Como fazer perguntas de forma inteligente?

como-fazer-perguntas-forma-inteligente

Nem todo mundo sabe fazer boas perguntas. 

Embora pareça um conceito bastante fácil, fazer boas perguntas é um tempo que leva e esforço para ser aperfeiçoado. Você provavelmente já fez uma pergunta errada de vez em quando. Tudo bem, você está aqui para aprender agora.

Depois de dominar esta arte, você terá uma ferramenta poderosa disponível. Fazer as perguntas certas é crucial para um bom fluxo de conversa e eficiência.

Qual é uma boa pergunta?

Você pode pensar que uma boa pergunta retorna a resposta correta na primeira vez que você pergunta. Isso é verdade se você está autorizado para a estrada ou como tomar sua nova receita.

Em vez de perguntar a mesma coisa várias vezes de várias maneiras, uma boa pergunta vai direto ao ponto. Eles são concisos, descritivos, mas não muito prolixos. Quando você faz uma boa pergunta, a pessoa com quem você está falando entende exatamente o que você quer dizer. 

Às vezes, você precisa desse tipo de pergunta ao conversar com outros membros da equipe. Perguntas claras podem esclarecer prazos e descobrir quem é o responsável ou qual fornecedor já foi contratado.

Boas perguntas evitam confusão

Uma ótima pergunta, por outro lado, retorna mais informações. Se você fizer uma ótima pergunta, obterá informações valiosas que o ajudarão a entender melhor um problema ou a ver uma oportunidade que você não conhecia antes. Até mesmo no tarot sim ou não, são necessárias boas perguntas.

Ótimas perguntas permitem que a conversa flua com facilidade. Eles nem sempre são rápidos, embora possam ser eficientes. Você já esteve perto de alguém que de alguma forma sempre ia direto ao centro da questão, mesmo quando falava com estranhos? Você não consegue isso procurando por respostas sim/não. 

Para entender o que faz uma ótima pergunta, é útil conhecer os diferentes tipos de perguntas: 

  • As perguntas abertas deixam espaço para mais discussão e exigem mais explicações.
  • As perguntas de acompanhamento permitem que você busque seu tópico e expanda sua conversa.
  • As perguntas principais solicitam uma resposta específica e orientam a conversa em uma nova direção. 
  • Não existe uma fórmula universal para fazer ótimas perguntas porque depende de quem faz a pergunta e do contexto. 

O que faz de você um bom questionador?

Não importa o tipo de pergunta que você está fazendo, se isso leva à informação de que você precisa. Para fazer isso, você precisa saber que tipo de informação está procurando e quem é a melhor pessoa para perguntar. Um bom questionador é curioso acima de tudo.

Um bom questionador sabe que tudo está na preparação. Seja intencional. Escolha suas palavras com propósito e certifique-se de perguntar no momento apropriado. Antes de começar a fazer sua pergunta, pense com cuidado.

Você está procurando dados ou uma opinião? Quão formal ou informal você precisa ser ao fazer sua pergunta? Você está procurando confirmação ou insight, respostas ou exploração? Você sabe o que vai descobrir ou a informação será surpreendente?

Uma característica crítica de um bom questionador é sua coragem. Às vezes, as pessoas não fazem perguntas porque têm medo do que os outros possam pensar delas. Pode ser estressante se levantar e usar sua voz para fazer perguntas difíceis. Mesmo que a pergunta incomode algumas penas, você deve fazer as perguntas certas para obter clareza. 

Fazer ótimas perguntas é uma habilidade que leva tempo e prática. 

Como você pode começar a fazer perguntas melhores?

Fazer as perguntas certas pode melhorar sua vida pessoal e profissional. Ser capaz de se comunicar de forma eficaz é vital para todos os tipos de relacionamentos.

Aprender quais perguntas fazer pode melhorar a forma como você trabalha com os membros de sua equipe, habilidades de liderança e outras coisas menores e cotidianas.

Aqui estão algumas dicas sobre como você pode começar a fazer perguntas melhores:

Seja um bom ouvinte

Quando alguém lhe der uma resposta ou lhe explicar algo, preste atenção.

Se você não ouvir corretamente,  você pode acabar fazendo perguntas já respondidas. Ao se concentrar em ouvir, você evitará fazer perguntas gerais para as quais provavelmente deveria saber a resposta. 

Quando outra pessoa estiver falando, faça contato visual e acene com a cabeça enquanto entende as coisas que ela diz para se manter engajado.

Não tenha medo de suas perguntas

Se você está confuso sobre alguma coisa, você tem todo o direito de pedir alguma clareza. Talvez seja sua primeira vez tentando uma nova receita ou fazendo uma tarefa. Perguntas erradas não existem, especialmente se você nunca fez isso antes. Pense desta forma: se você não fizer sua pergunta,  poderá cometer alguns erros facilmente evitáveis. 

Faça sua pesquisa

Você entende completamente o que está perguntando e por quê? Pode parecer redundante, mas certifique-se de saber o que está pedindo. Concentre -se no que você está confuso. 

Se sua pergunta for muito vaga e confusa, você não obterá o tipo de resposta que precisa. As pessoas não podem responder às perguntas corretamente se você não as preparar para o sucesso. Mergulhe em seu assunto e não tenha medo de ir além de uma questão superficial. 

Vá para onde a conversa o levar

Todo mundo pode sair do assunto às vezes, mas isso nem sempre é uma coisa ruim. A conversa pode fluir em muitas direções diferentes antes ou depois de sua pergunta ser respondida. Em vez de entrar em pânico e achar que você precisa ser o mais direto possível, veja onde a conversa vai.

Você pode descobrir que a conversa solicita perguntas de acompanhamento. Ou, as perguntas que você planejou podem ser respondidas sem que você as expresse. Tente ficar relaxado e não pense que todas as instâncias de perguntas precisam ser formais.

Use o silêncio a seu favor

Fazer perguntas não deve ser uma conversa em ritmo acelerado. Uma pausa para ouvir entre as respostas lhe dá tempo para pensar sobre o que foi dito e fazer perguntas de acompanhamento melhores. 

Não se sinta a responder rapidamente. As respostas rápidas podem atrapalhar o fluxo da conversa. Você não quer se sentir apressado ou apressado os outros, então se sentirá confortável com o silêncio e dê a si mesmo tempo para pensar.

 

Compartilhar este post:

Quem Somos?

AdVivo é um blog com publicações diárias, sobre temas diversos, com o propósito de responder as mais diferentes perguntas dos usuários na internet.

Você vai gostar também

what you need to know

in your inbox every morning