Que país é este?

 

Coincidência ou não, a música do Legião Urbana se hospeda rotineiramente na novela Insensato Coração da Rede Globo de Televisão.E ecoa:

" Nas favelas, no senado, sujeira pra todo lado, ninquém respeita a constituição, mas todos acreditam no futuro da nação."

Numa das cenas desta novela o banqueiro Cortês entrega uma mala de dinheiro a uma “alta autoridade de Brasília” com a finalidade de impedir o andamento do processo que enfrenta na Justiça.
Um dia depois o banqueiro recebe a notícia de que o processo foi arquivado por falta de provas e ele comemora.

Noutra cena o "brilhante" banqueiro  trava uma intrigante e inédita batalha com um blogueiro “sujo”.

O argumento do blogueiro é simplesmente impecável:

"O senhor não foi inocentado de nada. As investigações pararam porque o juiz encontrou uma falha técnica na obtenção de provas pela polícia. Isto é bem diferente de provar a lisura dos seus investimentos."

Depois do banqueiro dizer:  

- Estou aqui para dizer a vocês que não existe nenhuma prova contra mim. O caso está encerrado.

Isto pode estar antecipando imaginariamente uma real trama bombástica travada nos bastidores da Nação.

A sequência da fala transcrita entre a briga do blogueiro e o banqueiro na novela aponta para o próximo round constitucional e juridico que se esboça por aí.

O blogueiro aponta para um notável argumento jurídico

- Não, o caso não está encerrado. A justiça considerou que houve um problema com as provas. Foi um problema técnico. não significa que o senhor não tenha cometido um crime.

Este argumento pode ser a dica para os defensores da Satiagraha usarem num momento posterior que os seguidores do Exc. Sr. Macabu sepultarem a Satiagraha no STF.

 A popularização desses fatos pode precipitar acontecimentos estarrecedores para a República Federativa do Brasil.

 As matérias referentes ao episódio mais emblemático do Brasil que saem paralelamente na revista do mesmo grupo, podem estar preparando o público para aquilo que só a Época sabe e pode informar sobre as negociações que consolidaram a fusão da Br Telecom e a Oi. Esta arquitetura constitutiva da maior empresa de telefonia fixa do país,a BrOi, faz parte das investigações da Satiagraha. Muitos analistas políticos a qualificam como a plataforma P36 do governo Lula e, diretamente, também da ex- Ministra Chefe da Casa Civil Dilma Roussef, atual alvo da artilharia .  

A banda livre das doações do banqueiro ( se esta existir no Brasil )  que se aliam a trupe neoliberal não conseguem fazer oposição ao governo. Derrubar a República com as informações que têm da operação Satiagraha pode ser a melhor opção.

As doações ilegais de campanha podem ser o alvo desta trupe, que está de olho no futuro de nossa nação, futuro repleto de plataformas.

Tomara que não seja isto.

 

 

Nenhum voto

Postar novo Comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.
CAPTCHA de imagem
Digite os caracteres exibidos na imagem acima.