Carlos Bolsonaro deve ser investigado por ida à Rússia com comitiva presidencial

Post Content

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou, nesta quarta-feira (23), que o procurador-geral da República, Augusto Aras, se manifeste em até cinco dias sobre um pedido do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) para investigação da ida do vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro (PL), à Rússia, junto da comitiva presidencial, na semana passada. O pedido foi apresentado no âmbito da investigação de milícias digitais antidemocráticas. Em entrevista à Rádio Brasil Atual, a cientista política Rosemary Segurado afirma que a investigação é necessária, uma vez que Carlos é peça importante da comunicação do presidente e apontado como propagador de notícias falsas nas redes sociais e pode ter ‘interesses’ com o Telegram para as eleições deste ano. Assista ao vídeo.

📌 Fortaleça a TVT e a Rádio Brasil Atual! Manda um Pix. Chave: [email protected]
📻 Sintonize: 98,9 FM – Grande São Paulo; 93,3 FM – Litoral Paulista; 102,7 FM – Noroeste Paulista
Ouça ao vivo pelo nosso site: http://radiobrasilatual.com.br 🔔 Inscreva-se no nosso canal do Youtube: youtube.com/radiobrasilatual

Conteúdo desenvolvido e publicado no YouTube pelo canal Rádio Brasil Atual. Assista vídeo Read More