É algo a se considerar, sim,

imagem de Marcos Aarão Reis
Marcos Aarão Reis

É algo a se considerar, sim, uma aliança em torno do PT versus outra aliança em torno do PMDB, incluindo o PSDB. Imagina: Aécio elege-se para o senado, e se muda para o partido do tio, e ao invés de contestar-lhe o mandato, os tucanos ficam caladinhos. Para que isso se torne viável, basta que o PT eleja um bancada formidável, no Congresso. Aí, daqui a 5 anos, Aécio [PMDB-MG], se lançaria à Presidência da República. Resta saber se o PMDB se manteria intacto até lá. Sim, porque tal hipótese configura por suposto um completo realinhamento das forças políticas, desde as esquerdas às direitas.