Debatendo a questão da meia-entrada

Por HumbertoCavalcanti-Porto_Alegr ...

“Meia-Entrada”Me engana que eu gostoou desiformações sobre

Como cidadão livre e sem filiação a qq. associação ou sindicato ou corporação, apóio o novo projeto sobre meia-entrada, prestes a vigorar, e por mim seria ainda mais restritivo porque não visa ao acesso à cultura, na maioria das vezes, e sim ao entretenimento, à cultura de massas, mercantilizada, princplamente no cinema. Seria mais ampliador, ao invés da palavra que usei "mais restritivo". (Melhor proposta eu não teria, mas é possivel encontrar).

Em 14 set. 2003, um descuido publicou na FolhaPE, Recife, na então (e hoje extinta naquelas características) seção Cidadania, um artigo comparativo, válido pra aquela época, sobre os cinemas em Recife e a meia entrada aqui e lá em Porto Alegre, demonstrando que é falsa a meia-entrada naqueles critérios até hoje adotados na maior parte dos estados e capitais em relação a Porto Alegre ( O Abuso dos Cinemas em Recife ).

O novo projeto de meia entrada assemelha-se e é um avanço à lei Fogaça de 2006 e a modificações por Tarso Genro, gov. do RS,  com líderes estudantis e representantes do legislativo e partidos. Leia mais »

Uma balanço do Fies e do Prouni

Por Daniel Adams Boeira

Boa Tarde Nassif - fiz este debate hoje a partir do meu ponto de vista de professor de ensino médio e creio que poderia ser mais discutido pelos nossos internautas e visitantes.

Um abraço

O sucesso da ampliação do acesso aos jovens de baixa renda ao ensino superior no Brasil: balanço de dez anos do Fies e do Prouni

Li uma crítica quanto ao números que demonstram o aumento do acesso ao nível superior no Brasil nos últimos dez anos. O gráfico mostra que: houve um incremento de 95 mil alunos no ensino superior para dois milhões em dez anos. É sim um grande número e quantitativamente chama a atenção. A crítica se resume a alegar que isto pode significar uma perda de qualidade e que, resumidamente, pode aumentar o exército de ANALFABETOS DIPLOMADOS.  

Creio Que a crítica faz bem em questionar a qualidade disto. Tenho refletido sobre este processo desde o início do Pro-Uni em 2005, cujo piloto começou aquiem São Leopoldocom apoio da SMED – sim da Secretaria Municipal de Educação - com 1.500 jovens. Lembro sempre do incremento que isto deu na Universidades Particulares. Lembro também da discussão sobre a defesa da escolas públicas e devo reconhecer que fui convencido e também amolecido pela efetiva realidade e  pelos resultados objetivos que garantiram o acesso de milhares de jovens ao ensino superior no Brasil inteiro. Jovens estes que eu sei que se isso não acontecesse não teriam acesso algum. Porque no funil do Vestibular das federais não passam, dada – não à baixa qualidade do seu ensino ou aprendizagem, mas sim a concorrência profissional a estes cursos. Leia mais »

A questão da aquisição da Anhanguera e a qualidade do ensino

Por EMILIAMMM

Do Opera Mundi

Mão do mercado esbofeteia soberania

por Marcos Piva

Aquisição da Anhanguera evidencia que educação brasileira foi elevada à mesma categoria de distribuidora de combustíveis

Guardada a sete chaves como todo negócio que envolve ações na Bolsa de Valores, a aquisição da Anhanguera pela Kroton foi tratada pela grande imprensa como “fato relevante”, o que é, e como “fusão”, o que não é. Numa só canetada, ditada pelo interesse econômico, a educação brasileira foi elevada à mesma categoria de distribuidora de combustíveis e produtos alimentícios. A Kroton é o braço educacional da Adviser, um dos maiores fundos globais de investimento, especializado no ditado popular “quem pode, manda, quem tem juízo, obedece”. Leia mais »

Conselho de Medicina contra a criação da Ebserh

Por Flavio Sereno Cardoso

Do CFM

CFM participa de ação que denuncia inconstitucionalidade na criação da Ebserh

O Conselho Federal de Medicina (CFM) decidiu ingressar como amicus curiae na Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI), proposta pelo procurador Geral da República, Roberto Gurgel, contra a criação da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh). A decisão foi tomada durante a plenária de abril, logo após exposição feita por representantes das Associações Nacionais do Ministério Público de Contas (AMPCON) e dos Auditores de Controle Externo dos Tribunais de Contas do Brasil (ANTC).

Amicus curiae é alguém ou instituição que, mesmo sem ser parte, em razão de sua representatividade, é chamado ou se oferece para intervir em processo relevante com o objetivo de apresentar ao Tribunal sua opinião sobre o debate travado nos autos, fazendo com que a discussão seja amplificada e o órgão julgador possa ter mais elementos para decidir de forma legítima. Leia mais »

O professor como designer de currículos interdisciplinares

Por EMILIAMMM

Do Porvir

‘Professor do futuro será um designer de currículo’

O termo é desconhecido no Brasil, mas é bom você já ir se familiarizando com ele. O professor tradicional – esse com o qual estudamos anos e que conhecemos hoje – vem gradativamente se transformando no que em algumas escolas por aqui, mas mais intensamente nos Estados Unidos, chamam de designer de currículo. A principal função desse “novo” profissional está a de desenvolver currículos e projetos interdisciplinares, integrando às novas tecnologias. “O professor designer de currículo é a expressão maior e mais completa do mestre contemporâneo. Vai além de ministrar o conteúdo estrito senso, mas é também responsável por preparar o educando para o hábito de aprender a aprender, desenvolvendo habilidades de aprendizagem que são consideradas imprescindíveis aos profissionais e cidadãos em um mundo centrado na inovação”, afirma Ronaldo Mota, ex-secretário Nacional de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação e atualmente professor visitante do Instituto de Educação da Universidade de Londres. Leia mais »

Número de mestres e doutores quadruplicou em 15 anos

Posto esta matéria aqui, e não do clipping, porque desejo fazer um comentário introdutório.

Como se vê a notícia é auspiciosa para o nosso país. O Estadão agiu de maneira correta na publicação. O intervalo analisado pelo CGEE é realmente 1996-2011. Agora vejam o gráfico da página 18 no documento abaixo no qual está a matéria completa. Por ele verifica-se um brutal melhoria a partir de 2003. Agora pergunto;

Se fosse o contrário, o Estadão não teria ido a fundo?

Do Estadão

Brasil quadruplica nº de mestres e doutores

Em 15 anos, quantidade de titulados no País subiu de 13.219 para 55.047, segundo relatório inédito de centro ligado ao Ministério da Ciência

HERTON ESCOBAR , DAVI LIR

O número de mestres e doutores formados pelas universidades brasileiras mais que quadruplicou em 15 anos, passando de 13.219 em 1996 para 55.047 em 2011 - aumento de 312% -, segundo uma compilação inédita divulgada pelo Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE), organização social ligada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI).

O relatório, chamado Mestres 2012, é uma continuação do Doutores 2010, lançado três anos atrás. Juntos, eles fornecem um raio X detalhado da pós-graduação no País, levando em conta dados do Censo Demográfico do IBGE, do MCTI e dos Ministérios da Educação e do Trabalho e Emprego. Leia mais »

O início do ciclo das grandes fusões na educação privada

Por Assis Ribeiro

Do Estadão

Começa um novo ciclo no setor privado de educação

Ryon Braga

Análise:

Desde 2007, quando ocorreu a primeira abertura de capital no setor brasileiro de educação privada, foram registradas mais de 180 aquisições de pequenas e médias instituições. Neste ano, o segmento de negócios educacionais entra em um novo ciclo - o das grandes fusões. Como o que se viu  até agora foi sempre uma empresa comprando a outra, pode-se considerar a fusão entre Kroton e Anhanguera, anunciada ontem, a primeira do gênero no setor.

A instituição resultante dessa transação não só será a maior da América Latina, como também estará entre as maiores empresas educacionais com fins lucrativos do mundo, com potencial para se tomar uma Ambev da educação, já que a expansão internacional é uma consequência natural para empresas que alcançam esse porte. O conglomerado formado por Kroton e Anhanguera terá cerca de 15% de todos os alunos do Brasil. Leia mais »

Prefeitura de SP faz parceira com MST para merenda escolar

Por alfeu

Do MST

Haddad e MST constroem parceria para abastecimento da merenda em SP

Uma comissão do MST fez uma audiência com o prefeito de São Paulo Fernando Haddad, na manhã de sexta-feira (19/4), na sede da Prefeitura. O MST apresentou a Haddad produtos produzidos por cooperativas organizadas em áreas da Reforma Agrária, que são a base da alimentação de alunos matriculados nas escolas em diversas prefeituras, por meio do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

“A prefeitura de São Paulo tem colocado dificuldades para a compra alimentos da reforma agrária para a merenda escolar e para os programas sociais. A gestão anterior não tinha essa preocupação. No entanto, o prefeito Haddad acenou positivamente e ficou muito impressionado com a nossa capacidade de produção”, disse o dirigente do MST Delwek Mateus. Leia mais »

Nota do CNPq sobre os bolsistas do CsF na Espanha

Por Rabuja

Do CNPq

Nota sobre matéria publicada no jornal O Estado de São Paulo

Em relação a matéria “Aluno brasileiro na Espanha custa 33% mais para governo que para família”, publicada no jornal O Estado de São Paulo, nesta segunda-feira (22/04), o CNPq informa que o jornalista desconsiderou informações relevantes para o correto entendimento dos leitores, fornecidas pelo CNPq sobre o Programa CsF na Espanha em 18 e 19/4, em resposta a perguntas enviadas pelo jornal. Dessa forma, esclarecemos:

A notícia ignorou a informação de que o acordo do programa Ciência sem Fronteiras com a Espanha foi feito por meio da Fundación Universidad.es, que realiza as seguintes atividades essenciais para o Programa:

1. Identifica as vagas disponíveis para o Programa CsF nas Universidades espanholas, classificando-as por curso, especialidade e qualidade da Universidade de destino;

2. Com base na lista de candidatos pré-selecionados pelo CNPq, a Fundación comunica aos bolsistas para que se inscrevam no site especialmente criado pela U.es para o Programa Ciência sem Fronteiras na Espanha (http://www.csf-espanha.es/); Leia mais »

Brasil inova na Educação

Brasil inova na Educação: o MEC reconhece pela primeira vez um curso superior de Teologia com ênfase nas religiões Afro-Brasileiras.

 Ao reconhecer o curso superior de Teologia Umbandista, com foco nas religiões afro-brasileiras, o Ministério da Educação (MEC) muda o paradigma no cenário educacional dos cursos de Teologia no Brasil, tendo em vista o ineditismo da iniciativa. Único no mundo a formar bacharéis nesta confessionalidade, o curso superior é ministrado na cidade de São Paulo, pela Faculdade de Teologia Umbandista (FTU) e tem como mantenedora a Ordem Iniciática do Cruzeiro Divino (OICD). Leia mais »

Imagens: 
Brasil inova na Educação

Brincadeira de gosto duvidoso atrasa meses colação de grau

Por Em nome da verdade

O Globo

Juramento inusitado suspende formatura na PUC

Estudante inclui de brincadeira o termo ‘ou não’ no final de cada promessa e acaba atrasando em meses a colação de grau

Uma das formandas, aprovada em processo seletivo para Rede Globo, não conseguiu comprovar colação de grau a tempo

LEONARDO VIEIRA

RIO - Duas únicas palavras foram o suficiente para atrasar a formatura de uma turma inteira da faculdade de Cinema na PUC-Rio. Na cerimônia de juramento dos formandos, em janeiro deste ano, a aluna responsável por ler o texto resolveu fazer um "adendo": a cada tópico lido, ela incluía a expressão "ou não" no final da frase, o que revertia totalmente o sentido da cerimônia.

Leia mais »

Federais não podem mais exigir pós-graduação de professores

Por Ledour

Da Folha

Lei tira exigência de pós-graduação para novos professores de federais

Nova regra diz que universidades não podem mais pedir mestrado ou doutorado de candidatos

Em vigor, norma já provoca mudanças em processos de seleção; governo afirma que vai fazer nova alteração

FÁBIO TAKAHASHI

Uma lei de iniciativa do governo federal que entrou em vigor no mês passado determinou que as universidades federais não podem mais exigir nos concursos para professor os títulos de mestre ou doutor dos candidatos.

Na prática, quem só tiver diploma de graduação pode agora disputar todas as vagas abertas nas universidades. Até então, esses candidatos eram aceitos como exceção.

Após ser procurado pela Folha, o governo afirmou ontem que pretende alterar novamente a regra, para que as instituições possam voltar a exigir diploma de pós-graduação, como condição primordial para a inscrição. Leia mais »

Jornal faz mapeamento da violência nas escolas de MG

Do Estado de Minas

Levantamento inédito mostra onde há mais violência nas escolas de Minas

Levantamento inédito feito pelo Estado de Minas mapeia as cidades onde os índices de violência escolar são mais elevados e põem em risco a segurança de alunos e professores

Publicação: 15/04/2013 06:00 Atualização: 15/04/2013 08:04

Mateus Parreiras

Lições de matemática e português eram ensinadas quando a voz dos professores foi abafada por estampidos de tiros na porta da escola. “Os meninos começaram a berrar e a correr assustados para todos os lados”, lembra Ana Rosa, secretária de uma instituição de ensino estadual de Patos de Minas, no Alto Paranaíba. A mulher teve de ser corajosa. Correu pelos corredores, entre meninos e meninas de mochilas nas costas, até poder fechar a porta do colégio. “Quando estoura um tiroteio desses na rua, a gente tranca as portas, segura os alunos e torce para ninguém se machucar”, desabafa a secretária, que por motivo de segurança pediu para usar um nome fictício. O clima de tensão e violência não é realidade apenas desse colégio, uma vez que Patos de Minas é o município com mais ocorrências de crimes em que a referência é a escola, por alunos, entre as 29 cidades com mais de 100 mil habitantes do estado. Cruzando as ocorrências da Polícia Militar registradas dentro e nos arredores de instituições das redes particular, municipal, estadual e federal em 2011, com o número de estudantes de cada cidade, segundo dados oficiais do Censo Escolar elaborado pelo Ministério da Educação, o Estado de Minas fez um mapeamento inédito dos municípios onde há mais violência no meio escolar. A PM não informou o número de ocorrências em escolas no último ano.

Leia mais »
imagem de Lilian Milena

José Alberto Bucheb, Gerente-Geral da Universidade Petrobras

Apresentação de José Alberto Bucheb, Gerente-Geral da Universidade Petrobras realizada durante 37º Fórum de Debates Brasilianas.org, sobre a formação de engenheiros no país, em 13 de Março de 2013.

Tags: 
Brasilianas.org
Tags: 
Fórum
Tags: 
engenheiros
Tags: 
Universidade Petrobras

Brasileiro disputa título de melhor professor dos EUA

Por Assis Ribeiro
Do Correio Braziliense

Professor brasileiro entra em lista dos quatro melhores educadores dos EUA

Alexandre Lopes, que trabalha com alunos especiais, mora nos EUA há 18 anos

Julia Chaib - Cidades

Publicação: 13/04/2013 06:02 Atualização: 13/04/2013 00:13

A vocação e o esforço levaram o brasileiro Alexandre Lopes, 44 anos, a integrar a lista dos quatro finalistas que disputam o título de melhor professor dos Estados Unidos. Daqui a pouco mais de uma semana, em 23 abril, ele estará na Casa Branca, sede do governo norte-americano, onde o prêmio será entregue pelo presidente Barack Obama. Natural de Petrópolis, na Região Serrana do Rio de Janeiro, e formado em Comunicação Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Lopes mora nos Estados Unidos há 18 anos e, há oito, dá aulas em escolas da Flórida, onde foi considerado o melhor educador de 2012.
Leia mais »