Re: Brasil, maior importador de armas da França

imagem de masquino
masquino

Se o sujeito não entender de armamentos e não conhecer o meio castrense,pode falar coisas assim como o Boechat falou:

http://www.naval.com.br/blog/2010/10/07/mais-uma-perola/

 

Mais uma pérola 7 de outubro de 2010, em Cultura, Marinha do Brasil, OPERANTAR, por Wiltgen

Publicada na ISTOÉ n° 2132, de 17 de setembro de 2010, na coluna assinada pelo jornalista Ricardo Boechat a seguinte nota:

ANTÁRTICA
No pier
Vai atrasar o início da nova fase de pesquisas brasileiras na Antártica. Os dois navios da Marinha – Barão de Tefé e Almirante Maximiano – que zarpariam do Rio de Janeiro no dia 13 de outubro estão no estaleiro. Ambos esperando peças e equipamentos para navegação.

NOTA do EDITOR: Só faltou alguém avisar ao jornalista que o saudoso NApOc Barão de Teffé (H-42) deu baixa na MB em 23.07.02, quando já era Navio Faroleiro, encerrando as suas viagens ao Continente Antártico em 1994, quando regressou da OperaçãoANTARTICA XII .

Lembrando ainda que, neste mesmo ano, ele foi substituído pelo NApOc Ary Rongel (H-44), que em dezembro partiu para a Operação ANTARTICA XIII.

Hoje a Marinha do Brasil realiza a OPERANTAR com o NApOc Ary Rongel (H-44) e o NPo Alte. Maximiano (H-41).

Tagged with: