As mudanças no PNBL

Por wilson yoshio.blogspot

Colegas do LN, enquanto se discutem amenidades o PNBL faz agua....periga virar um Pe Na Bunda Leve.

Do Inclusão Digital

Dilma decreta o fim do PNBL idealizado por Lula

Luis Osvaldo Grossmann e Luiz Queiroz

Se tudo correr de acordo com o script político, na próxima quarta-feira, 1º/6, as empresas de telefonia - que realizarão pela primeira vez em Brasília o seu encontro anual - poderão celebrar o aviso a ser dado no mesmo dia de que o Ministério das Comunicações encerrou o Plano Nacional de Banda Larga, pelo menos, nos moldes idealizado e aprovado pelo ex-presidente Lula. Leia mais »

O PNBL incorpora rede ótica da Petrobras

Por wilson yoshio.blogspot

Do Valor

Telebrás fecha acordo para usar rede da Petrobras

André Borges | De Brasília
16/05/2011

A Telebrás assinou o acordo definitivo com a Petrobras para utilizar a malha de fibra óptica da companhia de petróleo no Plano Nacional de Banda Larga (PNBL). O contrato permite que a Telebrás comece a instalar os equipamentos que vão ativar o anel de fibra óptica da Petrobras, instalado na região Sudeste do país. A cobertura dessa malha, que percorre os gasodutos da petroleira, engloba as cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Belo Horizonte. A previsão é de que outros dois acordos sejam assinados em breve, entre as duas empresas, para iluminar as fibras ópticas que a Petrobras detém nas regiões Nordeste e Sul. Leia mais »

Manifesto: Banda Larga é um direito seu!


Uma ação pela internet barata, de qualidade e para todos

Banda Larga é direito de todas e todos, independentemente de sua localização ou condição sócio-econômica. O acesso à internet é essencial porque permite o mergulho na rede que integra
diferentesmodalidades de serviços e conteúdos, funcionando como um espaço de
convergência de distintas perspectivas sociais, culturais, políticas e
econômicas. Elemento central na sociedade da informação, a inclusão digital,
entendida de forma ampla, é condição para a concretização de direitos
fundamentais como a comunicação e a cultura e se coloca como passo necessário à Leia mais »

A nova Telebrás e o PNBL

Coluna Econômica

A universalização da banda larga exigiu um esforço intenso para recuperar a Telebras.

Antiga holding do setor, com a privatização acabou quase sem função. Para dar conta das novas atribuições, decidiu-se montar um corpo técnico competente e trabalhar fundamentalmente com parceiros privados.

Segundo o presidente da Telebras, Rogério Santana, a empresa conseguiu bons técnicos junto à Anatel, e engenheiros do mercado, liberados pela fusão Telemar-Brasil Telecom. Mas também engenheiros de outras companhias privadas, que se interessaram pelo desafio de construir uma nova rede.

***

Leia mais »

PNBL: a banda larga a R$ 35

Por Mário de Oliveira

Do JB

Ciência e Tecnologia

13/04 às 15h09 - Atualizada em 13/04 às 15h10

No RS, ministro Paulo Bernardo confirma banda larga a R$ 35 Leia mais »

A liberação do Fust para a banda larga

Por raquel_

Da Rede Brasil Atual

Fazenda garante rediscussão sobre liberação do Fust para banda larga

Por: Anselmo Massad, Rede Brasil Atual

Publicado em 06/04/2011, 17:28

Última atualização às 17:28

São Paulo - O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, informou nesta quarta-feira (6) que recebeu pedido do Ministério da Fazenda para rediscutir o uso de recursos do Fundo de Universalização de Serviços de Telecomunicações (Fust) em ações relacionadas à banda larga. Atualmente, apenas concessionárias de telefonia fixa podem receber essas verbas, por se tratar do único serviço de telefonia com meta de universalização.

Leia mais »

Os efeitos da universalização da banda larga

Coluna Econômica

Ainda não foi devidamente avaliado o impacto do PNBL (Plano Nacional de Banda Larga) nas telecomunicações brasileiras. Trata-se de um processo amplo, no qual os próprios veículos de mídia poderão ser beneficiados – embora eles ainda não tenham percebido.

A avaliação é de Rogério Santana, presidente da Telebrás e coordenador do Plano Nacional de Banda Larga (PNBL).

***

Leia mais »

A banda larga na região norte

Senadores querem democratizar banda larga na Região Norte 

Por Wilian Miron
Da Agência Dinheiro Vivo

O senador Eduardo Braga (PMDB) quer aproveitar o anel de fibra ótica que interliga o Brasil à Venezuela e incluir a região Norte no Plano Nacional de Banda Larga (PNBL). Ontem a proposta foi levada informalmente ao ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, durante conversa com Braga. "Não vejo motivos para não incluir Roraima e Amazonas, porque no Norte temos o cabo intercontinental que passa pela Venezuela, Estados Unidos e Europa", disse o parlamentar que assumiu hoje a presidência da Comissão de Ciência e Tecnologia do Senado.

Segundo o presidente da CCT, Paulo Bernardo se mostrou receptivo à ideia, mas isso não impede de o ministro ouvir dos demais senadores o pedido de inclusão da região no PNBL. "Ele disse que podemos estudar essa hipótese para as cidades que já tem alguma infraestrutura".

Leia mais »

Telebrás entrou no "jogo" da internet banda larga: é a concretização do PNBL

Governo credencia Telebrás para viabilizar PNBL e democratizar acesso a internet rápida  Segundo a edição impressa do Jornal Brasil Econômico de 23 de fevereiro, pág. Leia mais »

A satisfaçao dos usuários de telefonia

Anatel fará reunião para decidir rumos da pesquisa de satisfaçao dos usuários

Por Wilian Miron
Da Agência Dinheiro Vivo 

O Conselho Diretor da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) terá uma reunião nesta tarde para discutir o andamento da pesquisa de satisfação dos assinantes de serviços de telefonia e internet.

O estudo custará R$ 4,9 milhões e, tudo indica, que ele será realizado até o final do primeiro semestre deste ano. Segundo a conselheira Emília Ribeiro, a área administrativa do órgão deve decidir qual empresa será fará o estudo. A decisão pode sair ainda nesta tarde, quando serão abertos os envelopes com as propostas da licitação.

Porém, a licitação poderá ser questionada pelo Tribunal de Contas da União (TCU), pelo fato dela não seguir as regras legais sobre licitações no setor público. “está em processo e queremos para este semestre, mas a aplicação pode demorar caso a medida seja questionada”, disse ela.

Paulo Bernardo no É Notícia

Bloco 1

Bloco 2

Bloco 3 Leia mais »

TCU derruba investida tucana para barrar PNBL

TCU derruba investida tucana para barrar PNBL

Por Wilian Miron, da Agência Dinheiro Vivo
com agências

O Tribunal de Contas da união (TCU) julgou improcedente a investida do PSDB para barrar o projeto de universalização da banda larga, uma das prioridades do Governo Federal para este ano.

Ano passado, durante a disputa presidencial, o deputado tucano Arnaldo Faria de Sá entrou com representação contra possíveis irregularidades na contratação de produtos e serviços, feita pela Telebrás, para atender ao Plano Nacional de Banda Larga (PNBL).

Entre as alegações do autor estaria um possível desrespeito ao Regulamento Conjunto para Compartilhamento de Infraestrutura entre os Setores de Energia Elétrica, Telecomunicações e Petróleo. Aprovado pela Resolução Conjunta nº 01/1999, da Anatel, Aneel e ANP, este regulamento exige publicidade prévia das empresas detentoras da infraestrutura, aos demais interessados para disponibilizá-la a um determinado agente. Leia mais »

A banda larga e o acordo Brasil-Argentina

Do Brasilianas.org

Brasil e Argentina traçam planos para massificar a banda larga

Por Wilian Miron
Da Agência Dinheiro Vivo

Brasil e Argentina pretendem fundir seus projetos de massificação da internet de alta velocidade e, para isto, firmaram ontem um acordo de cooperação bilateral que prevê investimentos conjuntos e incentivos para a fabricação de equipamentos.

Pelos termos firmados entre os dois países, está prevista a criação de um conselho, integrado pelo Ministério das Comunicações brasileiro e pelo Ministério do Planejamento Federal, Investimento Público e Serviços e pela Comissão de Planejamento e Coordenação Estratégica do Plano Nacional de Telecomunicações Argentina Conectada, do lado argentino.

Abaixo os principais pontos do acordo:

Leia mais »

Paulo Bernardo ao vivo na Rede Brasil Atual

Por Tereza

Ministro das Comunicações falará ao vivo sobre PNBL dia 17fev na Rede Brasil Atual

Da Rede Brasil Atual

Ministro das Comunicações fala ao vivo sobre PNBL na Rede Brasil Atual

Por: Redação da Rede Brasil Atual

Paulo Bernardo participa de entrevista pela web vai falar sobre o Plano Nacional de Banda Larga e outros desafios da comunicação

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, é o convidado do Sindicato dos Bancários São Paulo, Osasco e Região e da Rede Brasil Atual para debater o Plano Nacional de Banda Larga e outros desafios da comunicação. Leia mais »

A venda casada de banda larga da GVT

Por Guilherme Scalzilli

(Atualizado em 27 de janeiro, às 15h58)

Quem possui o cliente mais idiota?

Houve certa esperança quando a GVT ofereceu internet banda larga a preços muito mais baixos que os oferecidos pelas concorrentes. Em mercado cartelizado por empresas que tratam clientes como o cocô do cavalo do bandido, a notícia parecia alvissareira. Mas é tudo propaganda enganosa.

O serviço de 5 mega não sai R$ 49,90, como afirmam os anúncios e a própria página da GVT. No rodapé, em letras minúsculas e desbotadas, lê-se que tal valor não existe. É apenas uma “estimativa” de quanto valeria o serviço dentro dos pacotes que incluem também o serviço de telefonia. O mais baratinho é R$ 104,45. Diferença de 110%.

Leia mais »