Mídia digital e seu papel como escudo contra a desinformação

Sugestão de Adamastor

Do Diário do Centro do Mundo

Lula foi salvo pela mídia digital

Paulo Nogueira

Nem Getúlio e nem João Goulart tiveram um contraponto ao ataque selvagem da imprensa.

Lula está certo em saudar a internet

Lula está certo em saudar a internet

Lula, com razão, deu ontem graças a Deus pelo aparecimento da internet, “nossa mídia”.

Não que a internet seja dele, ou do PT. Mas o fato de que a mídia digital não é controlada pelos suspeitos de sempre – Marinhos, Frias, Civitas, Mesquitas – é de fato alentador não apenas para Lula mas para a democracia.

No Brasil, os interesses privados da mídia desestabilizaram, ao longo da história, mais de um governo que não fizesse o que o chamado 1% queria que fizesse.

Jango, em 1964, foi derrubado. Antes dele, em 1954, Getúlio foi levado ao suicídio.

Não havia o contraponto que a internet oferece. A sociedade era manipulada sem a menor cerimônia.

Lacerda falava no “Mar de Lama” de Getúlio, e todos reproduziam. A maneira mais canalha e mais barata de atacar governos de esquerda é pelo lado da “corrupção”.

Os cidadãos mais influenciados pelo noticiário são levados a crer que o que existe na política é uma roubalheira, e que tirando o partido do poder o problema estará resolvido.

Quem mais fala em corrupção à luz do sol em geral é quem mais à pratica na sombra. Nos últimos anos, as empresas de mídia, por exemplo, levaram a sonegação de impostos ao estado da arte enquanto bradavam em manchetes sermões moralistas e mentirosos.

Mas o que você pode fazer quando todos os microfones estão com os outros?

Getúlio Vargas, num gesto inteligente e ao mesmo tempo desesperado, tentou criar uma alternativa à voz ultraconservadora dos barões da imprensa.

Ajudou o jornalista Samuel Wainer a lançar a Última Hora, jornal voltado para os interesses populares. Mas foi uma voz solitária contra a de uma matilha.

Carlos Lacerda, o Corvo, o desestabilizador mais estridente, começou a atacar Wainer por não ter nascido no Brasil, o que contrariaria a lei que rege a propriedade de mídia no Brasil.

(Ninguém, mais tarde, reclamaria do fato de a família Civita não ser originária do Brasil, excetuados os Mesquitas aristocráticos, porque ali estava mais uma voz da turma.)

Sob as condições em que foram caçados Getúlio e Jango, é presumível que Lula não tivesse resistido ao assédio.

Imagine o circo do mensalão sem o contrapeso da mídia digital. Provavelmente teríamos hoje um presidente chamado Joaquim Barbosa, a serviço do 1% e comprometido com a Globo e tudo que de maléfico ela representa.

Por isso Lula deve ser mesmo grato à internet. E não apenas ele, mas todos aqueles – petistas ou não – que anseiam por um país menor desigual e injusto do que aquele que a elite representada pelas famílias da mídia impuseram aos brasileiros.


Nenhum voto
8 comentários
imagem de hc.coelho
hc.coelho

A midia digital corre grande risco. "Eles" farão  tudo para derrubá-la, esperem. A única esperança é que "eles" despareçam antes, como parece estar acontecendo.

A sociedade tem que achar meio para impedir que estes bandidos do pig comandem o país. Já basta o que fizeram no passaso e continuam fazenso e a desgraça que causaram.

 
 
imagem de Marcel Santo
Marcel Santo

essa comparação e falsa, Lula jamais teve uma imprensa de oposição com o prestigio e a credibilidade que tiveram Getulio e Jango!  Lula jamais teve um critico como Carlos Lacerda!

 

Lula tem uma imprensa mediocre e que perde credibilidade dia a dia!  

Getulio e Jango, jamais tiveram uma internet para difundir suas versões e espalhar contra-ataques em direção aos seus adversarios como o Lula tem!!!

Getulio se matou porque um subalterno dele cometeu um crime que mesmo que ele não tenha ordenado, ele sabia que seria atribuido a ele!  Lula teve seus assesores e companheiros proximos acusados de corrupção e nem sequer foi ouvido pela justiça para apresentar sua versão!

A vida tem sido facil para o Lula no poder!!!!

 
 
imagem de Cafezá
Cafezá

"Lula, com razão, deu ontem graças a Deus pelo aparecimento da internet, “nossa mídia”."


A mídia digital como escudo contra a desinformação começou durante a campanha para a presidência de 2002. Depois daquele período, os pioneiros que incansavelmente criaram o escudo morreram, estão todos mortos.

 
 
imagem de Walter Serralheiro.'.
Walter Serralheiro.'.

 

Esta notícia encaixa direto aqui: Do facebook da Ivana Bentes, diretora da ECO/UFRJ:

"O Globo defende verbas oficias e verbas publicitárias do governo apenas para a sua empresa e para a midia corporativa" e "Repórter Chico Otavio de O Globo censura e omite as criticas contra empresa em que trabalha no seu texto" Essas poderiam ser as manchetes do lado de cá para a reportagem malversada de O Globo publicada neste domingo que resumiu uma reunião de mais de 3 horas sobre midiativismo na manchete "Ninjas querem verba oficial para sobreviver". 

 

Ou seja demonizam e reduzem uma das maiores demandas da Midia Livre, democratização das verbas publicitarias do governo e políticas públicas para a midia independente em algo "suspeito" e condenável, e isso numa reunião em que se falou de crowdfunding e inumeras outras formas de financiar os commons e ações autônomas de produção de midia.

 

O repórter critica na matéria a "parcialidade" da Midia Ninja que comemora a tomada da Alerj ao vivo assumindo sua vocação de midia de causas e de disputa de mundos, mas CENSURA toda a saraivada de criticas feitas na reunião a forma como a Globo e outros veiculos manipulam a opinião pública, ou seja omite as criticas a empresa em que trabalha!!! Essa é a midia "imparcial" que defendem : ) 

Na quarta feira passada o repórter de Chico Otavio me ligou perguntando se podia ir na reunião aberta do Ninja na ECO/UFRJ e se não seria "hostilizado" tendo em vista que a midia corporativa e a empresa onde trabalha é uma das pautas dos protestos e das manifestações em todo o Brasil. 

Lembrei que a reunião era aberta, em um espaço público e transmitida on line. Ele foi mas se manteve "incognito" sem se apresentar para o grupo de mais de 100 pessoas que debateram as manifestações, a midia livre, a disputa de narrativas e a crise dos mediadores clássicos, entre eles os jornalistas. 

A matéria tem erros factuais, como atribuir a sede da Universidade das Culturas, onde são feitas as reuniões do Midia Ninja como um espaço da ECO/UFRJ e da "Universidade das Quebradas" (!!!!!) quando se trata de uma sede do Fora do Eixo. 

E a matéria acaba com uma estranhissima suposição que quando grupos como o Midia Ninja surgem assim como as centenas de coletivos que produzem discursos diversos e heterogeneos e criticam a imprensa e a midia corporativa é "a democracia que está em risco" .

 

|_|0|_|
|_|_|0|
|0|0|0|
Bendita a verdade bem dita, que no Brasil é sempre "Uma Verdade Inconveniente"
https://www.facebook.com/wserralheiro

 
imagem de Lucas-SP
Lucas-SP

Ué, por que o Lula está tão feliz com a Internet, depois das investidas das redes sociais na política a popularidade do governo despencou. Também, nos blogs onde não há controle de opinião os contrários ao PT e ao governo, como o 247,  são de longe a maioria. Por que tanta felicidade de Lula?

 
 
imagem de Marco St.
Marco St.

Essa imagem é tão perfeita!...

Re: Mídia digital e seu papel como escudo contra a desinformação
 

"Que tempos são estes, em que é necessário defender o óbvio?" Bertolt Brecht

 
imagem de André Sousa Bastos
André Sousa Bastos

Da série Imagens que valem mais do que mil palavras, disse tudo.

 
 
imagem de lenita
lenita

Excelente Paulo Nogueira ! E viva Nassif, Viomundo, O cafezinho, Conversa Afiada, O Tijolaço , Carta Capital e outros que não me recordo no momento.

 

mariah

 

Postar novo Comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.
CAPTCHA de imagem
Digite os caracteres exibidos na imagem acima.

Faça seu login e aproveite as funções multímidia!