imagem de Lilian Milena

Brasilianas.org discute modelo de desenvolvimento para o país

Autor: 

Hoje, a partir das 20h00, na TV Brasil, o programa Brasilianas.org recebe especialistas da academia e do mercado para analisar dados para fazer um panorama dos fatores positivos e negativos da atual conjuntura brasileira, aproveitando para responder, também, qual a visão deles em relação ao futuro do país.

Participe mandando uma pergunta que poderá ser selecionada ao vivo. Clique aqui!

Nas duas últimas décadas o Brasil melhorou seus índices de desenvolvimento humano, atraiu centros de pesquisa de multinacionais, tendo hoje o maior parque industrial da América Latina, mesmo em meio a todos os problemas econômicos que prejudicam o desempenho do setor produtivo. O que falta, então, para que o país consiga consolidar um ritmo de construção ascendente de uma nação mais moderna e em linha com os países de primeiro mundo?

Para responder essa e outras perguntas Luis Nassif recebe o diretor de Inovação e Tecnologia Corporativa da Braskem, Luís Cassinelli; e o livre-docente do departamento de sociologia da USP, Glauco Arbix. Não perca!
Leia mais »

Tags: 
Tags: 
Tags: 
Tags: 
Tags: 
imagem de Lilian Milena

Brasilianas discute os futuros setores produtores de inovação

Autor: 

Quais são os setores do futuro, que podem dirigir o Brasil para uma condição de desenvolvimento sustentável?

Especialistas e representantes do setor produtivo concordam que hoje o país dispõe de todos os instrumentos possíveis de apoio à inovação. Mas, para que o círculo virtuoso da ciência contribua com o desenvolvimento da sociedade, é preciso criar um ambiente de estabilidade para dar horizonte às empresas. Como superar esse desafio? Para tentar responder essa e outras perguntas voltadas ao tema, o apresentador Luis Nassif recebe hoje (27), a partir das 20h00, na TV Brasil, o diretor de Planejamento e Gestão da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (EMBRAPII), José Luís Gordon, o presidente da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) Luis Manuel Fernandes, e o coordenador-adjunto de pesquisa para Inovação FAPESP, Fábio Kon. Leia mais »

Tags: 
Tags: 
Tags: 
Tags: 
Tags: 
Tags: 
Tags: 
Tags: 
Tags: 

Como o presidente da Mercedes errou e culpou o Brasil

Por Luis Nassif
 
Observador atento e experiente do universo industrial, o economista Antônio Correa de Lacerda sustenta que o Brasil não perdeu atratividade do ponto de vista do investimento produtivo. Sua análise foi desenvolvida em palestra no 60o Forum Brasilianas, sobre a indústria.
 
O fluxo de investimento direto estrangeiro continua muito forte, entre US$ 60 a US$ 65 bi a cada ano. O Brasil permanece um dos cinco maiores absorvedores de investimento.
 
***
 
"A questão é: o que esses caras estão vendo que nós não vemos?", indaga ele.
 
O último relatório da UNCTAD sobre investimentos globais mostra o Brasil em quarto lugar. Não se trata do passado, mas do futuro. Na pesquisa prospectiva - sobre os países que as multinacionais irão investir nos próximos anos - o Brasil continua em 4o lugar.
 
Para Lacerda, parte dessa visão distorcida se deve à cobertura da imprensa, que reflete muito mais torcida que análise.
 
***
Tags: 
Antonio Corrêa de Lacerda
Tags: 
indústria
Tags: 
Fórum Brasilianas.org
Tags: 
investimento estrangeiro direto
Tags: 
Mercedes-Benz

Dilma e o pássaro azul da inovação

Por Luis Nassif

Se a presidente Dilma Rousseff está atrás de uma agenda positiva, não precisa sequer ir aos Estados Unidos procurá-la. Ela está bem à sua frente.

Esta foi a principal conclusão do 60o Fórum Brasilianas, que versou sobre Indústria e Inovação.

Trata-se do Sistema Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação, composto por um conjunto de instituições públicas e privadas, um marco legal avançado, atores mobilizados no setor público, na academia e nas empresas. Enfim, uma orquestra completa necessitando apenas de um maestro: a própria Presidente da República.

Em 1991 foi aprovada a Lei de Informática; em 2004, a Lei de Inovação; em 2005, a Lei do Bem. Em 2007, foi lançado o Plano de Ação em Ciência, Tecnologia e Inovação. Juntos, uma profusão de organismos de discussão, como o Conselho Nacional de Secretários Estaduais para Assuntos de C&I, o Conselho Nacional de Fundações de Amparo a Pesquisa.

*** Leia mais »

Tags: 
inovação
Tags: 
indústria
Tags: 
Ministério da Ciência Tecnologia e Inovação
Tags: 
Programa de Desenvolvimento Produtivo
Tags: 
Sistema Nacional de Ciência Tecnologia e Inovação

Brasil tem mais patentes em setores que vendem para o Estado

Por Lilian Milena Leia mais »

Tags: 
Patentes
Tags: 
indústria
Tags: 
inovação
Tags: 
P&D
Tags: 
Brasilianas.org
Tags: 
Fórum
Tags: 
60º

A defesa nacional e a nova geopolítica mundial

Por Luiz de Queiroz

A indústria brasileira de defesa passa por uma profunda reformulação. Depois de um período de investimentos nas décadas de 60, 70 e 80, quando o Brasil procurou desenvolver sua própria tecnologia militar, a base industrial de defesa foi esvaziada nos anos 90 e 2000. O fim da Guerra Fria acabou com a dinâmica produtiva e derrubou as exportações ao ponto de desmanchar a cadeia de valor.

Agora, com maior protagonismo internacional, o País ensaia uma retomada. As Forças Armadas, notadamente a Marinha e a Aeronáutica, têm projetos em andamento para absorver tecnologia estrangeira. Note-se o desenvolvimento do submarino de propulsão nuclear do Prosub e do caça supersônico Gripen NG.

A visão estratégica desses investimentos foi tema de discussão no 59º Fórum de Debates Brasilianas.org. Leia mais »

Tags: 
desenvolvimento
Tags: 
indústria
Tags: 
defesa
Tags: 
Gripen
Tags: 
PROSUB
Tags: 
soberania
Tags: 
Economia
Tags: 
tecnologia
Tags: 
inovação
Tags: 
59º Fórum de Debates Brasilianas.org

O submarino brasileiro e a retomada da indústria de defesa

Por Luiz de Queiroz

Nos últimos anos, a indústria brasileira de defesa tem ganhado maior atenção do governo federal, que sem interferir politicamente nos assuntos de segurança nacional está incentivando projetos inovadores.

Um exemplo disso é o acordo com a sueca Saab para desenvolver no Brasil o caça de quarta geração Gripen NG.

Leia também: A tecnologia de defesa e o caso Gripen

Outro exemplo é a parceria com o governo da França no desenvolvimento de quatro submarinos convencionais e um de propulsão nuclear, assunto que foi tema de debate no 59º Fórum de Debates Brasilianas.org. Leia mais »

Tags: 
indústria
Tags: 
política industrial
Tags: 
desenvolvimento
Tags: 
defesa
Tags: 
Defesa Nacional
Tags: 
soberania
Tags: 
tecnologia
Tags: 
inovação
Tags: 
Transferência Tecnológica
Tags: 
PROSUB
Tags: 
submarino de propulsão nuclear
Tags: 
externalidades positivas

Os caminhos da inovação nacional

Por Luiz de Queiroz 

Após anos de ajustes defensivos, período no qual se acreditou que custos e riscos baixos trariam qualidade e resultados rápidos para a atividade econômica, o Brasil vive um impasse. As possibilidades dessa abordagem já bateram no teto e especialistas entendem que chegou o momento de fazer um ajuste ofensivo, de custos e riscos mais altos, para trazer inovação.

Em geral, economistas e industriais concordam que a produtividade brasileira é baixa. Não apenas na mão de obra, mas também a produtividade do capital. Isso significa que é preciso investir mais para conseguir os mesmos resultados de outros países.

O assunto foi tema no 54º Fórum de Debates Brasilianas.org, realizado ontem (18), em São Paulo.

De acordo com José Paulo Silveira, diretor associado da Macroplan, o Brasil está com dificuldades para avançar nessa área. “Nos anos 80, a produtividade do Brasil e da Coréia eram iguais. Hoje, a Coréia é seis vezes mais produtiva. E a produtividade do capital brasileiro vem caindo”, diz. Leia mais »

Tags: 
inovação
Tags: 
indústria
Tags: 
serviços
Tags: 
Negócios
Tags: 
competitividade
Tags: 
Universidade
Tags: 
empresas
Tags: 
produtividade
Tags: 
Academia
imagem de Anônimo

As políticas públicas da indústria da saúde

Autor: 

Com o envelhecimento médio da população, a tendência é que a demanda por saúde no Brasil exploda nos próximos anos. De acordo com o Ministério da Saúde, em 2007, éramos o 10º país do mundo em consumo de medicamentos. Em 2012 já fomos o 6º. E até 2017 devemos ser o 4º.

No entanto, esse não é um setor que pode ser tratado apenas como mercado consumidor. A Constituição Federal brasileira prevê acesso universal e gratuito à saúde, o que faz do Brasil o único país do mundo que tem mais de 100 milhões de habitantes e busca garantir esse direito.

Na prática, no entanto, todos sabem, o serviço ainda está bem distante do ideal. O acesso primário à saúde em regiões distantes dos grandes centros só começa a ser garantido agora, com o programa Mais Médicos, do Governo Federal, mas ainda há uma profunda carência de atendimento nas especialidades, além do acesso a exames e cirurgias. Leia mais »

A pesquisa em petróleo e gás no Brasil

Por Luiz de Queiroz

Com as descobertas de petróleo na região do pré-sal, a Petrobras e o segmento de Oil & Gas vêm ganhando importância cada vez maior no desenvolvimento do País. O surgimento da nova demanda salvou a indústria naval, que estava abandonada e hoje emprega 82 mil trabalhadores. Mas esse protagonismo também criou uma necessidade de se aprimorar a destinação de recursos para pesquisa, desenvolvimento e inovação para que o setor possa dar os saltos tecnológicos necessários para manter o crescimento.

Desde 1999, a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), empresa pública ligada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), dispõe de um fundo setorial, o CT-Petro, para estimular a formação e qualificação de mão de obra e o desenvolvimento de pesquisas. A lei prevê que 25% dos royalties do petróleo e gás natural que excederem 5% da produção sejam destinados ao fundo. Com isso, até 2013 já haviam sido investidos R$ 8 bilhões no incremento das atividades de P&D e na expansão da infraestrutura de pesquisa do país. Leia mais »

Tags: 
Petróleo e gás
Tags: 
combustível
Tags: 
energia
Tags: 
indústria
Tags: 
investimentos
Tags: 
pré-sal
Tags: 
pós-sal
Tags: 
centros de pesquisa
imagem de Lilian Milena

Fórum: Centros de Pesquisa para o desenvolvimento tecnológico do Brasil

Autor: 

Dia 07 de outubro, em SP, evento reunirá especialistas para falar do crescimento do país através dos institutos de pesquisa

O desenvolvimento da sociedade brasileira requer a contribuição de lideranças da comunidade cientifica na efetiva difusão de conhecimento de suas áreas de especialidade. As pesquisas apresentam oportunidades para transformar a complexidade dos desafios e soluções em conhecimentos que possam beneficiar a curto ou médio prazo a sociedade. O fórum de debates "Os centros de pesquisa no país", organizado pelo Brasilianas.org, promoverá o encontro de especialistas para abordar os avanços e as dificuldades do setor de pesquisa no país e quais investimentos são necessários para o desenvolvimento de inovações.
Leia mais »

Tags: 
Tags: 
Tags: 
Tags: 
Tags: 
Tags: 

A importância do Gripen para o desenvolvimento tecnológico

As negociações do Brasil com a Suécia estão avançando e a expectativa das autoridades dos dois países é que até o início de dezembro seja assinado o contrato de desenvolvimento conjunto do jato Gripen New Generation. O projeto marca uma nova fase para a indústria nacional de defesa, que busca absorver a tecnologia estrangeira e conquistar mais autonomia.

Três modelos de avião participaram da concorrência do projeto FX-2, que busca modernizar a frota de aeronaves militares supersônicas da Força Aérea Brasileira (FAB): o americano Boeing Super Hornet, o francês Dassault Rafale e o sueco SAAB Gripen NG. Os três foram aprovados nos testes realizados pelos pilotos brasileiros, que simularam as necessidades operacionais da FAB. O Gripen foi escolhido, entre outros motivos, pela possibilidade de desenvolvimento conjunto. Leia mais »

Tags: 
indústria
Tags: 
tecnologia
Tags: 
defesa
Tags: 
militar
Tags: 
transferência de tecnologia
Tags: 
civil
Tags: 
aviação militar
Tags: 
aviacao civil
Tags: 
renovação de frota
Tags: 
Gripen
Tags: 
transbordo tecnológico
Tags: 
FX
Tags: 
FX-2
imagem de Lilian Milena

A importância do Gripen para o desenvolvimento tecnológico

Autor: 

As negociações do Brasil com a Suécia estão avançando e a expectativa das autoridades dos dois países é que até o início de dezembro seja assinado o contrato de desenvolvimento conjunto do jato Gripen New Generation. O projeto marca uma nova fase para a indústria nacional de defesa, que busca absorver a tecnologia estrangeira e conquistar mais autonomia.

Três modelos de avião participaram da concorrência do projeto FX-2, que busca modernizar a frota de aeronaves militares supersônicas da Força Aérea Brasileira (FAB): o americano Boeing Super Hornet, o francês Dassault Rafale e o sueco SAAB Gripen NG. Os três foram aprovados nos testes realizados pelos pilotos brasileiros, que simularam as necessidades operacionais da FAB. O Gripen foi escolhido, entre outros motivos, pela possibilidade de desenvolvimento conjunto. Leia mais »

Tags: 
Tags: 
Tags: 
Tags: 
Tags: 
Tags: 
Tags: 
Tags: 
Tags: 

A evolução da política de defesa, na visão do setor produtivo

Por Lilian Milena

Leia mais »

Tags: 
defesa
Tags: 
segurança
Tags: 
Estratégia Nacional de Defesa
Tags: 
END
Tags: 
indústria