Anastasia, o pássaro azul da oposição

Coluna Econômica

É conhecida a lenda do pássaro azul da felicidade. A pessoa sai pelo mundo atrás do pássaro e acaba encontrando-o na porta da própria casa.

O PSDB exorciza fantasmas, como José Serra, e aposta em miragens, como Aécio Neves, que tem méritos como negociador político, mas de cujas idéias sobre temas nacionais nada se sabe, porque provavelmente não as tem.

Ontem, participei da XV Conferência Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais, 900 pessoas reunidas em Florianópolis. Antes de mim falou o governador mineiro Antonio Anastasia. Encantou a platéia com sua fluência, objetividade, visão dos problemas nacionais, exposta sem dogmatismo e com uma clareza ausente na maioria dos candidatos a campeões nacionais.

***

AssiAssim como a presidente Dilma Rousseff, é um apaixonado por modelos de gestão, mas não com a visão tecnocrática que vê a gestão como substituta da política. Gestão é um conjunto de ferramentas que ajudam a implementar da melhor maneira as decisões políticas.

***

Por exemplo, um dos temas recorrentes do encontro foi o do chamado conflito de competências entre União, estados e municípios. Foi mencionado o descompasso entre o Minha Casa, Minha Vida, programas estaduais e municipais de habitação. Como resolver?

Cobraram-se também as chamadas reformas estruturais - política, tributária.

A resposta de Anastasia é que apenas depois de definida a gestão, seria possível se avançar nas demais reformas, pois aí se teria uma visão clara sobre o papel de cada ente e os recursos necessários.

***

Na minha apresentação procurei detalhar esses pontos. PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) e as conferências nacionais se constituem em aprendizado precioso para desenvolver um novo modelo federativo.

Cabe à União ouvir todas as partes, começando pelas demandas municipais. Cada município precisa realizar sua própria conferência, através dos conselhos municipais Depois, os estados juntam os conselhos municipais em uma conferência estadual. Finalmente todos os estados se reúnem em uma conferência nacional.

Nesse trajeto será possível identificar o que são pontos centrais de política publica e o que são os pontos específicos de cada região. Em cima disso, a União define as diretrizes gerais e as especificas, a serem trabalhadas por cada estado e município.

***

No fundo, trata-se do aprimoramento do processo democrático, o desfecho de um longo processo de organização da sociedade civil, inaugurado pelo mais importante evento político do Brasil moderno: a Constituinte de 1988.

***

Anastasia transita por todos esses temas com a segurança de quem acumulou um vastíssimo conhecimento sobre o setor público, desde seu inicio, como funcionário da Fundação Joao Pinheiro, em Minas, e como jovem secretario-geral do Ministerio da Justiça.

Fosse uma convenção de partido político, suas opiniões sintéticas, claras sobre saúde, educação, segurança e emprego constituiriam, por si, uma carta programática, muito mais objetiva que as firulas de alguns cardeais do partido.

***

A politizacao excessiva da mídia do eixo Rio-São Paulo não escondeu apenas os avanços registrados nos últimos anos na gestão publica federal, mas também em estados como Minas, Pernambuco e Espírito Santo. 

Nenhum voto
57 comentários
imagem de @souzaewagner
@souzaewagner

É a profissionalização do serviço público. Anastasia representa o Gestor púiblico do futuro!

 
 
imagem de Kid Prado
Kid Prado

É o governo do mentirismo, tapeacismo e enganacismo, com a anuência e o apoio irrestrito e incondicional da 'mírdia' mineira, notadamente das tv's Globo,  Band e da Rádio Itatiaia. Nesta, as matérias pagas são inúmeras em todos os noticiários, quase sempre com os mesmos repórteres devidamente treinados e orientados pela pauta permanente "eta governo bom, sô!" como diz, acredita e apoia o Chico Pedro...

 

Kid Prado

 
imagem de Chico Pedro
Chico Pedro

Os rumos do país, o bem estar da população..O dia-dia das cidades, estados, união, distrito federal..O mundo empresarial , o público..A qualidade da saúde, educação, segurança, transporte, meio ambiente..

Os representantes, a votação de leis, os sistemas jurídicos..

A infra-estrutura, construção de grandes obras, estradas, portos...As forças de segurança, o exército, a marinha...A maior floresta tropical, a mineração, a siderurgia, os aeroportos..A Copa do Mundo., as Olimpíadas.., o metrô, a praia e o mangue..

.

Caso alguém aqui saiba onde está o partido, os políticos e o conjunto de idéias que possa cuidar de todos eles com a devida competência que a realidade exige, gentileza apresentar. 

Hà uma profusão de políticas, programas, processos e atividades..Uma enormidade de coisas no dia dia de nossas vidas a tratar. Espectativas, desejos e sonhos..

Ocorre que não basta apenas sentir, ver, observar, estudar seus conceitos e características..

É preciso agir. E agir bem. Para os casos e problemas que dizem respeito a todos nós, ao nosso país, nossos estados, nossas cidades.

Assim a qualidade da comunicação é essencial..Sem ruídos...limpa, clara..Serena e tranquila.., A autêntica natureza do blog.

POis é muito em função de boas discussões e debates que iremos para a frente..Encontraremos bons caminhos..

Enfim, o que eu sinceramente desejo é isso. Um lugar com um ambiente sereno e amistoso..Onde podemos nos reunir com o espírito desarmado, generoso e cortez..

.

Sobre o tópico no blog do Azenha a respeito da corrupção, sugiro ao Nassa que o publique ou então atualize, por gentileza. Seria uma oportunidade muito boa pra mostrar o lado inescrupuloso do governo tucano em Minas.

.

Grande abraço.

 
 
imagem de Kid Prado
Kid Prado

Só mais uma dica para quem deseja saber algo mais que o Chico Pedro ainda não sabe. Clique aqui:

http://www.viomundo.com.br/voce-escreve/minas-sem-censura-a-boiada-passa-so-ai-anastasia-fecha-a-porteira.html

 

Kid Prado

 
imagem de dimitri
dimitri

Bom Nassif, até o passáro azul tem seus dias de cachorro sarnento. Veja o que nos diz o pessoal do Movimento Minas Sem Censura (frente parlamentar suprapartidária de oposição). No mínimo é para se refletir a respeito, e claro, o direito ao contraditório - até agora não vi o seu Blog dar uma chance ao MSC (no caso do Azenha vários textos foram postados).

Do site Minas Sem Censura (http://www.minassemcensura.com.br/conteudo.php?MENU=&LISTA=detalhe&ID=89)

A BOIADA PASSA E SÓ AÍ ANASTASIA FECHA A PORTEIRA

Depois de cobranças do MSC, Anastasia reage... atrasado e mal!

 

Depois várias cobranças dos deputados do Minas Sem Censura acerca de suas ilegais “designações” de chefes de autarquias, o governador tucano de Minas Gerais, Antônio Anastasia, apresentou o decreto 45.604 que, dentre outras exigências óbvias, impõe aos nomeados para cargos em seu governo a ridícula atribuição de se declarar “ficha limpa”, em até 30 dias após nomeação.

Ora, esse é um instrumento inadequado de regulamentação da “Lei Ficha Limpa”. Em Minas foi aprovada Emenda Constitucional, em Dezembro (EC 85) determinando que é por Projeto de Lei Completar (PLC) que se procederá sua regulamentação, e não por um simples decreto.

O governador tucano, mostrando senso de oportunidade publicitária e midiática, saudada com pompa pela mídia tucana estadual e nacional, comete – portanto - mais uma violência com a verdade e com os trâmites institucionais. Antes, é bom que se registre: semelhante proposta de Emenda Constitucional já fora aprovada na Assembleia Legislativa do Mato Grosso do Sul, de iniciativa do deputado Paulo Duarte (PT), com teor bem mais amplo bem mais “preventivo” e não teve a repercussão necessária. O governo tucano alega ineditismo onde não há. Exemplo de desonestidade política e intelectual.

Agora vem Anastasia colocando em movimento sua máquina de autopromoção.

Primeiro que, sendo governador em dezembro de 2010, poderia ter enviado um Projeto de Lei Complementar, regulamentando, em âmbito do estado, a citada EC. Não o fez e foi por pressão de sua própria base, que discutia os cargos que ocupariam ou indicariam. E o faz agora, pressionado pelas denúncias do MSC.

Segundo, ao arrepio de determinação da própria EC 85, ele apenas criou um “decreto”, com objetivo único: gerar um factóide. Um daqueles que notabilizaram a máquina de “produção da imagem” de Aécio Neves.

Mas ele poderia ter inovado. Ter destacado exigências preventivas, para evitar sustos depois de sentenças “transitadas em julgado”. Como na proposta do deputado petista do Mato Grosso Sul, que exige a aferição da “ficha limpa” no ato de nomeação. Mas preferiu não fazê-lo. Ou mesmo poderia ter acatado a EC 85 que veda, de plano, a nomeação de “ficha suja”. Ao contrário, nomeou alguns.

Há uma racionalidade em suas atitudes. Ele despreza o parlamento ao ponto de nem sequer nomear assessores qualificados para o assistirem na relação com o poder legislativo.

Os nomes abaixo relacionados integraram, integram ou foram convidados (e depois desconvidados) para compor as equipes de governo nas gestões Aécio/Anastasia. E o assombram agora. Acordos políticos prévios, costurados pelo então candidato a senador Aécio Neves impuseram vários vexames ao atual governador.

Como se verá, não são apenas “três” as escorregadas dos tucanos em Minas. Vejam alguns exemplos:

Ademir Lucas - (PSDB) Bens bloqueados (improbidade administrativa – Prefeitura de Contagem) – hoje diretor da Companhia de Abastecimento de Minas Gerais (COPASA)

Alexandre da Silveira - (PPS) Superfaturamento e pagamento indevido em obras rodoviárias em Rondônia – hoje é Secretário de Gestão Metropolitana do Governo Anastasia, pelo simples fato de que Aécio queria que seu suplente no PPS (Humberto Souto) assumisse uma vaga.

Edmar Moreira – (PR) O ex-deputado do Castelo – convidado a presidir a Minas Gerais Participações (MGI), foi publicamente “desconvidado” depois de denúncia.

Elmiro Nascimento – (DEM) Improbidade administrativa. Ação Civil Pública para que ele devolva 450 mil reais aos cofres públicos, por ter desviado funcionários de seu gabinete parlamentar para uma empresa privada. Hoje é Secretário de Agricultura.

Humberto Candeias – (PSL) Ex-presidente do Instituto Estadual de Florestas (por sete anos dos dois governos de Aécio Neves). Acusado pela Polícia Civil e Ministério Público de ter liderado um esquema que rendeu 12,5 milhões de Reais, envolvendo uma variedade de crimes: extorsão, fraudes, improbidade etc.

Manoel Costa – (PDT) Titular da Secretaria Extraordinária da Reforma Agricultura e pessoas acusadas de cessão e uso irregular de terras públicas. Valor bloqueado das contas dele e demais acusados: 22 milhões de Reais.

Shelley Carneiro – (PSDB) Ex-secretário adjunto do meio ambiente, gov Aécio. Improbidade administrativa à frente da respectiva secretaria (hoje assessora da CNI).

Tadeu Mendonça – (DEM) Ex-prefeito de Três Pontas, condenado pelo TCU: improbidade administrativa. Ocupa o cargo desde o governo Aécio Neves, para o qual foi convidado a permanecer pelo governador Anastasia (a presidência do Instituto de Metrologia e Qualidade - IPEM). Exonerado, depois de denúncia da imprensa.

Wellington Magalhães – Ex-vereador (PMN), cassado por compra de votos. Nomeado diretor da Administração dos Estádios (ADEMG) e demitido após denúncia.

 
 
imagem de Lauro Rocha
Lauro Rocha

Nassif nasceu com o Dom de se iludir com tucanos.

 
 
imagem de Aécio Souza
Aécio Souza

Nassif, permita-me discordar de vc. Sou servidor público,professor da rede estadual a 10 anos; tinha dois cargos e pedi exoneração de 1 deles. Ninguém consegue suportar o que esse enrustido quer fazer.

Não se deixe enganar pelas aparências! Isso é lobo em pele de cordeiro. Não faça uma analise superficial, senão estará fazendo o que o PIG faz! Pesquise mais, veja as indicações que ele fez, veja quais são seus secretarios e subsecretarios escolhidos para dar vaga à suplentes, veja Eduardo azeredo sempre ao lado dele...por favor Nassif, pela admiração que tenho por você, não faça uma analise tão simploria, baseando-se apenas em um "discurso" pronto.

 
 
imagem de Anonimo
Anonimo

Nós mineiros, aparentemente, temos tido os melhores governadores do Brasil mas o estado está num marasmo total...

 

Comentário de: Zé da Silva Brasileiro

 
 
imagem de Alberto José
Alberto José

 Lenda do pássaro azul


Contavam os antigos moradores da Região, que nossa história começou com a vinda de homens corajosos que saíram da Vila de Nossa Senhora do Carmo dos Tocos, hoje Vila Paraguassú, em Minas Gerais.

Esses desbravadores procuravam terras brutas, nunca antes exploradas, para conquistá-las, na esperança de acumular riquezas e viver em tranqüilidade, isolados nas matas virgens cheias de mistérios e surpresas.

Contavam também que foi em 1845, que Luiz Antônio da Silveira pisou, pela primeira vez, o solo rio-pretense, trazendo cargueiros e escravos, juntamente com seu irmão Antônio Carvalho e Silva, e de seu amigo Vicente Ferreira Netto. Abriram vereda mato a dentro, desde Bebedouro do Turvo até as proximidade do local onde se ergue a cidade de São José do Rio Preto. Os recursos estavam acabando e a comitiva se deteve aí.

Os três amigos e aventureiros começaram a percorrer os arredores e foram se apossando das vertentes dos córregos que vão desaguar no Rio Preto, instalando então suas fazendas. Tomaram posse das vertentes do córrego Espraiado; da vertente ocidental do córrego “Borá”, e de todas as vertentes do córrego “Canela” e da margem oriental do córrego “Borá”.

Haviam conquistado terras boas para o cultivo com sobra de água para o gado e bom lugar para moradia. Mas, não estavam totalmente satisfeitos.  Queriam mais! Assim, resolveram, os três, levar suas explorações mais para o interior e completar suas posses no “Canela”.

Partiram num belo dia com esse arrojado propósito.

Depois de muito caminhar pela mata fechada, desnortearam-se e durante três dias a fio abriram picadas, sem encontrar o caminho de volta ao acampamento.

Exaustos, famintos e quase desesperados , rezaram a Deus com a mais ardente fé e contrição.  Invocaram seus santos padroeiros, fazendo-lhes a promessa de lhes doar um patrimônio nas terras que ocuparam, se viessem são e salvos, de tão dura aventura, para suas famílias.

Vicente Ferreira Netto  fez sua promessa a São Vicente Ferrer, Antônio Carvalho e Silva, à Nossa Senhora do Carmo, padroeira de Tocos, sua terra natal, e Luiz Antônio da Silveira a São José, santo de sua devoção.

Contavam os antigos, que nessa hora, quando ainda estavam ajoelhados, rezando com muito fervor, apareceu um belo pássaro azul que se pôs a voar aos redor dos três, indo e voltando até eles, como a indicar-lhes um caminho. Eles se levantaram e receosos, mas cheios de esperança, começaram a seguir o belo pássaro que voava e cantava sem parar.

Caminharam muito tempo pela mata fechada e quando alcançaram um lugar já conhecido, o maravilhoso pássaro azul desapareceu.

Estavam livres do perigo de uma morte certa. Voltaram para casa e cada um deles cuidou em cumprir a promessa que fizeram, como sinal de gratidão aos seus protetores.

Contavam ainda, que eles passaram escrituras doando porções das terras que possuíam, mas apenas as dos irmãos Luiz Antônio da Silveira e Antônio Carvalho e Silva foram encontradas. A escritura de doação das terras que Vicente Ferreira Netto possuía na margem direita do “Canela”, porém, desapareceu. As outras deram origem aos patrimônios de São José e de Nossa Senhora do Carmo, que correspondem ao centro de São José do Rio Preto e ao bairro da Boa Vista.

De maneira simples, fica aqui registrada a Lenda do Pássaro Azul que marca o começo do povoamento da Região de São José do Rio Preto. A magia e a imaginação cercam o fato que os antigos conservaram na memória e transmitiram aos seus descendentes. Cada narrador enriqueceu-a de detalhes e fantasias. Afinal, quem  conta um conto aumenta um ponto.... 

Profª. Drª Nilce Lodi 
Membro do IHGG - SJRP

 

 

http://www.ihgg.org.br/HistLendaPassaroAzul.htm

 
 
imagem de Clério - MG
Clério - MG

Nassif,

concordo contigo quanto ao caminho que a discussão envolvendo políticas públicas deve percorrer, ou seja, devem ser iniciadas lá município com as demandas municipais, e no município, a discussão deveria perpassar cada rua de cada bairro. Propostas seriam sintetizadas de forma clara para serem apresentadas nas conferências estaduais para daí culminar na conferência nacional. O caminho de volta deveria ser o resultado da política pública em ação lá na comunidade, refletindo no município, no estado e no país.

Porém, o que vivenciamos no cotidiano é bem diferente. Falo agora diretamente de nossa militância aqui no município, Juiz de Fora-MG, na área da Segurança Alimentar e Nutricional. Estamos na etapa municipal que á mais espinhosa quando o manda-chuva de plantão - o prefeito - é de um partido de oposição ao Governo Federal. Uma das táticas mais usadas aqui em MG é trocar o nome de um programa do GF para transformá-lo em programa municipal. Enfim, quando-se tem nos conselhos municipais pessoas minimamente informadas sobre o tema que defendem, são taxadas automaticamente de oposicionistas, fatalmente a etapa municipal perderá em qualidade. Se os conselheiros fazem parte do círculo próximo ao mandatário local recebem todo o apoio, visto que as propostas serão manipuladas à vontade.

Um exemplo prático: Uma das principais propostas aprovadas em 2009 na I COMSAN de JF (I Conferência Municipal de SAN) foi  a elaboração de um diagnóstico para levantamento da situação nutricional no município. Só temos os dados da PENAD e do IBGE, mas quando queremos destampar o caldeirão no município, somos barrados e boicotados. Pois bem, após muitas idas e vindas, e claro, muito desgaste e tempo perdido, recebemos a notícia de que até o final deste ano teremos, assim esperamos, uma noção mais clara da situação. Inclusive usando a  EBIA (Escala Brasileira de Insegurança Alimentar). É mais fácil doar cestas básicas do que implementar programas sérios de erradicação da miséria. O pensamento político atrasado diz que o que rende voto é a miséria e a ignorância. Temos ainda um longo caminho pela frente até chegarmos próximos a realidade descrita no artigo. Reconheço os avanços, com certeza. Já participei de conferências em todas as etapas, assim como trabalhei na organização de tantas outras.

Parabéns por ter trazido o tema a baila mais uma vez. Sinto que o mesmo não desperta muito entusiasmo por aqui, mas é de suma importância na modernização de nossa engatinhnate e combalida democracia.

 

Abração

 
 
imagem de João Aguiar
João Aguiar

foi denunciado pelo Ministério Público desvios na aplicação de recursos da saúde de MG com transferências irregulares de mais de 3 bilhões para a Copasa e dali pra onde ninguém sabe, ninguém viu. isto na gestão passada, onde o Anastasia era vice e manda-chuva de fato e não se diz se a prática foi interrompida. AébrioNeves e Anestesia, o seu clone no governo estadual, juntos com Márcio Lacerda, o clone municipal ,não tem o menor interesse em gestão, que é a base da prestação dos serviços públicos. É injusto dizer que a situação chegou no ponto em que chegou na educação, na saúde e na segurança por conta dos últimos oito anos e meio, mas era tempo de corrigir as aberrações denunciadas pelas manifestações e greves de servidores, porque no abEstadinho não sai nada. 

O foco dos governo estadual e de BH são as obras baseadas no transporte individual para atender a avalanche de pobre comprando carro rs e a abertura de novas áreas para a especulação imobiliária, como os mega-investimentos imobiliários anunciados ao longo da estrada para o aeroporto de Confins, que conta com a assessoria do urbanista Jaime Lerner, ex-prefeito de Curitiba. A perspectiva de sediar a abertura da Copa!!!!!!! embala projetos de grandes vias a partir da zona norte da região da Pampulha e do Mineirão, mas  não se cogita de outro transporte coletivo além de ônibus, que mantém a sua frota precária e insuficiente para atender a demanda crescente.

O Curral D'El Rey não vai perder tão cedo o seu jeito de roça rastaquera e o Anestesia é a sua mais pura expressão. 

 
 
imagem de Gardenal
Gardenal

É a nova edição revista e ampliada do antigo "Choque Econômico", do "Ame-o ou deixe-o". Agora rebatizado com o o tucanoso título de "Choque de Gestão". Esse novo "milagre" proporcionou à COPASA, estatal que cuida de água, fazer os três milhões virarem pó.

 
 
imagem de José Vitor
José Vitor

Uma vez, muito tempo atrás, eu me encantei com o discurso do Gabeira, numa ao entrevista ao Roberto Dávila. Pois bem, com o passar do tempo fui perceber que o discurso do Gabeira era só isso, um discurso. Em outras palavras, o que vale não é o que se fala, é o que se faz. Portanto, discurso bonito que não vem acompanhado de atos é um discurso vazio, inútil. Só engana os ingênuos.

 
 
imagem de Alberto José
Alberto José

Para quem não é de Mineiro e quer entender a real situação de Minas assista o vídeo do deputado Antônio Julio que denúncia a real situação do estado.

http://www.youtube.com/watch?v=j4Os_9EDnis

 
 
imagem de Calvin
Calvin

A prova de que o PACtóide e o assembleísmo dessas milhares de conferências não funciona, foi a criação de mais uma instância de gestão, chefiada pelo Gerdau, à qual a gerenta impacienta disse ser o verdadeiro marco de seu governo (se houver um marco).

 
 
imagem de DanielQuireza
DanielQuireza

Que delirio. O PAC está a pleno vapor. E sempre foi prioridade para a Dilma, desde quando ministra. É que o governo não é limitado, só isso.

 

@DanielQuireza

 
imagem de Calvin
Calvin

A todo vapor como sempre a execução de investimentos foi no Brasil historicamente: menos de 2% do PIB. Pesquise.

 
 
imagem de Eduardo De Paula
Eduardo De Paula

Olha isso Nassif mais uma notícia boa vinda de Minas

19/05/2011 - 14h15

 

Governo de Minas proíbe 'ficha suja' em cargo de comissão

Publicidade

 

DE SÃO PAULO

 

O "Diário Oficial" de Minas Gerais publicou nesta quinta-feira decreto que proíbe a indicação de "fichas sujas" para cargo de comissão no governo estadual.

Os cargos de comissão incluem secretários, secretários-adjuntos e subsecretários, além dos nomeados para cargos diretivos nas autarquias, fundações e empresas públicas.

Anastasia só poderá nomear Fichas Limpas em Minas
Minas deve aprovar 'ficha limpa' para nomeações de Anastasia

Além do primeiro escalão, o decreto enquadra indicações que o governador faz para o Tribunal de Contas do Estado e as que envolvam até mesmo as listas tríplices, caso da Procuradoria-Geral de Justiça.

Segundo o decreto, estão impedidas as pessoas que já tiveram um mandato eletivo cassado ou foram condenadas pela Justiça Eleitoral.

Como na Lei da Ficha Limpa, o decreto barra ainda os condenados por um órgão colegiado da Justiça.

O texto traz restrições maiores do que a Ficha Limpa como a exclusão de donos de empresas falidas um ano antes da indicação.

A proibição vale também para quem foi excluído do exercício da sua profissão. Juízes e membros do Ministério Público aposentados compulsoriamente não poderão assumir.

O indicado não pode ainda ter, nos cinco anos anteriores, uma decisão contrária no Conselho de Ética do governo estadual em processo disciplinar.

O decreto, assinado pelo governador Antonio Anastasia (PSDB), começa a valer a partir de hoje.

Quem já exerce um cargo de comissão tem 30 dias para entregar declaração de que não está na lista dos impedidos pela norma.

A emenda à Constituição do Estado que permitiu a edição do decreto foi aprovada pela Assembleia Legislativa, por 64 votos a favor e nenhum contra, em dezembro do ano passado.

 
 
imagem de Otaviani
Otaviani

A propósito,um aviso,como ainda não tenho provas ,só indicios,mas algumas pessoas me relataram,e acaba de acontecer comigo uma provavel pratica danosa ao consumidor porparte da cemig,vem um funcionário retira seu relogio o analógico,coloca em seu lugar o novo modelo digital,e depois de uns 2 ou 3 meses voçe recebe um aviso de multa  afirmando que seu relógio estava adulterado(no meu caso foi de R$ 508,00).Entrei com minha defesa junto a empresa,por orientação de meu advogado (que foi vítima do mesmo problema e ganhou a causa na justiça).O que srprende é a cara de pau,pois minhas contas não tiveram quaisquer mudnças significativas que justificasem a tal multa.Isto tá me parecendo um golpe para o consumidor arcar com todo o onus da troca dos medidores,se colar colou.coincidencia no dia em que protocolava minha defesa na empresa,havia uma senhora que estava lá reclamanmdo a mesma coisa.Se conseguir reunir um número significativo de pessoas lesadas,talvez possamos levar este tipo de ocorrencia da empresa ao conhecimento do ministério público.No meu caso que moro em um edificio,poderiam alegar a falta do lacre,mas desde que aqui resido,13 anos,nuca tivemos lacre nos referidos medidores (segue fotos) então que profissionalismo é este,e mais depois que que os profissionais estiveram la(no predio,porque não fiscalizaram os outros,ou no mínimo deixaram o resto dos medidores em situação irregular,ou seja,continuam sem lacre,o meu é o 304,que agora possui o tal lacre),ou porque de escolherem o meu,qual critério?.fica o aviso aos consumidores.

Re: Anastasia, o pássaro azul da oposição
Re: Anastasia, o pássaro azul da oposição
Re: Anastasia, o pássaro azul da oposição
 
 
imagem de Eduardo De Paula
Eduardo De Paula

Existe realmente muitas fraudes em relógios. Se tiver sido feito algo errado com o seu o Técnico descobrirá, pode estar certo disso.

 
 
imagem de Otaviani
Otaviani

2 questões expostas por meu advogado,se adulterado provar que a empresa foi prejudicada,ou minha pessoa favorecida(as contas desmentem o fato),segundo se houve adulteração,provar que eu sou autor do delito,já que sou o 3º morador do imóvel,ecomo citei o meu advogado ganhou uma ação identrica,que aconteceu com ele.E mais uma fato,porquefiscalizou o meu e deixou os outros sem fiscalização,pois todos estão sem lacre como o meu,O critério? "Minha mãe mandou escolher este daqui".

 
 
imagem de Chico Pedro
Chico Pedro

O que mais me impressiona é a quase intransponível dificuldade que as pessoas tem de fazer uma avaliação moderada da situação.

Algo que seria "simples" ao levar em conta um pouco do que é bom e um pouco do que é ruim..

Aferram-se aos superficialismos e miudezas e pretendem daí alguma consistência. É uma coisa de assustar.

LÓGICO que há falhas no governo. Que cometem erros. Que no limite há casos de corrução e alguns devem ser até graves.

Que existiu/existe algum conluio entre órgãos da mídia, principalmente o Jornal Estado de Minas.

.

Mas jogar tudo no lixo é piada de mau gosto..."o governo se resume a..." "o governo não tem..."..

Me ajuda aí..

.

Basta comparar o que tínhamos antes, aquela zona completa de Newtons, Azeredos, e Itamares..

E ver hoje..

Dar algum crédito para os próprios valores do estado...Para instituições do tipo fundação João Pinheiro, INDG, FDC, UFMG..

Tem MUITA GENTE BOA aqui em Minas...MUITA.

Mas que muitos mineiros desconhecem por ignorância...Seria bacana um pouquinho de seriedade.., ou melhor, serenidade..

.

Do outro jeito vcs matam a chance do debate antes mesmo dele nascer. E isso não é bom para o ambiente, para criar um foro legítimo de troca de idéias.

Reconhecer que o adversário político poder fazer coisas boas é parte do jogo.

.

P.s:  não sou tucano

 
 
imagem de Kid Prado
Kid Prado

Ô Chico

Sua avó é uma senhora de idade que mora lá em Taubaté e tem uma neta chamada Poliana?

Não sei se v. ficou sabendo, mas como você gosta de se informar, leia esta:

http://www.viomundo.com.br/voce-escreve/minas-sem-censura-a-boiada-passa-so-ai-anastasia-fecha-a-porteira.html

 

Kid Prado

 
imagem de Kid Prado
Kid Prado

Você é tucano sim, senhor! Percebe-se facilmente.

Quanto a comparar o governo Aécio/Anastasia com os de Itamar, Azeredo e Newtão (v. se esqueceu do Tancredo!) é o mesmo que dizer que o (meu) Atlético Mineiro de hoje, é muito melhor que o Metalusina, o Meridional e o Flamengo de Varginha. E daí? A base da comparação é muito baixa.

Choque de gestão aqui em Minas foi o que os funcionários estaduais sofreram e sofrem indo trabalhar lá no Centro Administrativo Tancredo Neves (as pirâmides do Aécio Neves), além do Hospital Risoleta Neves, a caminho do Aeroporto Tancredo Neves.

 

Kid Prado

 
imagem de Chico Pedro
Chico Pedro

E vc compararia com o quê..? Com as práticas de governo da Súecia ou da Dinamarca..?

Quando vc avalia o governo Lula vc utiliza o governo do Francois Miterrand..?

.

Avaliar é estabelecer comparações. E talvez seja a melhor forma de compreender.

Não conseguiria entender as coisas se elas não tivessem sentido no tempo e no espaço..

.

Portanto, sim amigo, ouve um salto de qualidade.

Eram desorganizados, foram governos fracos, não deixam saudade..?

Sim.

Mas isso não torna válido perceber...que ouve um salto de qualidade. Ponto.

.

.

As pessoas tem apego ao rótulo..: "vc é tucano!!! logo se percebe!!!"

Como quem diz..: "Mãos ao alto, safado!!! te peguei com a boca na botija!!!"

Prá quê isso..?

.

Também torço pro Galo. E MUITO.

Jogaram bem a final. Temos uma safra que dará gosto, principalmente o menino Filipe Souto. 

Mas o adversário mereceu o título. Seus jogadores são melhores. Foram mais eficientes.

Pergunta..: Deixo de ser atleticano quando reconheço o valor do Cruzeiro..?

.

Há muita dificuldade de aceitar o que não corresponde às suas próprias idéias.

Parte-se do conceito que meu campo é o único e o verdadeiro no debate e todo o resto é menor ou insuficiente. 

.

Com todo respeito, o debate pode e deve ser mais elevado que isso.

Grande abraço.

.

P.s: a cidade administrativa é ruim para quem se desloca até ela..?

Sim, provavelmente, embora as condições de trabalho bem melhores..

Mas e para os comerciantes que fazem divisa com a construção..?

Ela foi boa..? Ela proporciona o desenvolvimento da região mais pobre da capital..?

.

O que é bom pra mim não significa que é bom prá maioria.

 
 
imagem de walter araujo
walter araujo

Chico,

Voce pode não ser.

Mas que parece, parece.

 
 
imagem de Chico Pedro
Chico Pedro

Tenho orgulho do meu estado bem maior que a média..

Leio todo santo dia pelo menos três clippings..(UFMG, Prefeitura de BH e Assembléia Legislativa)

Vou ao site do agências minas..

Tenho no favoritos sites de tudo que é tipo desde o Manuelzão até da Superintendência de Ciência e Tecnologia..

Faço sugestões e reclamo quando posso.

.

Se fosse do PT ou PSOL faria exatamente o mesmo..Talvez até um pouco mais.

Pois me considero de "centro-esquerda"

.

Gosto e sinto prazer em ver ações eficientes, boas idéias, pessoas que se dedicam..

E principalmente a transformação, o progresso.

.

Um ato da administração pode significar anos e anos de desperdício de recursos ou então do seu aproveitamento..

Atolar milhares de pessoas na miséria ou então melhorar sua condição de vida.

.

Nada é mais importante ou mais sério nesse mundo que as decisões políticas.

 

 

 
 
imagem de DanielQuireza
DanielQuireza

O Anastasia parece ter bem mais substancia que o Aécio. Só não sei se ele tem o rabo preso com a mídia, igual ao outro. Tomara que não.

 

@DanielQuireza

 
imagem de João siqueira
João siqueira

Em Minas, todos contam uma história do Aécio no Mater Dey (hospital) sendo tratado por causa de uma overdose.

A única coisa que eu ouvi falar do Anastasia é que o mesmo é homosexual.

Nenhuma das duas sabe-se é verdade, e a opção sexual do Anastasia só interessa para machões homofóbicos que tem dúvida da própria masculinidade. 

 
 

Postar novo Comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.
CAPTCHA de imagem
Digite os caracteres exibidos na imagem acima.

Faça seu login e aproveite as funções multímidia!