Caindo a ficha?

Não é fácil ser leitor de Folha, ainda que possa ser divertido, caso se goste de malabarismos estatísticos para provar que os miseráveis continuam miseráveis apesar do Bolsa Família, e tome-se  verbo no futuro do pretérito e conjunção condicional "se". De ombudsman fazendo auto-elogio ( Suzana é um caso raro de ombudsman, ao invés de criticar o jornal pela ótica do leitor, critica o leitor pela ótica do jornal) E ontem, uma reportagem mostrando que o Estádio Mané Garricha de Brasília foi entregue inacabado - o jornalista andou pelas dependências do estádio e encontrou banheiros sujos e entrevistou um operário que trabalhou na obra (sim, um operário) que afiançou que ainda há muito a ser feito.

Porém, pelo menos 3 matérias da Folha deste domingo (19/05) são jornalismo.

Festejemos:

Janio de Freitas batendo um dedo acima da linha da cintura. Leia mais »