Iniciação científica desenvolvida entre os anos 2005 e 2006 sob orientação do Prof. Dr. Peter Demant, do Instituto de Relações Internacionais da Universidade de São Paulo. A pesquisa foi desenvolvida com financiamento da FAPESP e trata da história recente do Iraque, com foco no estudo do regime do Partido Baath – mais especificamente do governo de Saddam Hussein – durante o período 1968-1991. O trabalho busca abordar a questão sob quatro perspectivas: política, econômica e social, cultural/ideológica e internacional, levando-se em consideração eventos de relevância interna e externa, como as guerras Irã-Iraque (1980-1988) e do Golfo (1991).