Banco Mundial interrompe todos os seus projetos na Rússia e Bielorrússia

[ad_1]

Crise na Ucrânia: Banco Mundial interrompe todos os seus projetos na Rússia e Bielorrússia

Mais cedo, o banco havia anunciado que está preparando um pacote de ajuda de US$ 3 bilhões para a Ucrânia devastada pela guerra.

Washington:

O Banco Mundial anunciou na quarta-feira que estava interrompendo todos os seus projetos em andamento na Rússia e na Bielorrússia em resposta à invasão da Ucrânia.

Citando as “hostilidades contra o povo da Ucrânia”, o credor de desenvolvimento disse que “interrompeu todos os seus programas na Rússia e na Bielorrússia com efeito imediato”.

O banco financia projetos de infraestrutura e fornece consultoria política aos membros, mas “não aprova novos empréstimos ou investimentos na Rússia desde 2014. Também não houve novos empréstimos aprovados para a Bielorrússia desde meados de 2020″.

Segundo o site, a instituição tem 11 projetos em andamento na Bielorrússia, com um custo total de US$ 1,2 bilhão, e que lidam com energia, educação, transporte e resposta ao Covid-19.

Com a Rússia, há apenas quatro projetos que custam US$ 370 milhões, que lidam em grande parte com questões políticas.

O banco anunciou na terça-feira que está preparando um pacote de ajuda de US$ 3 bilhões para a Ucrânia devastada pela guerra, que incluirá pelo menos US$ 350 milhões em fundos imediatos, enquanto o FMI também se prepara para fornecer assistência de emergência ao país.

(Exceto pela manchete, esta história não foi editada pela equipe da NDTV e é publicada a partir de um feed sindicado.)

[ad_2]
Fonte link