Estudo avalia as políticas públicas de inovação e o retorno das empresas brasileiras aos estímulos do governo.
O Estudo dos autores Henrique M.Barros, Danny P. Claro e Fabio R. Chaddad, analisou especificamente os setores de energia e informática.