imagem de robertasales

TV Cultura

Tema: 
TV Cultura
Vamos construir juntos um Mutirão sobre a TV Cultura
Imagem: 

A proposta é fazer um levantamento histórico da emissora com estudos, vídeos, reportagens, fotos, programas, entrevistas e todo o material que pudermos juntar para contextualizar a criação, desenvolvimento, desafios e conquistas  da emissora, até chegarmos ao momento atual.

Tags: 
Tags: 
Tags: 
Tags: 
Tags: 
Tags: 

Déficit de pessoal ameaça funcionamento de Hospitais Universitários

Autor: 

Ao longo dos anos os Hospitais Universitários (HU) públicos passaram a desempenhar um papel importante no atendimento à saúde da população em geral. Hoje, 98% dos leitos dessas instituições de ensino e saúde são utilizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Entretanto, os HU apresentam déficit significativo de recursos humanos.

Segundo levantamento feito pelo Ministério da Educação (MEC), e apresentado em maio de 2009, dos 11.464 leitos espalhados entre todas as universidades públicas federais do país, 9,80%, ou 1.124, estão desativados por falta de recursos humanos. O diagnóstico do MEC destaca, ainda, que 46 HU federais realizaram, em 2008, mais de 1 milhão de atendimentos emergências, 402.836 internações, 6.356.641 consultas e 20.880.230 procedimentos. Em 2008, esses hospitais foram responsáveis por 10,71% dos transplantes realizados no país.
Leia mais »

Tags: 
Tags: 
Tags: 
Tags: 

A gestão da universidade federal do triângulo mineiro

A GESTÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGULO
MINEIRO NO CONTEXTO DA REFORMA UNIVERSITÁRIA DO
GOVERNO LULA1


Por: Gustavo Alberto Silva Coutinho2
         Cladecir Alberto Schenkel3

Gestão e Política na Universidade Pública

Artigo de Walter Colli

Professor do Instituto de Química da USP

Publicado na Rev. USP  n.78 São Paulo jun./ago. 2008

 

 

imagem de robertasales

Autonomia das Universidades

Tema: 
Autonomia das Universidades
Vamos discutir a autonomia das universidades públicas na gestão de recursos e pessoal
Imagem: 
Tags: 
Tags: 
Tags: 
Tags: 
Tags: 

Modelo de gestão melhora educação de estados

A recente divulgação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb/2009) apesar de apresentar, na maioria dos casos, resultados que superaram as metas estipuladas, deu  início a uma série de questionamentos acerca dos critérios de avaliação e dos métodos de gestão da educação adotados nos estados. Dentre os estados com os melhores resultados estão Minas Gerais e Paraná. Ambos apostaram na gestão como estratégia para  evoluir o desempenho de alunos e professores, garantindo índices acima do esperado.

Criado em 2007 pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), órgão vinculado ao MEC (Ministério da Educação), o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, o Ideb, tem por objetivo avaliar a situação da educação básica no país (que engloba desde 2007 o ensino fundamental e o médio), levando em consideração o fluxo escolar e as médias de desempenho nas avaliações. O índice possibilita ao Inep a sistematização de resultados sintéticos que podem ajudar o governo na especificação de metas educacionais para cada estado. Leia mais »

Tags: 
Tags: 
Tags: 
Tags: 
Tags: 
Tags: 

A gestão socio-ambiental e inovação no setor sucroalcooleiro: um estudo de caso na Pioneiros Bionergia S/A

O estudo traz a analise das ações da empresa Pioneiros Bioenergia sob a ótica da gestão sócio-ambiental. Os problemas ambientais salientados pela empresa são faltas de projetos em relação as áreas de APP e matas ciliares, compactação do solo; perca da biodiversidade da fauna e da flora; já os problemas sociais apontados é o desemprego proporcionado pela mecanização do corte da cana-de-açúcar.

De acordo com o documento, os resultados demonstraram que a Pioneiros Bionergia ainda tem um longo caminho a ser trilhado para atingir a sustentabilidade, pois há necessidades de maiores investimentos na área ambiental.

Data: 2009

Abordagem contingencial estruturada de gestão e o sucesso ou fracasso de projetos complexos e incertos em empresas no Brasil

O trabalho analisa as dinâmicas de definição e gestão de projetos complexos e incertos de empresas no Brasil, com o objetivo de observar como certas práticas ou a ausência delas contribuem para o sucesso ao fracasso dos projetos.

Estratégia internacional de gestão de pessoas nas multinacionais brasileiras

Esta tese tem o objetivo de analisar a estratégia de gestão de pessoas de empresas multinacionais brasileiras com base em dois fatores: o nível em que as subsidiárias destas empresas possuem autonomia para decidir sobre a estratégia de gestão de pessoas e o nível de internacionalização de suas políticas de gestão de pessoas.

Um estudo setorial sobre as relações entre variáveis ambientais externas, modelos de gestão, controles gerenciais e desempenhos das empresas

O objetivo desta pesquisa consistiu em verificar as relações entre as variáveis do ambiente externo, os elementos do modelo de gestão, os controles gerenciais e os desempenhos de empresas de setores de atividade distintos.

Verificou-se que os elementos do modelo de gestão influenciam, significativamente, os tipos de controles gerenciais adotados pelas empresas de todos os setores investigados, predominantemente aquelas do setor industrial. Os graus de relação entre o ambiente externo e os controles gerenciais mostraram-se baixos, não podendo ser considerados representativos neste estudo. Em se tratando da relação entre controles gerenciais e desempenho das empresas, puderam ser notados resultados expressivos nos setores industrial e de serviços, não ocorrendo o mesmo no comércio.

Estratégia internacional de gestão de pessoas nas multinacionais brasileiras

O objetivo da tese foi analisar a estratégia de gestão de pessoas de empresas multinacionais brasileiras com base: no nível em que as subsidiárias destas empresas possuem autonomia para decidir sobre a estratégia de gestão de pessoas e no nível de internacionalização de suas políticas de gestão de pessoas.

Os resultados mostraram a preferência das multinacionais brasileiras em dar autonomia para suas subsidiárias. Escolha que se deve a facilidade das empresas em lidar com a cultura e legislação local.

Sustentabilidade e a gestão compartilhada dos resíduos sólidos no município de Ribeirão Preto/SP: conflitos e desafios

A pesquisa se propõe a analisar as diretrizes da gestão compartilhada dos resíduos sólidos a fim de levantar as propostas colocadas em prática e os resultados perceptíveis dessas políticas numa avaliação que leva em conta os três pilares da sustentabilidade (ecológico, econômico e social).

Arquivo: 

Educação e segurança melhoram em Minas Gerais

Autor: 

As áreas de Educação e Defesa Social (Segurança) foram as que apresentaram os melhores indicadores do governo de Minas Gerais em 2009, mas Inovação, Tecnologia e Qualidade e Investimento e Valor Agregado da Produção foram os destaques negativos. Os dados estão contidos no Caderno de Indicadores 2010, compilação de 105 dados de gestão estadual de 13 áreas definidos no Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado (PMDI). “Nosso modelo tem servido de referência para outros Estados”, disse o coordenador executivo do Programa Estado para Resultados (EPR), Tadeu Barreto Guimarães. Leia mais »

Tags: 
Tags: 
Tags: 
Tags: 

A crise financeira e os catadores de materiais recicláveis - artigo do MNCR

Catadores de recicláveis compõem elo mais fraco da cadeia de reaproveitamento de materiais. Essa condição ficou evidente entre novembro de 2008 e fevereiro de 2009, quando a crise financeira internacional teve seu pior momento.

O avanço das multis brasileiras

Autor: 

As multinacionais brasileiras ganharam o mundo nesta década, e agora ocupam espaços importantes nos mercados internacionais de proteína animal, mineração e siderurgia. Essa corrida das corporações verde amarelas ao exterior, incentivada pelo governo, se acentuou nos últimos anos e faz parte do movimento de expansão das grandes economias emergentes como o Brasil. Leia mais »

Vídeo: 
Tags: 
Tags: 
Tags: 
Tags: 
Tags: