Re: Cortiços: o mercado habitacional de exploração da pobreza

imagem de Fuhgeddaboudit™
Fuhgeddaboudit™

E, assim, você poderá entender a propaganda porca/enganosa e a festa (na verdade um bacanal) que as ESQUERDAS PROGRESSISTAS (95% dos comentaristas, daqui), vem fazendo com o "aumento de consumo" (em especial a compra de veículos financiados) que A NOVA CLASSE MÉDIA DE LULA vem patrocinando. Nada mais, nada menos, do que uma sutil "diversificação de investimentos" (automóvel é investimento? Não, e, pior, na verdade, uma segunda família a partir do segundo/terceiro ano de uso): o povo está gastando em consumo conspícuo o pouco que tinha guardado para a "o sonho da nova casa", com novo mobiliário, que virou pesadelo e, agora, resta o consolo do "carrinho zero Km", como recomendou LULA para fazer frente à crise de 2008 e manter o emprego de seus antigos companheiros metalúrgicos (ele só pensou nisso?). Cursos de Idiomas ou de Informática para os filhos enfrentarem a concorrência dos mais abastados, no mercado de trabalho ...... ??? Ora, ora, isso não era importante. A prioridade era endividar a família durante seis anos com "o carrinho zero" e deixar os filhos sem formação adequada. "Grande LULA"!

 

Ou eu encontro um caminho ou eu o faço! Philip Sidney.