Modelo de gestão melhora educação de estados

A recente divulgação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb/2009) apesar de apresentar, na maioria dos casos, resultados que superaram as metas estipuladas, deu  início a uma série de questionamentos acerca dos critérios de avaliação e dos métodos de gestão da educação adotados nos estados. Dentre os estados com os melhores resultados estão Minas Gerais e Paraná. Ambos apostaram na gestão como estratégia para  evoluir o desempenho de alunos e professores, garantindo índices acima do esperado.

Criado em 2007 pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), órgão vinculado ao MEC (Ministério da Educação), o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, o Ideb, tem por objetivo avaliar a situação da educação básica no país (que engloba desde 2007 o ensino fundamental e o médio), levando em consideração o fluxo escolar e as médias de desempenho nas avaliações. O índice possibilita ao Inep a sistematização de resultados sintéticos que podem ajudar o governo na especificação de metas educacionais para cada estado. Leia mais »

Tags: 
Tags: 
Tags: 
Tags: 
Tags: 
Tags: 

Falta força política para ICMS Ecológico

Autor: 

Estados e municípios vêm apresentando um maior interesse em implementar mecanismos financeiros que facilitem ou remunerem a conservação ambiental. Nesse sentido, o ICMS Ecológico, instrumento que destina recursos às prefeituras com ações sustentáveis, já é realidade em 15 estados brasileiros. Mas para ampliar o uso do instrumento para todo território nacional, ainda é preciso vontade política do governo dos estados.

A avaliação é da coordenadora de Conservação em Terras Privadas da ONG The Nature Conservancy (TNC), Giovanna Baggio. De acordo com ela, o trabalho agora gira em torno de levar a informação sobre o mecanismo, a fim de incentivar estados e municípios a estabelecer a Lei. O ICMS vem sendo apresentado como importante ferramenta para compensar os municípios com melhores indicadores ambientais.

Os estados que já aderiram ao mecanismo são Acre, Amapá, Ceará, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, São Paulo e Tocantins. Leia mais »

Tags: 
Tags: 
Tags: 
Tags: 
Tags: 
Tags: 
Tags: