Débitos não autorizados são a principal queixa contra bancos

Sugerido por antonio francisco

Da Agência Brasil

Débitos não autorizados são a principal reclamação de clientes de bancos, diz BC

Kelly Oliveira

Brasília – O número de reclamações de clientes contra bancos chegou a 2,335 mil em julho, informou hoje (15) o Banco Central (BC). Em junho, chegaram ao BC 2,406 mil queixas sobre serviços bancários. A maioria das reclamações (397) registradas no mês passado foi por causa de débitos não autorizados em conta. Em junho, o débito não autorizado já tinha sido a principal queixa dos clientes, com 413 registros.

Em segundo lugar, ficaram as reclamações sobre a prestação irregular do serviço de conta salário (390), seguidas pelas contestações de cobrança de tarifas de serviços não contratados (222).

No mês passado, no ranking de reclamações com resultado ponderado pelo número de clientes por instituição, o banco que mais recebeu reclamações foi o Santander, com 611 casos considerados procedentes pelo BC. Em junho, o Santander já tinha liderado a lista, com 557 reclamações procedentes.

Nessa lista, o Itaú ficou em segundo lugar no mês de julho, com 335 reclamações, e o Banco do Brasil, em terceiro, com 422 casos julgados procedentes.

Em nota, o Banco do Brasil informou que aproveita as manifestações de seus clientes e usuários como subsídio para a melhoria de produtos, serviços e do atendimento. De acordo com a nota, nos últimos três meses, a quantidade de demandas do BB apresentadas ao Banco Central caiu 25%.

A insatisfação com serviços e produtos oferecidos por instituições financeiras pode ser registrada no Banco Central. Segundo a autoridade monetária, as reclamações ajudam na fiscalização e regulação do Sistema Financeiro Nacional. O BC recomenda que a reclamação seja registrada, primeiramente, nos locais onde o atendimento foi prestado ou no Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) da instituição financeira.

De acordo com o Banco Central, o cidadão pode ainda recorrer à ouvidoria da instituição, que terá prazo máximo de 15 dias para apresentar resposta. Os clientes bancários também podem buscar atendimento no Procon e recorrer ao Poder Judiciário.

Edição: Nádia Franco//Matéria alterada às 15h32 para correção no terceiro e quarto parágrafos: em julho, o Banco do Brasil foi o terceiro no ranking de reclamações com resultado ponderado pelo número de clientes por instituição, e não o segundo, como tinha sido publicado/O texto foi ampliado às 16h para incluir nota do BB


Nenhum voto
6 comentários
imagem de Antonio Carlos Ramos
Antonio Carlos Ramos

Olá, Todos!

A grande pergunta que fica: o que o Banco Central faz contra o roubo dos bancos. Cobrar por serviçosnão solicitados é roubo.

 

Antonio 

 
 
imagem de Rogerio Martins
Rogerio Martins

Essa semana o BB fez a revelia, dois pagamentos sem a minha autorização. Hoje pela manhã constatei outro.  A coisa tá ficando complicada.

 
 
imagem de antonio francisco
antonio francisco

http://www.reclameaqui.com.br/6043627/banco-do-brasil-s-a/realizaram-debitos-em-minha-conta-sem-autorizacao-e-o-bb-diz/

É mais ou menos assim que este tipo de débito ocorre?

 
 
imagem de Rogerio Martins
Rogerio Martins

Não. No meu caso a conta é pessoa física.

 
 
imagem de Dulce (Madame X)
Dulce (Madame X)

"Nessa lista, o Itaú ficou em segundo lugar no mês de julho, com 335 reclamações,"

E olha que "se diz" o Banco ético...

Outro dia estive em uma agencia do Itaú, do qual não sou correntista, para depositar na conta de terceiros R$440,27 (quatrocentos e querenta reais e VINTE SETE CENTAVOS). Para "facilitar o troco", o caixa pediu-me R$0,50 (CINQUENTA CENTAVOS). Deu-me de troco, dos R$440,50 ..0,20 (VINTE CENTAVOS).

Aguardei o recibo do depósito e verifiquei que tinha depositado o valor exato de R$440,27. FALTAVAM NO MEU TROCO TRÊS CENTAVOS, que questionei e disse ao caixa que se tivesse me avisado que NÃO TERIA PARA ME ENTREGAR, AO MENOS EU APROXIMARIA O VALOR DO DEPÓSITO PARA IR PARA ALGUÉM QUE CONHEÇO, E NÃO PARA O CAIXA GERAL DOS LUCROS DO BANCO ITAÚ. PALAVRAS MORTAS...E SORRISO AMARELO.  

TRÊS CENTAVOS "confiscados" de uma brasileira contribuinte, por um banco particular. MULTIPLIQUE ISSO PELA POPULAÇÃO BRASILEIRA (CADA CLIENTE QUE VAI A ESTE BANCO) E VEJA A PEQUENA FORTUNA "NÃO CONTABILIZADA". ONDE ESTÃO MEUS TRÊS CENTAVOS ?? NO CARIBE, "NA REDE", NA NATURA, OU NA PQP ??? ;( 

 

 
 
imagem de BRAGA-BH
BRAGA-BH

A taxa de manutenção de conta é um roubo. Eu pago ao banco para ganhar dinheiro emprestando o meu dinheiro!!

 

Deixar ir não significa desistir mas aceitar que há coisas que não podem ser!

 

Postar novo Comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.
CAPTCHA de imagem
Digite os caracteres exibidos na imagem acima.

Faça seu login e aproveite as funções multímidia!