Fabricante de PCs diz que Windows 8 tem baixa procura

Por Edsonmarcon

Windows 8 tem baixa procura, diz fabricante de PCs

Vai encalhar . . . . 

Do Portal Terra

Fabricante de PCs reclama de baixa procura por Windows 8

O presidente da fabricante de PCs japonesa Jujitsu, Masami Yamamoto, afirmou que a companhia não alcançará sua meta anual de vendas de computadores pessoais em meio à fraca demanda pelo Windows 8, mais recente versão do sistema operacional da Microsoft. O executivo disse a jornalistas que a estimativa de 7 milhões de unidades não será alcançada, e as vendas até 31 de março devem alcançar 6 milhões. As informações são da Bloomberg.

Yamamoto disse que o apetite inicial dos consumidores para o software lançado em outubro é "fraco". As vendas de computadores com Windows caíram 21% nas quatro semanas após o lançamento em comparação com o mesmo período do ano anterior, indicou uma pesquisa da consultoria Port Washington.

A Microsoft, no entanto, afirmou em novembro que vendeu 40 milhões de licenças do Windows 8 desde o dia do lançamento. A executiva-chefe financeira e de marketing do negócio Windows, Tami Reller, disse que o novo sistema operacional está superando as vendas do Windows 7 no mesmo período.

Nenhum voto
8 comentários
imagem de antonio francisco
antonio francisco

Tenho a secreta esperança de que a Microsoft se acabe totalmente, se possível já em 2013.

Liberdade ainda que de tardinha, como diziam os inconfidentes mineiros (rsrsrs!)

 
 
imagem de Ivan de Union
Ivan de Union

Fazer do SO de um computador desktop um tablete eh absurdo!  Tira funcao apos funcao e nao devolve muita coisa.  O Windows 8 eh uma favelizacao.

 
 
imagem de alessandroduarte
alessandroduarte

Há SOs que já nascem póstumos - Friedrich Nietzsche sobre windows 8

Saia da escravidão:

http://www.ubuntu.com/

http://www.mageia.org/pt-br/

http://fedoraproject.org/pt_BR/get-fedora

http://www.debian.org/

http://pt.opensuse.org/Bem-vindo_ao_openSUSE.org

 

Alessandro B. Duarte (Usa GNU/Linux) http://static.fsf.org/nosvn/associate/fsf-10698.png

 
imagem de Maxwell Barbosa Medeiros
Maxwell Barbosa Medeiros

Liberdade não deveria ser o principal argumento para usar o linux. Deveriam focar o sistema para ser fácil de usar, com grande variedade de programas, e com forte suporte de fabricantes.

O único Línux que deu certo, comercialmente falando, a meu ver, foi o android.

 

 
 
imagem de alessandroduarte
alessandroduarte

Não concordo... para mim, a principal vantagem que deve ser enfatizada é a liberdade. Foi isso que Stalmann denunciou quando "inventaram" o open-source movimento: excluir a questão ideológica do debate. E é isso que está acontecendo hoje em dia: pessoas usando GNU/Linux sem ter a mínima noção das 4 liberdades e pior, enchendo o sistema de software proprietário por meio da utilização do wine. As figuras usam ubuntu, instalam o wine e com ele o tal do "fotoshop", o office, etc. Quando mencionamos que há o gimp, libreoffice, eles sustentam que têm a liberdade de instalar e usar qualquer software (seja livre, seja proprietário), subvertendo o conceito de liberdade no software livre. Por isso desisti de participar de comunidades "linux".

 Não uso flash. Por exemplo, não consigo ver o vídeo que posto abaixo. Contudo, posso visualizá-lo usando o minitube, que é um programa livre

http://www.youtube.com/watch?v=vDS0AQZJFGo

Re: Fabricante de PCs diz que Windows 8 tem baixa procura
Re: Fabricante de PCs diz que Windows 8 tem baixa procura
 

Alessandro B. Duarte (Usa GNU/Linux) http://static.fsf.org/nosvn/associate/fsf-10698.png

 
imagem de Edsonmarcon
Edsonmarcon

fácil de usar  --  OK

com grande variedade de programas     --     OK

e com forte suporte de fabricantes   ----   Isso só depende do fabricante. Ele pode colocar Linux nos computadores, vender e dar suporte aos clientes. O que acontece é que, por comodidade, eles colocam windows nos computadores e transferem o suporte para a microsoft.  O  Linux NÃO TEM uma grande empresa por trás para dar suporte, e as empresas que vendem hardware estão se lixando para os clientes -- veja o caso dos aparelhos com android vendidos por empresas que NUNCA atualizam o sitema dos dispositivos...

Que tipo de suporte vc quer? a MS corrige bugs, mas não ensina vc a usar o windows, por exemplo...

O android ¨pegou¨ justamente porque tem o Google dando suporte.

Se uma grande empresa quiser, é só pegar o Linux, instalar nos computadores e dar suporte depois. Empresas menores fazem isso, como Canonical (Ubuntu), Red Hat, Mandriva, SuSE, etc.

 

 

 

¨Liberdade é a liberdade dos que pensam diferente¨ -- Rosa Luxemburgo

 
imagem de alessandroduarte
alessandroduarte

Bem, isso já mudou bastante. Foi-se o tempo que para fazer um hardware funcionar tinha que recompilar kernel, fazer mil e uma gambiarras... chipset intel, nvidia e ati são reconhecidos de primeira. Meu laptop é um acer, chipset intel que veio já com GNU/Linux. Instalei o debian e todo hardware foi reconhecido sem a necessidade de colocar no sources.list o repositório non-free. Meu Desktop que montei esse ano é chipset ati (amd). Novamente, hardware reconhecido sem a necessidade de non-free (apenas a maldita bios é proprietária: há o coreboot, mas é incompatível com minha placa-mãe).

 

Alessandro B. Duarte (Usa GNU/Linux) http://static.fsf.org/nosvn/associate/fsf-10698.png

 
imagem de Roberto Weber
Roberto Weber

Tenho um HP Pavilion dv6 3080br adquirido em janeiro de 2011. Comprei o Windows 8 em outubro passado e até agora não existem drivers de vídeo e de reconhecimento de digitais que funcionem no novo, me desculpem, "ruimdows". Acho que isto ajuda a explicar, em parte, a baixa procura pelo mesmo.

 
 

Postar novo Comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.
CAPTCHA de imagem
Digite os caracteres exibidos na imagem acima.

Faça seu login e aproveite as funções multímidia!