Desemprego na Espanha sobe para 21,5%

Do G1

Taxa de desemprego na Espanha sobe para 21,5% no 3º trimestre

No segundo trimestre, a taxa ficara 20,89%.
Total de desempregados alcançou 4,97 milhões no período.

A taxa de desemprego na Espanha atingiu 21,5% da população economicamente ativa do país no terceiro trimestre deste ano, apesar da agitada temporada de verão para o turismo local. No segundo trimestre, a taxa ficara 20,89%. Leia mais »

Crise social na Europa, o fundo do poço é a fome de milhões


Cerca de 1 em cada 5 gregos está desempregado,  grave crise social Leia mais »

Ninguém regula a América: escute a voz dos 99% e não do 1% que enriquece mais

O triste enredo da economia do país que cresce com guerras e esquece seu próprio povo à sorte

"Ninguém regula a América
nobody fucks with América 

Satélites de cima
vigiando todos os atos de rebeldia
MST observado pela CIA
um avião cara-de-pau
preso na China
painel de controle
cidades sem culpa
na sensação do protocolo de Kioto
carbonizado em plena chuva
de armas exportadas
sangrando no dólar
o dólar dos outros
coagulado e globalizado
nas veias abertas
de outra dívida externa..." (O Rappa) Leia mais »

Paim defende direito de greve de bancários e funcionários dos Correios

- Não adianta o governo querer criminalizar os movimentos e dizer que prende e arrebenta.É preciso dialogar com espírito desarmado. Ninguém gosta de fazer greve; é um recurso usado em último caso - afirmou.

 

http://www.senado.gov.br/noticias/paim-defende-direito-de-greve-de-banca...

PLENÁRIO / PRONUNCIAMENTOS
07/10/2011 - 11h15
Paim defende direito de greve de bancários e funcionários dos Correios 

O senador Paulo Paim (PT-RS) foi à tribuna do Plenário, nesta sexta-feira (7), para defender bancários, funcionários dos Correios, metalúrgicos, professores estaduais e outras categorias em greve em todo o país. O senador, que disse considerar as paralisações justas, fez um apelo aos gestores do setor público e aos empregadores da iniciativa privada a fim de que se sentem à mesa para negociar:

- Não adianta o governo querer criminalizar os movimentos e dizer que prende e arrebenta.É preciso dialogar com espírito desarmado. Ninguém gosta de fazer greve; é um recurso usado em último caso - afirmou. Leia mais »

Imagens: 
Senador Paulo Paim (PT-RS)

Europa impõe tsunami social à Grécia

 

Dilma defendeu modelo brasileiro anticrise, mas Europa prefere aumentar ainda mais a tensão na Grécia

 


Leia mais »

Dilma evoca receita brasileira anticrise, mas Europa impõe tsunami social à Grécia

Dilma defendeu modelo brasileiro anticrise, mas Europa prefere aumentar ainda mais a tensão na Grécia


Leia mais »

O desemprego crônico nos EUA

Atualizado às 9h34

Por Luiz Lima

O Bureau of Labor Statistics mantém uma tabela com o cálculo da taxa de desemprego nos EUA pela metodologia antiga. Quem quiser consultá-la, pode fazê-lo aqui. O número é menor do que o mencionado por John Williams na matéria, porém não fica claro se ele fala somente da região metropolitana de NY ou do país inteiro. O desemprego em NY (e nos Estados mais industrializados, como Califórnia, Michigan, Illinois etc.) é superior à média nacional. 

Outros comentaristas já postaram informações sobre protestos em NY. Os "indignados" já ocupam Wall Street há duas semanas - só que a "grande" imprensa insiste em fingir que nada acontece...

Por raquel_ Leia mais »

Vídeos: 
Veja o vídeo

"Nosso trabalho é ganhar dinheiro com a crise": urge regular o sistema financeiro

Desemprego crescente nos EUA fez a pobreza atingir patamar mais alto em quase vinte anos

 

A Organização Internacional do Trabalho (OIT) revelou em estudo recente que existem cerca de 200 milhões de pessoas desempregadas em todo o mundo, um dado aterrador. Leia mais »

IBGE: taxa de desemprego fica em 6%

Da Agência Estado

Desemprego tem o menor nível para agosto desde 2002

SÃO PAULO - A taxa de desemprego medida nas seis principais regiões metropolitanas do País em agosto ficou em 6%. Trata-se do menor patamar para o mês desde o início da série histórica do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), iniciada em 2002.

O resultado ficou dentro do intervalo das estimativas dos analistas ouvidos pelo AE Projeções, que iam de 5,9% a 6,2%, e ligeiramente abaixo da mediana, de 6,1%.

O rendimento médio real dos trabalhadores registrou variação positiva de 0,5% em agosto ante julho e aumento de 3,2% na comparação com agosto do ano passado.

Imposto Buffet: sitiado, Obama propõe taxar milionários

Obama: sitiado pela crise herdada de  Bush e paralisado por um congresso republicano hostil

  Leia mais »

Robert Reich: EUA - A Economia zero!

Autor: 

Estados Unidos: a economia zero O Serviço Nacional de Estatísticas do Trabalho informa hoje que não se criou sequer um emprego nos EUA, em agosto. Na verdade, é pior do que zero. Os EUA precisam criar 125 mil empregos por mês, apenas para dar conta do crescimento populacional. Os novos números significam, isso sim, que o buraco só faz aumentar. Desde o início da atual depressão, no final de 2007, a força de trabalho potencial nos EUA cresceu para mais de 7 milhões. Mas, desde então, caiu, em mais de 300 mil, o número de norte-americanos empregados. O artigo é de Robert Reich.

Imagens: 
Robert Reich: EUA - A Economia zero!

Taxa desemprego em 6%

Por Marco Antonio L.

Da Agência Brasil

Ipea: desemprego cai em julho ao menor nível desde 2002

O emprego informal no País, em julho, absorveu 34,8% da população economicamente ativa (PEA), a menor taxa de informalidade desde 2002, quando o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) deu inicio à Pesquisa Mensal de Emprego (PME). A taxa de desemprego, que ficou em 6%, também é a menor da série histórica.

As constatações são do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), que divulgou, nesta quinta-feira, o estudo sobre mercado de trabalho, conjuntura e análise, que traça um perfil do comportamento do mercado de trabalho no País no primeiro semestre deste ano, em comparação com 2010. Leia mais »