Analistas técnicos de políticas sociais defendem democracia

Enquanto servidoras/es federais da carreira de analistas técnicos/as de políticas sociais, repudiamos qualquer atentado às instituições democráticas e tentativas inescrupulosas de derrubar a atual gestão do governo federal sem respeito ao Estado democrático de direito.


Como muitos dos brasileiros e brasileiras que irão às ruas neste 18/03, nunca deixamos de manifestar publicamente críticas ao atual governo e não é o atual governo que defendemos coletivamente nesse momento ao juntarmo-nos à manifestação de repúdio à tentativa de golpe que está em curso. Queremos deixar claro que fazemos parte de uma iniciativa suprapartidária que acolhe, inclusive, pessoas e organizações críticas ao PT e à atual gestão federal.


Porém, não admitimos que as lutas históricas pela democracia, pelo avanço das políticas sociais, pelas liberdades individuais e pelos direitos humanos sejam colocadas em risco por grupos reacionários que se valem da bandeira anticorrupção.


Lutamos, nós também, contra a corrupção, sem jamais prescindir dos direitos fundamentais e das garantias previstas na Constituição, da ampliação da democracia, inclusive no poder judiciário e na mídia, da reforma política rumo a partidos mais políticos e menos eleitoreiros, da correção de falhas graves de nosso sistema presidencialista de coalizão, do fim do financiamento privado de campanhas, da valorização dos trabalhadores de todos os segmentos, do respeito à diversidade, da qualificação do serviço público e da condução do País à justiça social e ao desenvolvimento sustentável.


Queremos superar as falhas do atual governo de maneira democrática, por meio das urnas eleitorais, por meio dos conselhos de políticas públicas, por meio de manifestos populares, mas nunca por meio de canetadas, golpes e expedientes escusos.


Não admitimos que o Brasil seja governado por juízes, militares, burocratas ou qualquer categoria que, à distância, sem a legitimidade conferida pelo voto, não se submeta ao escrutínio de nosso povo de maneira inequivocamente democrática.


Nós, analistas técnicos de políticas sociais que assinamos esta carta, vamos às ruas neste dia 18 de março em defesa da democracia e convidamos a todos e todas que fazem a mesma reflexão que se juntem a nós neste momento de extremo risco à democracia brasileira.




Coletivo de Analistas Técnicos/as de Políticas Sociais em defesa da Democracia

[email protected]

Nenhum voto

Postar novo Comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.
CAPTCHA de imagem
Digite os caracteres exibidos na imagem acima.