imagem de luisnassif

Por que Paraná e Santa Catarina foram os estados que melhor se saíram na avaliação das escolas de segundo grau? Aqui vamos discutir os modelos educacionais, a continuidade dos projetos, o modelo pedagógico.

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de Anônimo

Educação no Paraná

Essas avaliações geralmente são vazias. Não avaliam o conhecimento e a maturidade intelectual dos alunos. O que elas fazem é medir a repercussão de informações emitidas pelos maiores veículos de comunicação do país. Isso é um desastre! Mas vamos aceitar esse resultado de que Paraná e Santa Catarina foram os estados que melhor se saíram na avaliação das escolas de segundo grau. Ora, se há algum fator para isso, considerando o Estado Paraná, são aqueles professores que tiveram ou estão tendo uma boa formação acadêmica (ou seja, aqueles que estudaram ou estudam nas universidades públicas) e, contra tudo e contra todos, procuram aplicar o que aprederam e aprendem na sala de aula. Pois as escolas do Paraná são regidas pelo ECA e não por conteúdos escolares (português, geografia, matemática etc.). Isso quer dizer que por aqui a escola é administrada como um internato recreativo, onde o transmissão de conhecimento é oferecida com suor e sangue por alguns, já que o conhecimento não é o foco mais da escola. O que o professor mais faz é preencher documentos, responder litígios originados por alunos e pais (dúvida de conteúdo não existe), e coisas do gênero. Enfim, o suposto sucesso do Paraná nessa avaliação certamente não está na escola como um todo. 


Thiago 

imagem de RicardoPinho

Santa Catarina?

Pra mim, essa informação é literalmente incrível, particularmente no que se refere a ensino público. Desde o início dos anos 80, com a redemocratização, as escolas de ensino público estadual de Santa Catarina vem sendo sucateadas e, pior (acreditem, há algo ainda pior!), tornaram-se cabides de emprego a fim de sustentar os cabos eleitorais dos governos arena e mdb que se sucedem desde lá. As escolas são loteadas entre deputados do governo, que indicam os diretores. Estes concedem e mantém cargos de professores ACT's àqueles profissionais que se comprometem a apoir o dito deputado e seus comparsas. Uma estrutura macabra que se completa com salários e condições de trabalho tão ruins que repele os melhores professores ou leva-os à inaptidão física ou emocional antes, muito antes do tempo.

Se este estado é realmente um dos melhores do país, este país não pode ser outro senão o Inferno.

Cadinho