Como fazer empréstimo no boleto?

como-fazer-emprestimo-boleto

Saiba agora exatamente como fazer empréstimo pessoal no boleto sem complicações. Leia até o final e confira!

Ter um empréstimo aprovado, a primeiro instante parece algo burocrático. Afinal, precisa-se de tantos documentos e ainda ter que esperar dias para o dinheiro cair na conta. No entanto, com o empréstimo pessoal no boleto as coisas não são bem mais assim.

Pois, com a modalidade você consegue o seu dinheiro tranquilamente em instantes, sem precisar de ter conta corrente ou ter as parcelas debitadas diretamente do seu saldo da conta.

Quer saber mais sobre esta curiosa modalidade de crédito? Continue lendo e veja como fazer, quem pode solicitar e quais são as opções mais vantajosas do momento. Confira!

O que é e como funciona o empréstimo pessoal no boleto?

De antemão, o empréstimo pessoal no boleto se assemelha ao crédito pessoal tradicional. No entanto, o consumidor paga as parcelas por meio de um boleto bancário com data de vencimento e não é debitado de maneira automática na conta corrente.

No entanto, a dívida com o código de barras precisa ser quitada até a data de vencimento. Pois, o atraso incide na cobrança de juros e multa, ocasionando em um sério descontrole financeiro.

Mas, não se preocupe, pois assim que o contrato é assinado, a instituição financeira entrega os devidos boletos o mais rápido possível, por e-mail ou endereço do cliente. Dessa forma, é possível pagar as parcelas em dia tranquilamente.

Qual a diferença entre empréstimo pessoal no boleto e no carnê?

À princípio, o carnê é uma das formas de pagamento mais utilizadas pelos brasileiros, pois o consumidor consegue controlar as dívidas mais facilmente. Além de ter a flexibilidade de antecipar as parcelas quando achar conveniente.

Resumidamente, o empréstimo pessoal no carnê reúne todos os boletos da dívida de uma só vez, com as datas de vencimento e valores de cada parcela detalhadamente. A solicitação online é a forma mais fácil e rápida de ter acesso ao crédito.

Em síntese, o empréstimo pessoal no boleto ou no carnê são praticamente a mesma coisa. A única diferença está na quantidade de vias emitidas, uma vez que no carnê o consumidor recebe as faturas em uma única remessa. Por outro lado, o boleto é enviado mensalmente no endereço, como a conta de telefone.

Como fazer empréstimo pessoal no boleto?

Desde já, saiba que fazer empréstimo pessoal no boleto não tem segredo e o procedimento é como solicitar um crédito pessoal comum. Logo, o primeiro passo é selecionar a instituição financeira, inserir o valor e enviar a sua proposta de adesão.

Com tudo certo, você recebe uma notificação para o próximo passo que é assinar os termos do contrato e aguardar a emissão do seu primeiro boleto.

No geral, a quantidade de parcelas costuma ser de 12 a 24 meses, e o valor mensal não pode ultrapassar mais do que 30% da renda do cliente. Isso não é uma regra, afinal tudo pode variar de instituição para instituição, mas grande parte dos bancos costumam pôr em prática essa política. 

Quem pode contratar e onde fazer?

A contratação está liberada apenas aos consumidores maiores de 18 anos, com CPF ativo e comprovante de renda. Também existem algumas opções de empréstimo para negativado, no entanto, as taxas de juros são mais altas ou é solicitado um bem como garantia.

Para auxiliar os nossos leitores, nós elaboramos uma lista com as melhores opções e instituições para fazer o seu empréstimo pessoal no boleto, como veremos nas linhas abaixo!

Empréstimo Pessoal no boleto BanQi

A primeira opção é o empréstimo no boleto do banco BanQi – a conta digital da Casas Bahia. Os valores liberados aos clientes chegam até R$30.000,00 e tem um prazo de 18 meses para ser pago. O melhor é que o dinheiro cai na conta rapidamente, em apenas um dia útil.

Losango

Quando o assunto é empréstimo para pagar no boleto a Losango é considerada uma das pioneiras. Afinal, quem nunca fez um crediário para parcelar móveis e eletrodomésticos pela Losango?

Hoje a instituição também trabalha com a modalidade de crédito pessoal e de maneira online. Os valores liberados dependem da análise de crédito, mas o mínimo é de R$300,00. Um dos diferenciais e vantagens está na carência de 60 dias para pagar a primeira mensalidade.

Empréstimo no boleto Pernambucanas

Já o empréstimo da Pernambucanas está acessível apenas aos clientes com cartão de crédito da loja em mãos. A análise fica pronta em poucos instantes e ao ser aprovado basta assinar o contrato e tomar posse do dinheiro imediatamente.

Vale a pena destacar que o valor liberado chega até R$3.000,00 e o pagamento pode ser feito em até 12 vezes. No entanto, nesta modalidade consumidores negativados não têm muita chance de aprovação, mesmo que ainda tenham o cartão de crédito liberado para uso. 

Agora que você já sabe como fazer empréstimo pessoal no boleto e quais são as melhores opções do momento, aproveite para fazer a sua adesão. Em suma, a modalidade tem muita facilidade na aprovação e não desconta diretamente do saldo da sua conta corrente. 

Outra opção também são os empréstimos no carnê, onde você tem a flexibilidade de reunir todos os boletos da sua dívida em uma única vez e assim poder antecipar as parcelas sempre que achar necessário.

Gostou deste conteúdo? Ficou com alguma dúvida? Deixe o seu comentário para entendermos mais sobre as suas necessidades e assim poder ajudá-lo da melhor maneira possível!

Leia também: Financiamento de imóveis direto com a construtora

Compartilhar este post:

Quem Somos?

AdVivo é um blog com publicações diárias, sobre temas diversos, com o propósito de responder as mais diferentes perguntas dos usuários na internet.

Você vai gostar também

what you need to know

in your inbox every morning