São Paulo e o Bolsa Família

Por Alexandre Leite

Sem o Fora de pauta, posto aqui:

Por fora, bela viola; por dentro, pão bolorento: SP tem o pior acompanhamento sobre a saúde no Bolsa Família

Não são os demotucanos que dizem que o Bolsa-Família não acompanha contrapartidas sociais? Que o Bolsa-Família descaracterizou o que ‘tinha de bom no Bolsa-Escola’?

Será que falam em causa própria?

Do Estadão.com.br

SP tem pior monitoramento no Bolsa Família, diz governo

AE - Agência Estado

Um levantamento feito pelo Ministério do Desenvolvimento Social a pedido do jornal O Estado de S. Paulo mostra que em 18 cidades com mais de 500 mil habitantes o acompanhamento sobre as contrapartidas de saúde do Bolsa Família é feito em menos de 50% das famílias beneficiadas. A situação pior ocorre em São Paulo, a cidade mais rica do País: apenas 21,2% dos beneficiários responde pelas contrapartidas.

Os municípios devem verificar o cumprimento de consultas de pré-natal para gestantes e a vacinação de menores de seis anos. O acompanhamento não é feito porque a Prefeitura também deixa a desejar em outros programas, o Saúde da Família e os Agentes Comunitários de Saúde.

Apenas um terço da população paulistana é coberta pelos programas, o que dificulta a verificação dos cartões de vacinação e pré-natal e o fluxo de informações. "Esse é o principal problema na área de saúde. Sem o PSF ou os agentes comunitários os municípios não conseguem chegar na população mais pobre", explica a secretária de renda e cidadania do ministério, Lúcia Modesto.

Em resposta por e-mail, a Secretaria de Assistência Social do município de São Paulo afirma que há um problema de "retorno da rede de saúde" porque o sistema de informações dos postos são diferentes e não se reconhecem, mas que o município está desenvolvendo um sistema único, informou o órgão. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Nenhum voto
46 comentários
imagem de ednade souza
ednade souza

sou edna de souza queria saber sobre meu bolsa familia se esta liberado,pois fiz uma transferencia de sao bernardo para sao paulo apos minha casa ter dado enchente,desde o mes de outubro nao recebo e no dia 3 de março fiz um cadastro no cras aqui em sao paulo e ate a presente data nao recebi nenhuma carta e nenhum retorno,inclusive estou adoentada e necessitando que meu beneficio seja liberado,pois estou morando de favor e terei que entregar a casa ate o fim do mes,meu marido esta desempregado e estamos vivendo com a pouca ajuda que ganhamos.

Ja liguei varias vezes no cras mais ainda nao recebi nenhum retorno.

Desde ja agradeço e espero um retorno pois ja nao sei mais o que fazer,pois nao tenho nem para onde ir com minhas crianças.

Espero anciosa um retorno.

 

Obrigado.

 
 
imagem de Flavia Tunes
Flavia Tunes

Desculpe intrometer, mas é só dar uma pesquisadinha no google. Exemplo?

"Orçamento do Ministério da Educação aumenta em R$ 9 bilhões e é o maior de sua história Com o maior orçamento de sua história, de R$ 40,5 bilhões, cerca de R$ 9 bilhões a mais do que no ano passado, o Ministério da Educação começa 2009 com uma série de desafios. Caberá à pasta manter a complementação da União ao ensino fundamental, por meio do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica), e oferecer ajuda extra aos Estados para uma renovação e expansão do ensino médio, atualmente em crise.

Além disso, o ministério precisa ainda manter a expansão das universidades federais, que duplicaram vagas e abriram novos campi, colocar em funcionamento um sistema de formação de professores e promover a criação de novos centros tecnológicos.

Para tudo isso, a proporção de gastos entre o ensino básico e a educação superior, atualmente em R$ 6,50 para R$ 1 - ou seja, a cada R$ 6,50 gastos no sistema de universidades federais e centros tecnológicos, R$ 1 é destinado para ensino fundamental e médio - será mantida.

O objetivo a médio e longo prazo, no entanto, é reduzir esses valores, chegando a um equilíbrio maior de investimentos. Segundo o ministro, o dado mais concreto da execução orçamentária deste ano é a complementação ao Fundeb, que atingirá R$ 5,2 bilhões, dez vezes mais do que a média dos últimos anos do Fundef (o fundo que existia anteriormente e tinha como meta a expansão do ensino fundamental).

Os novos câmpus federais deverão consumir cerca de R$ 16 bilhões e as escolas técnicas devem receber R$ 2 bilhões. As informações são do jornal "O Estado de S. Paulo".

Isso é do ano passado. Não tenho tempo, agora, mas me comprometo a fazer uma busca melhor, depois.

 
 
imagem de César
César

kkkkkkkkkkkkkkkkkk

 
 
imagem de Luis Fraga
Luis Fraga

Thadeu, Ignorância (sem ofensa, no sentido de desconhecimento, ok?) é uma desgraça para as pessoas. Nos leva a falar bobagens. A transparência do atual governo somado à interenet está aí para nos socorrer...

UF - SP Quant municipios - 645 Quant familias atendidas - 984.049

Cidade - São Paulo Quant familias atendidas - 89.661

Dados referentes à 05/2010

https://www.beneficiossociais.caixa.gov.br/consulta/beneficio/04.01.00-0...

 
 
imagem de artur cartacho
artur cartacho

Caro Mário ,( Que não deve ser o do armário ,né ?) ,Mas como voce me perguntou eu transfiro pra ti, a pergunta ,cite o que foi feito pelo Lula em termos de educação ,estradas , saneamento e saude, ai provalvelmente vode dirá ,mas isso é função dos estados, ai lhe pergunto de novo , então o que sobra para o federal, se não tem a função de dar educação e saude mais saneamentao para o povo?

 
 
imagem de Ricardo Athias
Ricardo Athias

"Assim não dá, assim não pode". Eles ainda vão cortar os pulsos. SÃO PAULO O MAIOR CURRAL ELEITORAL DO MUNDO. Comandado pelo PIG

 
 
imagem de carlos, do maranhão
carlos, do maranhão

Prá tirar as dúvidas, uma coleção de números apurados por insuspeitas entidades sobre o Bolsa Familia

- Bolsa Família amplia matrícula e aprovação Programa de renda tem impacto positivo também na educação, mostra estudo; situação de pretos, pardos e índios melhora mais http://colunistas.ig.com.br/luisnassif/2010/04/14/os-impactos-do-bolsa-f...

2 -O efeito multiplicador do bolsa familia - estudo do IBMEC http://colunistas.ig.com.br/luisnassif/2009/10/16/o-efeito-multiplicador...

3 - Mais sobre o BF: Biblioteca Virtual da FGV (…) é importante frisar que não encontramos nenhum efeito robusto do Programa Bolsa-Família na fecundidade dos beneficiários. Estes resultados, em grande parte, vêm do desenho moderno do Programa, assim como acontece em outros programas da América Latina. http://virtualbib.fgv.br/ocs/index.php/sbe/EBE09/paper/viewFile/1104/348

4 - Na revista da FAPESP

A desnutrição infantil no Nordeste pode desaparecer do mapa das mazelas brasileiras em menos de 10 anos caso o problema continue a diminuir com a velocidade observada nos últimos 10 anos. A conclusão é de um trabalho coor­denado por Carlos Augusto Monteiro, professor da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, e Ana Lucia Lovadino de Lima, pesquisadora do Núcleo de Pesquisas Epidemiológicas em Nutrição e Saúde (Nupens) da USP e bolsista de pós-doutorado da FAPESP. O estudo, que deve ser publicado na edição de janeiro da Revista de Saúde Púlica, mostra que a prevalência da desnutrição foi reduzida em um terço entre 1986 e 1996, caindo de 33,9% para 22,2% das crianças nordestinas, e em quase três quartos de 1996 a 2006, despencando para 5,9%. “Essa velocidade é inédita. Nenhum outro estudo no mundo revelou uma queda da desnutrição tão grande nesse espaço de tempo”, diz Carlos Augusto Monteiro.

http://www.revistapesquisa.fapesp.br/index.php?art=4011&bd=1&pg=1&lg=

5 - E aqui a opinião do nordestino - Jarbas Vasconcelos em entrevista a revista "in-Veja" O Bolsa-Família é o maior programa oficial de compra de votos do mundo”

“O marketing e o assistencialismo de Lula conseguem mexer com o país inteiro. Imagine isso no Nordeste, que é a região mais pobre. Imagine em Pernambuco, que é a terra dele. Ele fez essa opção clara pelo assistencialismo para milhões de famílias, o que é uma chave para a popularidade em um país pobre. O Bolsa Família é o maior programa oficial de compra de votos do mundo.”

Segunda-feira, 10 Maio, 2010

 
 
imagem de JORGE LEITE
JORGE LEITE

Obrigado Thadeu. Voce acaba de dar um belo exemplo de como pensa a parte reacionária e delirante de SP. Exatamente como relatou o Eduardo Viveiros acima.

 
 
imagem de Celso Jardim
Celso Jardim

Caro Nassif,

Neste post acredito que desmistifica que o bolsa família só beneficia nortista e nordestino. http://blogdocelsojardim.blogspot.com/2010/05/elite-branca-paulista-o-bo...

E agradeço o Edson da Silva pala citação.

Um grande abraço,

Celso Jardim

 
 
imagem de francisco pereira neto
francisco pereira neto

São Paulo têm mais pobre que o norte/nordeste, mais de 01 milhão e 100 mil bolsas famílias. Esse é o resultado de 16 anos de governo tucano em São Paulo. Se continuar assim o sertão vai virar mar... opa, desculpa. São Paulo vai virar o nordeste de ontem. Pobreza, maior curral eleitoral do país, coronelismo demotucano mais PIG. É a vingança do povo nordestino tanto explorado aqui.

 
 
imagem de Luis Fraga
Luis Fraga

Caro daSilva, você me deu uma ideia! pegar os dados do portal da caixa:

https://www.beneficiossociais.caixa.gov.br/consulta/beneficio/04.01.00-0...

e somar por municipios, para levantar os números...

 
 
imagem de Gersier
Gersier

Vc está deitado?Não?Então é melhor fazer isso para esperar que tal pergunta seja feita ao serra.Nunca terão esse "atrevimento ".Imagine se vão confrontar o "chefinho" colocando-o em apuros.

 
 
imagem de Luis Fraga
Luis Fraga

E eu nasci no Rio, mas trabalho há 12 anos em SP. Não generalizaria tanto quanto você fez, porém reconheço que existe umas pessoas que pensam assim. E chegam a externar esse pensamento em conversas, ainda que fazendo troça.

 
 
imagem de Mario Siqueira
Mario Siqueira

Prezado Cartacho Contribua para alterar esse quadro : cite coisas positivas do governo de SP nos últimos anos. Nas áreas de educação, saude, transporte público, segurança...Qualquer área.

 
 
imagem de Alexandre Leite
Alexandre Leite

Tem muito de rejeição.

 
 
imagem de Anderson
Anderson

Não Flávia: nós já PASSAMOS desse ponto. É isso e mais um pouco ainda... durma com uma "oposição" dessas...

 
 
imagem de Robledo Duarte
Robledo Duarte

Faço um paralelo dos nazistas com o governo serra. São Paulo tem um nível de desinformação em estágio bem avançado. Durante o período nazista nada se sabia sobre o holocausto, o mesmo acontece com os paulistas, criticam os programas sociais do governo Lula, que estão sendo sabotados pela turma do Serra, e estes passam um visão distorcida sobre os fatos.

 
 
imagem de Waldomiro Pereira da Silva
Waldomiro Pereira da Silva

Este é o "GEITO" tucano de governar, alias, ENGANAR. O "G" é intencional

 
 
imagem de JOSÉ LUIZ COUTO
JOSÉ LUIZ COUTO

Alguém tem dúvida de que, na eventualidade do Serra vir a ganhar as eleições, ele apagará toda e qualquer ação que lembre o governo Lula?

 
 
imagem de Eduardo Viveiros
Eduardo Viveiros

É óbvio: não existe monitoramento, acompanhamento ou qualquer outro "mento" que se pode pensar por um só motivo: a elite "branca" de São Paulo, seus governantes e sua classe média alta detestam pobres e fazem de tudo para que os programas sociais fracassem, porque essa coisa de gastar dinheiro com pobre, para eles, é o pior tipo de investimento. Se a condição de vida do pobre, principalmente o nordestino, melhorar em São Paulo, "eles" acham que mais e mais pobres, miseráveis e "o pessoal lá de cima" virão para São Paulo, que é o lugar mais parecido com Nova Iorque ou qualquer outro "lugar decente" dos Estados Unidos. O sonho da elite "branca" e racista de São Paulo é ter a cidade, pelo menos, livre dessa "raça". É o pior tipo de elite que um Estado, uma cidade ou um país poderia ter. São Paulo é o atraso do Brasil. Não é à toa que vai eleger Geraldo Alckmin, com seu terninho das lojas "Garbo", o "homem-tergal", para seu gerente temporário. São Paulo é o fim da picada! E eu nasci aqui. Sei do que estou falando.

 
 
imagem de Patricia
Patricia

As condicionalidades em saúde do Programa Bolsa Familia incluem, ao menos, a garantia do pré-natal, vacinação de crianças e avaliação do risco nutricional (por meio de medidas de peso e altura dos membros da familia beneficiada)

O Ministerio da Saúde dispõe de uma ferramenta muito útil para os municípios fazerem o acompanhamento das condicionalidades em Saúde do Programa Bolsa Familia. É o SISVAN web (Sistema de Vigilancia Alimentar e Nutricional), que além de armazenar e monitorar os dados permite orientar as ações locais de saúde e nutrição na atenção básica do SUS.

O problema é que o Governo de São Paulo simplesmente se recusa a fazer parte do SISVAN, assim como de vários programas federais. Quem paga o preço são os beneficiários do Bolsa Familia que não tem a oportunidade de ter acesso privilegiado à atenção básica em saúde. Ao não fazer esse acompanhamento, o municipio não recebe o FAN (fundo de apoio às ações de alimentação e nutrição no SUS) repassado pelo Ministerio da Saúde.

Mas este é outro problema: o modelo de atenção básica do SUS adotado em São Paulo….

 
 
imagem de Rogerio
Rogerio

Vamos (os paulistas) viver esse flagelo tucano por uma eternidade.

 
 
imagem de Mario Siqueira
Mario Siqueira

Prezado Lucas Acho que o que voce tentou dizer é o seguinte: em São Paulo as contrapartidas não funcionam. Por incompetência ou por má vontade política.

 
 
imagem de Arthos
Arthos

Cesar: Sou do interior, moro próximo ao hospital que por esses "estranhos" acordos políticos amanheceu certo dia com uma placa do modelo serrista AME. Faz mais de ano, Cesar, e a placa do infeliz continua intacta e as reformas físicas prometidas demoliram parte da estrutura e não prosseguiram para a finalização. Resultado; O hospital definha dia a dia, o atendimento é dar dó, os equipamentos estão sumindo, mas os repasses (R$) pelo que sei chegam a um absurdo aos cofres municipais. O candidato do PSDB destronou a SAÚDE também...

 
 
imagem de daSilvaEdison
daSilvaEdison

A constatação não surpreende.

O surpreendente no caso é o momentâneo interesse do Estadão pelo assunto.

Se o interesse continuar quem sabe saberemos ainda que São Paulo, o estado, abriga o segundo maior contingente de beneficiários do Bolso Família. Contingente maior só o da Bahia.

Aqui o Celso Jardim fez publicar um mapa com a distribuição dos beneficiários pelos estados brasileiros:

http://blogdocelsojardim.blogspot.com/2010/05/elite-branca-paulista-o-bolsa-familia-e.html

Esse mapa poderia ilustrar, e lustrar, o Post.

 
 
imagem de Eden, SP
Eden, SP

Paulistas médio-classistas e da nata intelectual, economica e política detesta o bolsa. Bolsa que imp. orta para estes chama-se Vitton, nem que seja um falsiêzinho disfarçado da 25/3.

 
 
imagem de Francisco Ernesto Guerra
Francisco Ernesto Guerra

Ilustre,

Diferenças de tecnologias? O que isso significa?

Não quero crer que SP, o Estado mais desenvolvido da nação, esteja tecnologicamente atrás de cidades do nordeste.

É isso? Ou o que?

 
 
imagem de Ruy Acquaviva
Ruy Acquaviva

Vopcê está dizendo que São Paulo tem uma tecnologia mais atrasada em relação ao resto do País?

 
 
imagem de Ruy Acquaviva
Ruy Acquaviva

Esperar mais que de quem retém verbas para a saúde e a educação nos bancos, para "fazer caixa" e sustentar p "choque de gestão"?

 
 
imagem de Luciano Mendonça
Luciano Mendonça

E o candidato deles (demo-tucano), na CBN, disse que irá manter o Bolsa-Família mas com um novo modelo de acompanhamento. Deve ser esse o novo modelo em implementação. Mais um paradigma da "jestão' do PSDB paulista.

 
 

Postar novo Comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.
CAPTCHA de imagem
Digite os caracteres exibidos na imagem acima.

Faça seu login e aproveite as funções multímidia!