Suspensão de Posses no BB

Autor: 

 

A diretoria do Banco do Brasil resolveu suspender as convocações, qualificações e posses dos aprovados no último concurso até o fim do ano em todo o território nacional. Essa medida, tomada no fim do mês de setembro, vai na contramão do momento do BB e pode afetar, inclusive, os clientes do banco. Mantendo a mesma base, sem repor nenhuma peça, o banco anuncia expansão do crédito, captação de 3 milhões de novos clientes, o programa Bompratodos que amplia o atendimento nas agências e a redução de caixas desde a implantação das Plataformas de Suporte Operacional (PSO). Leia mais »

A redução de tarifas do Banco do Brasil

Por Roberto São Paulo-SP 2013

Da Assessoria de Imprensa do BB

Banco do Brasil reduz tarifas e preços de pacotes em até 34%

A partir do próximo dia 15, o Banco do Brasil vai reduzir os preços de sete pacotes de serviços e de 24 tarifas prioritárias, com impacto principalmente sobre as utilizadas de forma massificada pela maioria dos cidadãos. Os percentuais de redução chegam a 34%.

O BB também vai isentar os novos clientes da tarifa de confecção de cadastro para inicio de relacionamento, que hoje é de R$ 30,00.

Os 24 serviços (blocos) prioritários, cujas tarifas tiveram redução de até 34% são os seguintes: contas de depósito, cheque, saques, depósitos, consultas, transferências de recursos, transferências por TED/DOC e entre contas na própria instituição, ordens de crédito e cartões de crédito. Leia mais »

O desembolso recorde em linha de capital de giro do BB

Por Roberto São Paulo-SP 2013

Da Assessoria de Imprensa do Banco do Brasil

BB registra desembolso recorde em linha de capital de giro com recursos do BNDES

BNDES Capital de Giro Progeren atingiu R$ 2,336 bilhões em agosto, crescimento de mais de 400% em relação ao mesmo período de 2011.

No período de janeiro a agosto de 2012, as liberações da linha de crédito BNDES Capital de Giro Progeren totalizaram R$ 2,336 bilhões, incremento de 435% em relação ao mesmo período de 2011, quando foram desembolsados R$ 436,5 milhões. A quantidade de liberações também aumentou em 22,2%, passando de 4,5 mil em 2011 para 5,5 mil em agosto deste ano. Leia mais »

Banco do Brasil vai suspender concessão de crédito à MRV

Da Folha

Depois de Caixa, BB também deve suspender crédito à MRV

O Banco do Brasil (BB) também deve suspender a concessão de crédito à MRV, uma das principais repassadoras de recursos do Minha Casa Minha Vida. A mesma decisão foi tomada pela Caixa Econômica Federal nesta quinta-feira.

O banco público afirmou, em nota, que cumpre rigorosamente o estabelecido na portaria interministerial 2, de 12 de maio de 2011, que trata do cadastro de empregadores que exploram mão de obra análoga à escrava.

O BB também é signatário do Pacto Nacional pela Erradicação do Trabalho Escravo no Brasil. No entanto, as relações comerciais do BB com seus clientes são protegidas pelo sigilo bancário e comercial, disse, em nota, o banco.

O Ministério do Trabalho atualizou na terça-feira a lista e incluiu 118 infratores, entre eles dois projetos da MRV: Residencial Parque Borghesi, em Bauru (SP), e Condomínio Residencial Beach Park, em Americana (SP). Leia mais »

Decisão do TCU é anexada a ação do mensalão

Ministro do Supremo inclui decisão do TCU em ação do mensalão

Da Folha de S. Paulo

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Joaquim Barbosa, anexou aos autos do processo do mensalão, à pedido da defesa do publicitário Marcos Valério, a recente decisão do TCU (Tribunal de Contas da União) que considerou legal o contrato entre Banco do Brasil e sua agência de publicidade, a DNA.

A medida, no entanto, não deve ter impacto no julgamento do caso, marcado para começar na próxima quinta-feira. Isso porque as instruções do processo para a elaboração de provas se encerraram desde o ano passado. Além disso, trata-se de uma decisão administrativa, que não tem efeitos em processo judicial. O próprio gabinete do ministro informa que o ato é meramente burocrático, ou seja, o acórdão foi simplesmente juntado às mais de 50 mil páginas da ação penal.

Leia mais »

Pizzolato isento de responsabilidade em desvio no BB

Do O Globo

TCU livra Henrique Pizzolato de desvio de recursos do BB

Decisão ignorou parecer recomendando que ex-diretor pagasse multa de R$ 3,7 milhões

BRASÍLIA - No início de julho, a um mês do início do julgamento do mensalão pelo Supremo Tribunal Federal, o Tribunal de Contas da União (TCU) isentou o ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato de responsabilidade no desvio de dinheiro do BB para a DNA Propaganda, uma das agências de Marcos Valério que estão no centro do escândalo. A decisão, que teve como base voto da ministra Ana Arraes, contraria parecer da área técnica e do Ministério Público do TCU. Leia mais »

Agência classifica BB como banco mais sólido do mundo

Por alexandre toledo

Da Istoé Dinheiro

BB é o banco mais sólido do mundo, segundo agência americana

por Marina Rossi

De acordo com ranking global da agência de notação financeira norte-americana Weiss Ratings, o Banco do Brasil é a instituição financeira mais sólida do mundo.

A posição do banco brasileiro indica segurança financeira capaz de passar por crises econômicas.

Na sequência, o ranking foi pontuado com as seguintes instituições:

1. Banco do Brasil (Brasil)

2. Hang Seng Bank (Hong Kong)

3. Turkiye Garanti (Turquia)

4. Qatar National Bank (Qatar)

5. Akbank (Turquia)

6. Banco Mandiri (Indonésia)

7. Al Rajhi Bank (Arábia Saudita)

8. Grupo Financiero Santander (México)

9. Samba Bank (Arábia Saudita)

Banco do Brasil lucra R$ 12,1 bi em 2011

Por Nilson

Da Agência Estado

Banco do Brasil teve lucro recorde em 2011

SÃO PAULO - O Banco do Brasil anunciou hoje um lucro líquido recorde de R$ 12,1 bilhões em 2011, crescimento de 3,6% em relação a 2010. O desempenho corresponde a retorno anualizado sobre o patrimônio líquido (RSPL) de 22,4%. O resultado recorrente alcançou R$ 11,8 bilhões, evolução de 10,2% sobre o ano anterior.

A carteira de crédito em conceito ampliado, que inclui garantias prestadas e os títulos e valores mobiliários privados, somou R$ 465,1 bilhões em 2011, evolução de 19,8% em 12 meses.

Leia mais »

Banco do Brasil finaliza compra do Eurobank nos EUA

Por Paulo F.

Do Expresso 

Banco do Brasil conclui aquisição do Eurobank nos Estados Unidos

Banco do Brasil informou que concluiu hoje o processo de aquisição de 100% do capital social doEurobank, com sede na Flórida, nos Estados Unidos.

O anúncio da aquisição foi feito em abril do ano passado e envolveu um montante de seis milhões de dólares (4,6 milhões de euros).

"Todas as autorizações para a aquisição foram concedidas pelos órgãos reguladores envolvidos nos Estados Unidos e no Brasil, depois de observados os trâmites regulamentares exigidos pelos dois países", informou a instituição, em comunicado. Leia mais »

BB começa a afrouxar juros

Autor: 

Para muitos, desde que divulgou seu balanço trimestral, o Banco do Brasil já dava sinais de que ia entrar com mais firmeza no mercado para forçar a redução dos juros no sistema financeiro.

Mesmo com estabilidade no nível de inadimplência, o Banco elevou sua provisão para devedores duvidosos, sinalizando que se preparava para uma expansão em sua carteira de crédito. E que, naturalmente, mesmo com uma inadimplência estável, o aumento da base de empréstimos a que ela se reporta é, em valores monetários, maior. Leia mais »

Imagens: 
BB começa a afrouxar juros

O lucro do Bancos nos últimos dez anos

Uma compilação do lucro do bancos no Brasil desde o ano 2000

Eduardo Baltazar Diniz*

 No final deste post está disponibilizado o arquivo PDF com os totais.

 

Lucro apresentado no exercício é o primeiro sinal que a empresa vai bem. Agora, se todas as empresas do mesmo segmento apresentam lucro, então o negócio é bom mesmo. E se o lucro fosse enorme durante dez anos, mesmo havendo crises mundiais?!... Não tem o que falar, o negócio é bom, e se puder me inclua como sócio.

Não precisa ser um entendido no assunto para descobrir que as empresas que atuam neste negócio são os bancos brasileiros. Verdadeiras máquinas na arte de produzir lucro. Privado ou público, os números comprovam que quem administra dinheiro neste país sabe o faz. Leia mais »

Imagens: 
Bancos: o lucro desde 2000

As maiores empresas, segundo a Fortune

Por Adriano S. Ribeiro

Dica do Stanley Burburinho.

Nassif, de acordo com a notícia, o BB passou o Itaú e o Bradesco na lista da Forbes. Segue:

De O Globo

Petrobras sobe 20 posições e já é a 34ª maior empresa do mundo

RIO - Walmart, Shell, Exxon e BP continuam sendo as quatro maiores empresas do mundo, de acordo com a lista "Global 500" divulgada ontem no site da revista americana "Fortune". O Brasil aparece no ranking com sete empresas - a primeira é a Petrobras, na 34 posição e a última a Ultrapar Holdings, na 399.

Leia mais »

O PSDB contra as privatizações da Petrobras, Caixa e Banco do Brasil

Por José Ribeiro Júnior

Do Valor Econômico vem a notícia de que para se livrar da fama de predadores do patrimônio público, o PSDB e o DEMO vão propor uma PEC vedando a privatização da Petrobras, CEF e BB.  Tal qual o estuprador “arrependido”, mas ciente da sua natural periculosidade,  propõem decepar o próprio pênis. Em se tratando do PSDB e do DEMO, é recomendável ceifar também os dedos e a língua (isto é, extinguir os dois partidos de vez). Só por precaução.

Do Valor

PECs visam enterrar rótulo de privatista

Caio Junqueira Leia mais »

IPEA aponta: estender serviços bancários a 40% da população brasileira, o desafio do governo

Inauguração da 1ª agência do Banco do Brasil em uma comunidade carente,  Paraisópolis/SP

 

  Leia mais »

Banco do Brasil responde ao Globo

Por Silvana

Recebi esta nota pelo twitter do @BancodoBrasil:

Do Banco do Brasil

COMUNICADO À IMPRENSA

Sobre informações divulgadas hoje (03.09) no jornal "O Globo", o Banco do Brasil reitera o zelo pela integridade e segurança dos dados de quem mantém relacionamento com o Banco. Até o momento, não foi identificado qualquer fato que indique violação de sigilo, nem que aponte nessa direção.

O Banco do Brasil lamenta ainda que a Instituição, que tem ações negociadas em Bolsa, seja exposta na cobertura jornalística, sem a apresentação de dados concretos.

O Banco recebeu Ofício da Justiça e vai se manifestar, adequadamente, na forma processual.

Brasília, 03 de setembro de 2010

Assessoria de Imprensa do Banco do Brasil

É ainda sobre o "assunto da semana"?  Leia mais »