Antonio Candido e o modo de vida do caipira

Por Maria Magnoni

Nassif,

Caipira que sou adorei o tema de hoje! Lembrei-me logo de livros ( esse povo professor é um problema!), e não é que achei um vídeo do Prof. Antonio Candido falando sobre ” Os parceiros do Rio Bonito” seu livro que é um clássico sobre o modo de vida do caipira paulista. Há também um outro importante estudioso do assunto, Osvaldo Xidieh, que publicou dois livros muito interessantes: Narrativas pias populares (1967) e Semana Santa Cabocla (1972).

Abraços.

Nenhum voto
15 comentários
imagem de Jair Fonseca
Jair Fonseca

Não, Elizabeth, só complementei a coisa ! Candido tem esse dom da clareza e da simplicidade que só acentuam sua articulação intelectual e erudição. Coisas de ótimo professor !

 
 
imagem de Elizabeth Lorenzotti
Elizabeth Lorenzotti

Jair, por acaso nao está pensando que eu critiquei meu professor preferido ao dizer da fala curta e simples???????

 
 
imagem de PAULO TADEU
PAULO TADEU

Carlos Eduardo nasceu em 1951 e morreu em 2007, filho do seo Zé Zanatta, lá do Country Club. Figura ímpar, belíssima, militante aguerrido e alma de menino. Foi vanguarda na luta pelo direito à informação e democratização dos meios.

 
 
imagem de Vivian S.
Vivian S.

Como é bom ouvir o professor Antonio Candido... lembra-me, com muito menos erudição porém bastantes articuladas, pessoas que conheci, quando trabalhei para projetos universitarios no Xingu, entre MT e o Para. Foi uma experiência maravilhosa, rica, gratificante e muito emocionante.

 
 
imagem de Paulo Fernandes
Paulo Fernandes

Eu realmente me emociono com esse homem: uma das maiores cabeças pensantes da história deste país, que quando abre a boca, seja pra falar do que seja, deixa um recado e um lembrete que engajamento e produção teórica não andam separadas, e quem tem medo de ideologia é parceiro do conformismo, o anti-rio bonito.

 
 
imagem de André Luiz da Silva
André Luiz da Silva

Putz. Fiquei muito triste. Justo os dois temas sobre os quais esperava prosear vieram à tona hoje. Cultura caipira e politicas culturais. Faço doutorado em antropologia, estudando politicas culturais e cultura caipira. Infelizmente não vai dar pra alonga a conersar hoje. Tomara que o tema volte ao ar por aqui. Só lembrando outros nomes que pesquisaram a cultura caipira: José de Souza Martins. Alceu Mainardy Araujo. Maria Isaura Pereira de Queiroz. Emilio Willems. Renato Queiroz. Carlos Rodrigues Brandão. Maria Sylvia de Carvalho Franco.

Também há uma nova geração defendendo dissertaçoes e teses nas melhores universidades do país. No site dominio publico ou nos sites das bibliotecas é possível baixar os rtabalhos mais recentes.

Sobre política cultural há bons trabalhos sendo desenvolvidos por grupos na UERJ e na UFBA. Trabalhos esporádicos na ECA-USP e na UNB. Com teses disponíveis para download também.

Espero poder em breve anunciar aqui a publicação da minha tese também. Oxalá Exu Destranca Tese permita!

 
 
imagem de Jair Fonseca
Jair Fonseca

"Uma fala curta e simples", sim, mas muito bem articulada. Além de justa, e digna. "Os parceiros do Rio Bonito" foi um dos primeiros livros de sociologia e antropologia a considerar os pobres no Brasil contemporâneo. Antes, a perspectiva (histórica) era a da Casa Grande sobre a Senzala, emblematizada pela grande obra de Gilberto Freyre. Salve Antonio Candido!

 
 
imagem de Elizabeth
Elizabeth

Uma fala curta e simples como esta do professor Antonio Candido vale para se esquecer todas as bobagens ditas na imprensa e na internet sobre o trabalhador rural.

 
 
imagem de luisnassif
luisnassif

Turma de 1950.

 
 
imagem de fernando borgatto
fernando borgatto

Ei Nassif, colega de Tiro só pode ser coisa de caipira, como eu e tu... era como falavamos lá em Botucatu.. colega de Tiro (de Guerra, por óbvio) as gentes da matrópole não conhecem o termo.

 
 
imagem de Ana Paola Amorim
Ana Paola Amorim

Se alguém reparou, a música do vídeo, "Calma Roceira", é do grande violeiro Ivan Vilela, também importante pesquisador da cultura caipira. Perfeito!

 
 
imagem de luisnassif
luisnassif

Zanata? Tive um colega de Tiro. Qual é a idade dele?

 
 
imagem de PAULO tADEU
PAULO tADEU

Há trinta anos, outro grande poços caldense, Carlos Eduardo Zanatta (Nassif, este cara vale um tema), ligou-me pedindo que fosse à casa do Prof. Antonio Cândido convidá-lo a integrar a primeira direção nacional do PT. Eu o conheci nesta oportunidade junto com o Prof. Edgar Carone. Sua simplicidade nunca escondeu sua alma caipira!

 
 
imagem de Jotavê
Jotavê

Qualquer hora dessas, um dos antropólogos do blog poderia falar um pouquinho sobre Câmara Cascudo. Estou lendo "Superstição no Brasil". Um monumento. E uma cachaça (bebida sobre a qual, aliás, ele tem um livro, que ainda quero ler). Uma espécie de James Frazer brasileiro, buscando conexões entre nossas crendices populares e as religiões da antiguidade. Uma erudição estonteante (como a que Antônio Cândido exibe na Formação da Literatura Brasileira), e um estilo delicioso.

 
 
imagem de Alexandre
Alexandre

Obrigado pelas dicas de livros com a mesma temática, vou garimpar nos sebos lá do centro. Já li "Os parceiros do Rio Bonito" três vezes, sempre com o mesmo entusiasmo.

 
 

Postar novo Comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.
CAPTCHA de imagem
Digite os caracteres exibidos na imagem acima.

Faça seu login e aproveite as funções multímidia!