Demóstenes Torres, a "caixa preta" da oposição

Demóstenes é uma caixa preta para a oposição e para a Veja. Leia mais »

Carta Capital persegue indícios que "outros" ignoram

Apenas Carta Capital parece disposta a seguir o lastro do envolvimento criminoso de políticos da oposição com o contraventor Carlinhos Cachoeira. Leia mais »

Coalizão de Dilma é fraca:CPIs contra a oposição não decolam

Governo Dilma avança na economia e no social, mas base de sustentação no congresso é vacilante. Leia mais »

Imprensa omite subterrâneos do escândalo Demóstenes

Autor: 

Somente Carta Capital chegou as bancas trazendo desdobramentos do escândalo Cachoeira/Demóstenes.  Outras publicações não investigam e nem querem saber onde este envolvimento criminoso pode ter chegado Leia mais »

Apoio popular à Dilma é recorde e imprensa perde outra...

Aprovação de Dilma cresce e alcança novo recorde. Leia mais »

Escândalo "Cachoeira"e a mídia corrompida?

Policarpo Júnior, editor-chefe da Veja trocou mais de 200 ligações com o contraventor Carlinhos Cachoeira, alguém (MP, PF ou imprensa) vai investigar o que tanto "assuntaram"?   Leia mais »

Os grupos políticos que lutam contra o governo na Síria

Por Assis Ribeiro

Conheça os diferentes grupos políticos que lutam contra o governo na Síria


Da BBC Brasil


O governo sírio está enfrentando a oposição de uma série de grupos políticos, alguns que já existem há anos e outros que surgiram no final de 2010, quando começou a onda de protestos no Oriente Médio.


Partidos de oposição são proibidos na Síria desde 1963, quando o Partido Baath tomou o poder e implementou algumas leis de emergência.


Entre as dezenas de partidos na ativa estão esquerdistas, secularistas, islamistas e nacionalistas árabes. Décadas de repressão obrigou as siglas a operarem na clandestinidade ou no exílio. A oposição formal ao governo é fragmentada e enfraquecida.


Leia mais »

Dilma terá um feliz 2012, apesar da torcida contrária

Por Webster Franklin

Da Carta Maior

Dilma coleciona vitórias no Congresso; 2012 terá oposição acuada 

Em seu primeiro ano, Dilma Rousseff vale-se de base parlamentar inédita para aprovar o que quis e barrar as CPIs que não quis. Econômica nas MPs como Lula e FHC não foram, favorecida por desidratação extra de adversários pelo PSD e com a "sorte" da saída de Antonio Palocci, que contribuía para tensão com aliados, Dilma entrará em 2012 vendo oposição acuada pelo fantasma da CPI da Privataria.

Oposição só se atrapalha com agenda negativa, diz Arretche

Por raquel_

Do Valor

"Escândalos prejudicam a oposição"

Por Cristian Klein | De São Paulo

 

 

Leia mais »

A oposição na sociedade, por Marcos Coimbra

A Oposição na Sociedade

Por Marcos Coimbra

O que chamamos oposição, na maior parte das vezes, diz apenas respeito ao mundo da política institucionalizada. Fundamentalmente, aos partidos oposicionistas, seus representantes, organizações e (poucos) filiados.

Uma das razões para isso é que é modesta, no Brasil, a atuação de grupos de pressão e associações civis voltadas para a política. Existem, mas são, ainda, pouco relevantes.

Há, no entanto, outra oposição, extra-partidária e fora do Estado, que se manifesta no âmbito da sociedade. Ela é diferente da anterior, e tende a ser, a cada dia, mais significativa. Leia mais »

O retrato da oposição no Brasil

Por Assis Ribeiro

Da Reuters

ANÁLISE-Oposição apática alivia problemas de Dilma

Por Raymond Colitt 

BRASÍLIA (Reuters) - Deveria ter sido um cenário de sonho para qualquer partido de oposição --um governo abalado por escândalos, ministros se demitindo semanalmente, uma economia em declínio e uma presidente parecendo às vezes estar sem contato com a realidade.

Mas ao invés de aproveitar a ocasião, a oposição brasileira pareceu ter murchado diante de uma crise que assolou o governo Dilma Rousseff por vários meses e que resultou na demissão de cinco ministros. Leia mais »

Oposição pediu intervenção dos EUA na Venezuela

Por Adamastor

Do Opera Mundi

Wikileaks: Oposição na Venezuela pediu aos EUA para que interviessem contra Chávez

O partido venezuelano Podemos (acrônimo de Pela Democracia Social), membro da MUD (Mesa de Unidade Democrática) -- conjunto de partidos opositores venezuelano --, solicitou à Embaixada dos Estados Unidos em Caracas, em setembro de 2009, para que interviesse contra o presidente Hugo Chávez, de acordo com despacho diplomático vazado pelo Wikileaks. Segundo o documento, o partido estava "preocupado" com as eleições legislativas de setembro de 2010. Leia mais »

Dilma e a ocasião para o discurso oportuno

Dilma na Marcha das Margaridas, proximidade com movimentos sociais, seus aliados mais legítimos

Hoje em São Paulo, a presidenta Dilma Roussef , no lançamento de ações do programa Brasil sem Miséria para a região sudeste, acompanhada pelos governadores da região e pelo ex-presidente FHC, fez questão de combater a tese da “faxina” como centro de sua política de governo, como é alardeado, diariamente pela mídia, em uma forma de esvaziar os programas de seu governo e fixar nas pessoas o olhar apenas para as ações que combatem os desvios. Leia mais »

Polícia Federal atuante contra a corrupção, herança bendita de Lula

As ações de combate a corrupção da Polícia Federal tem sido intensas desde 2003 Leia mais »

As negociações pela Comissão da Verdade

Por alfredo machado

Nassif:

Nada melhor para o país que uma ala de oposição responsável.

Do iG

Com Amorim, Comissão da Verdade volta à estaca zero, diz oposição

Líderes condicionam apoio para acelerar tramitação de projeto à “postura” do novo ministro, a quem consideram “ideologizado”

Fred Raposo, iG Brasília | 09/08/2011 07:30

Tratada como matéria de consenso até a semana passada, o projeto de lei que cria a Comissão da Verdade - com objetivo de esclarecer casos de violação de direitos humanos durante a ditadura militar (1964-1985) - pode sofrer atraso em sua tramitação na Câmara dos Deputados, depois que Nelson Jobim foi substituído por Celso Amorim no comando do Ministério da Defesa. Leia mais »