção em massa. Detroit virou a ‘menina dos olhos’ do sonho americano. Detroit, a capital industrial do século 20, teve um papel fundamental para moldar o mundo moderno.

A lógica que criou e deu fama para a cidade, também a destruiu. Em 50 anos, Detroit perdeu metade da população. Prédios do centro foram abandonados. Atualmente, ao contrário de qualquer outro lugar no mundo, as ruínas não são detalhes isolados no ambiente urbano. Elas se tornaram um componente natural da paisagem. Detroit apresenta todos os edifícios arquétipos de uma cidade americana mumificada. Leia mais »

Associação que ocupa atelier de Picasso será despejada

Sugerido por MiriamL

Do Público.pt

Picasso volta a ser expulso do seu estúdio de Paris

LUCINDA CANELAS

Tribunal decidiu que associação que ocupa atelier histórico do pintor andaluz em Paris tem de sair até sexta-feira. Picasso viveu e trabalhou lá quase 20 anos. Agradava-lhe que a imaginação de Balzac tivesse andado por ali.

Picasso no atelier da Rue des Grands Augustins, pintandoGuernica DORA MAAR/CORTESIA MUSEO NACIONAL CENTRO DE ARTE Leia mais »

Norueguesa violentada é condenada a prisão em Dubai

Sugerido por josé justino de souza neto

Do Público.es

Uma norueguesa violentada é condenada em Dubai 16 meses de prisão por ter sexo fora do casamento

Marte Deborah Dalelv é uma jovem norueguesa de 24 anos que na quarta-feira foi condenada por um tribunal de Dubai (Emiratos Árabes Unidos) a 16 meses de prisão por beber álcool, manter relações sexuais fora do matrimônio e por cometer perjúrio, apesar de ter denunciado em 6 de março ter sido violentada. Mas como o pai da jovem reconheceu, o tribunal não acreditou nela.

A sentença levantou muita indignação na Noruega, país de origem da jovem. O governo norueguês prometeu nesta sexta-feira respaldar judicialmente a jovem norueguesa que foi condenada em Dubai por manter relações sexuais fora do matrimônio, depois de ter denunciado que foi violentada.

"A sentença em Dubai a uma norueguesa que denunciou um estrupo é contrária a nosso sentido de justiça. Daremos-lhe apoio no processo de apelação", manifestou o ministro de Assuntos Exteriores norueguês, Espen Barth Eide, através de sua conta do Twitter. Leia mais »

Para G20, cercar a fraude fiscal é fundamental

De O Globo

G20 aprova medidas para combater fraude fiscal

OCDE elabora plano para facilitar troca de informações entre países

EL PAIS

MOSCOU - Em tempos de austeridade e escassez econômica, tapar as fendas que podem facilitar a evasão de dinheiro público se tornou uma prioridade mundial. Ministros da Economia e Finanças do G-20, reunidos em Moscou, apresentaram um plano de ação elaborado pela OCDE para combater a evasão fiscal tanto por indivíduos quanto pelas corporações. Este plano é baseado, principalmente, em uma proposta para aumentar a cooperação fiscal e transparência e , segundo o jornal El Pais, promover a troca automática de informações entre diferentes jurisdições.

As novas normas para combater a evasão fiscal deverão estar já em operação em 2014 e são baseadas em três pontos. O primeiro é fornecer informações que devem ser compartilhadas entre os países: juros, dividendos, contas e retornos de uma série de produtos de seguros. Esta definição também inclui os processos de venda de ativos financeiros e outras receitas geradas por produtos de investimento ou pagamentos em relação a uma conta.

Leia mais »