Por Stanley Burburinho via Facebook

 

Ninguém estranhou o JN de segunda-feira (vídeo abaixo), 8 de abril, logo hoje, dia da morte da Margaret Thatcher, abrir com matéria sobre um pobre rapaz que está preso por engano no ES? E qual foi a primeira palavra que o Bonner disse sobre a situação: "injustiça". Até parece que o JN se preocupa com esse tipo de situação que existem aos milhares no Brasil. Na reportagem ficou claro que o culpado pela prisão ilegal do rapaz é a Polícia Civil do ES que realmente errou. Mas, no final da matéria do JN, quem é que está empenhado em reparar a injustiça causada pelo erro da Polícia Civil? O MP. Lembro que a Globo é contra a PEC37 que tira do MP a atribuição de investigar. A PEC37 diz que só a polícia federal e civil pode investigar.

Fonte: http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2013/04/inocente-e-preso-no-lugar-do-irmao-no-espirito-santo.html