Autor: 

A Câmara dos Deputado criou no início do mês uma comissão especial para analisar as propostas de reforma política. O tema é complexo e envolve muitos interesses, pois requer a discussão de mudanças em um conjunto de regras que compõe o sistema eleitoral nacional, como a regularização do financiamento privado de campanhas. Alguns parlamentares defendem reformas pontuais, outros cobram mudanças mais profundas. O direito a reeleição presidencial, institucionalizado a partir de uma emenda constitucional, em 1997, e o fim do troca-troca partidário, também chamada de infidelidade partidária, decidido pelo STF em 2007, são alguns exemplos de reformas pontuais que o sistema político brasileiro sofreu no período recente. No entanto, os pontos mais discutidos quando se fala em reforma política são o financiamento das campanhas eleitorais; a manutenção ou substituição do voto nominal-proporcional, como funciona hoje, pelo distrital; eleições com lista aberta ou fechada de candidatos definidos pelos partidos; e as coligações partidárias. 
 
Para debater o tema e o cenário desenhado hoje para que uma reforma política aconteça no país, Luis Nassif recebe nesta segunda, a partir das 20h no programa Brasilianas.org (TV Brasil), o ex-deputado nomeado secretário da Comissão Especial de Mobilização para a Reforma Política, criada pela OAB Nacional, Aldo Arantes, o deputado federal Mendes Thame (PSDB-SP), cientista político da Unicamp e ex-coordenador geral do Encontro Internacional Participação, Democracia e Políticas Públicas, da Universidade Estadual Paulista (UNESP), Wagner Romao, e o colunista do Valor Econômico e professor do Instituto de Estudos Sociais e Políticos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Iesp-UERJ), Fabiano Santos.
 
Participe você também, encaminhando perguntas que poderão ser selecionadas ao vivo, durante o programa. Clique aqui.
 
Saiba onde sintonizar a TV Brasil, em canal aberto, parabólica ou TVs por assinatura: clique aqui. 

Seu voto: Nenhum Média: 5 (1 vote)

Postar novo Comentário

CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.
CAPTCHA de imagem
Digite os caracteres exibidos na imagem acima.