As idéias de Marina Silva

Por Miriam

Da Folha Online

Marina diz que governaria com “melhores” de PT e PSDB

ANA FLOR

da Folha de S.Paulo

A pré-candidata do PV à Presidência, senadora Marina Silva (AC), afirmou ontem que pretende fazer um “realinhamento histórico”, no qual quer governar “com os melhores do PSDB e os melhores do PT”.

Marina participou da gravação do programa da Rede TV! “É Notícia”, do repórter da Folha Kennedy Alencar. A entrevista vai ao ar à 0h15 da próxima segunda-feira.

“Enquanto o PT e o PSDB não conversarem, vai ficar muito difícil uma governabilidade [...] Devíamos ser capazes de estabelecer uma governabilidade básica, onde o PT e o PSDB digam: “Naquilo que é essencial para o Brasil, nós não vamos colocar em risco a governabilidade’”, disse. Leia mais »

Menor taxa de desemprego desde 2002

Por Nonato Amorim

Nassif & Amigos, “nunca antes na história desse país…” Abs. (Quem sabe essa não sai naquele quadro infame da CBN, “a boa notícia”)

Brasil tem menor taxa de desemprego para janeiro desde 2002, diz IBGE

CIRILO JUNIOR

da Folha Online, no Rio

A taxa de desemprego média no Brasil em janeiro foi de 7,2%, acelerando frente aos 6,8% registrados em dezembro, segundo dados divulgados nesta quinta-feira pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Leia mais »

O que pensa Dilma Rousseff - 1

Do Último Segundo

Coluna Econômica 18/02/2010

Afinal, o que pensa a provável candidata à presidência, Dilma Roussef? Nesta quinta-feira será lançado um livro com o texto completo de uma entrevista com ela, feita por Emir Sader, Marco Aurélio Garcia e Jorge Mattoso.

O nome do livro é "Brasil, entre o passado e o futuro". Parte pequena da entrevista foi antecipada pela “Folha”esta semana.

A entrevista completa permite uma visão consolidada dos novos princípios de política econômica, papel do Estado, papel da Cultura, meio ambiente e outras teses que amadureceram ao longo dos últimos anos.

*** Leia mais »

Governo formaliza compra do Rafale

Da Folha

Dassault diminui preço, e Lula escolhe caça francês

Valor do pacote de 36 caças cai quase R$ 4 bi, e governo bate o martelo pelo Rafale

Mesmo com redução, avião fabricado pela França custará quase 40% a mais do que o concorrente mais barato, o sueco Gripen

ELIANE CANTANHÊDE

COLUNISTA DA FOLHA

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ministro Nelson Jobim (Defesa) bateram o martelo a favor do caça francês Rafale. A decisão foi tomada depois que a fabricante, Dassault, reduziu de US$ 8,2 bilhões (R$ 15,1 bilhões) para US$ 6,2 bilhões (R$ 11,4 bilhões) o preço final do pacote de 36 aviões para a Força Aérea Brasileira.

Mesmo com a redução, os caças franceses têm preço muito superior ao dos concorrentes. Conforme a Folha apurou, a proposta do modelo Gripen NG, da sueca Saab, foi de US$ 4,5 bilhões, e a dos F-18 Super Hornet, da norte-americana Boeing, de US$ 5,7 bilhões.

Além do custo do pacote, que inclui avião, armas, logística e custo de transferência tecnológica, a Dassault estimou que a manutenção dos aviões por 30 anos custará US$ 4 bilhões. Leia mais »

A Folha e a ditabranda

Por Vivi

Nassif vc viu o panel do leitor da FSP de hoje, com a polêmica da "ditabranda" e o ataque a prof. M. Victoria Benevides e a Dr. Fábio Comparato?

A esse respeito escrevi para o Ombudsman:

"Toda vez que eu lhe escrevo juro a mim mesma que será a última, porque escolhi ignorar totalmente o que a FSP publica. Porém, como já disse anteriormente, os absurdos são tamanhos que acabam chamando minha atenção e aí… impossível não me indignar. Como por exemplo, com a polêmica da "ditabranda", que por si só já é um escárnio, um desrespeito, uma traição aos valores democráticos brutalmente violados no período mais nefasto de nossa história recente, que culminou em décadas de retrocesso e atraso social, econômico e político - e que deixou como herança esse quadro político lamentável - sem falar nas centenas de vítimas de tortura, assassinatos perseguições e exílio!!!!!

Como se não fosse muito mais do que o suficiente, a nota de redação afirma: "Quanto aos professores Comparato e Benevides, figuras públicas que até hoje não expressaram repúdio a ditaduras de esquerda, como aquela ainda vigente em Cuba, sua "indignação" é obviamente cínica e mentirosa."

Com este ataque ofensivo, baixo e agressivo a dois importantes e respeitados intelectuais que "ousaram" discordar da opinião do jornal, a FSP finalmente tirou a sua última máscara e mostrou sua verdadeira e repugnante face."

Parece que a FSP atingiu agora o mesmo nível de esgoto da veja. O que você acha?

A nota da Folha

Nota da Redação - A Folha respeita a opinião de leitores que discordam da qualificação aplicada em editorial ao regime militar brasileiro e publica algumas dessas manifestações acima. Quanto aos professores Comparato e Benevides, figuras públicas que até hoje não expressaram repúdio a ditaduras de esquerda, como aquela ainda vigente em Cuba, sua "indignação" é obviamente cínica e mentirosa. Leia mais »

Um retrato na parede

Curiosa a coluna do Clóvis Rossi sobre Paulo Lacerda. Diz que o Brasil é o único caso em que Eliot Ness é exilado e Al Capone continua solto (clique aqui).

Rossi, que pratica diuturnamente o exercício da indignação, desta vez é contido. Não solta o que traz na garganta. O que levou à saída de Lacerda? Um grampo provavelmente falso, uma armação que envolveu uma revista de circulação nacional e o presidente do Supremo Tribunal Federal; uma campanha implacável de mídia, cega e surda às reclamações dos leitores.

Sua coluna não menciona o nome de Daniel Dantas, assim como outros colunistas não o fazem.Virou tabu no jornal. Dantas só aparece em algumas reportagens, o mínimo imprescindível para tentar demonstrar que o jornal é isento.

Na mesma página, o editorial da Folha diz:

"A revelação de que nem o presidente do Supremo Tribunal Federal escapou da febre de grampos, a pretexto da chamada Operação Satiagraha, selou o destino de Lacerda. Foi afastado da Abin em setembro e, agora, exonerado". Leia mais »