A Wikipédia como ferramenta educacional?

Autor: 

 

A Wikipédia é uma proposta interessante, de difusão do conhecimento de forma “livre”, autônoma, horizontal, emancipada e independente, amplamente difundido e utilizado mundialmente. No entanto, porque o Wikipédia em português do Brasil não consegue acompanhar a qualidade e quantidade de informações dos outros idiomas e locais? Será o que a experiência do Wikipédia revela do Brasil? Ou o que expõe as informações do Wikipédia aqui? Seria o Wikipédia uma possibilidade de alimentar o nosso sistema educacional de conhecimento e criatividade?

 

 

 

Wikipédia se escreve com primeira letra maiúscula, de sujeito. De agente da história. As pessoas que são responsáveis por alimentar esta infinita base de dados, e portanto têm a “responsabilidade” de garantir a confiança do que é informado. No entanto, as informações das Wikipédia em inglês, em espanhol, francês entre outras, são extremamente confiáveis (95% de confiabilidade), com informações citadas de fontes seguras, como exemplo de artigos de revistas cientificas, entre outras. Além de haver grande espaço ao contraditório, a divergências de opiniões, ou mesmo dados truncados ou cruzados. A diferença é notória em primeira vista. O Wikipédia em português do Brasil geralmente não tem citações ou fonte, e quando tem são de sites de revistas jornalísticas, e portanto com sem mínima confiabilidade/credibilidade.

 

 

 

Aliais o “escândalo” que o Wikipédia Brasil provocou na última semana retrata bem isso. É não é a causa do problema, como foi “debatido”. Ao contrário, é um diagnóstico impávido e preciso, do quanto estamos atrasados. A nossa medíocre mídia é apenas um reflexo da nossa ignorância nas ações e atitudes cotidianas. Como exemplo, eu não consigo entender, como pode alguém que se julga liberal ou neoliberal ser contra o Wikipédia? Se é “verdade” que o mercado se autorregula, logo porque não aprovar um instrumento como Wikipédia? Ou na verdade quem autorregula são as bolsas de valores, as patentes e a Especulação – que é a maneira visceral, orgânica e sistêmica que sustenta o capitalismo? No entanto, deixando de lado os liberais brasileiros que falam em liberalismo, entretanto atuam como ideias e pensamentos do feudalismo da Idade Média. Vamos conversar de coisas sérias e propostas.

 

 

 

Uma das grandes preocupações dos professores brasileiros atualmente é em impedir o uso dos equipamentos eletrônicos e da internet. Falam até em criar leis para proibir celulares e acesso à internet nas escolas. Entretanto é se a gente invertesse a lógica? É potencializar o interesse dos alunos para um “melhor” uso dos equipamentos eletrônicos e internet? Eu até teria a ousadia de propor uma estratégica multi e interdisciplinar, já que anda na moda.

 

 

 

A proposta é a seguinte. Primeira etapa é dividir os estudantes em grupos e apresentar o Wikipédia em português do Brasil, em inglês, espanhol e francês (etc.), de determinado tema, em determinado assunto que já seria trabalhado/estudado em aula. Por exemplo procure o termo “câncer” no Wikipédia em português, inglês, espanhol, francês e compare. Realizem uma avaliação analítica e crítica. Após debater o porquê da defasagem de informação do Wikipédia em português do Brasil, propor aos estudantes a realizar um grande projeto integrado e contribuir, alimentando e melhorando o nosso Wikipédia, o que seria de grande valia para toda a Nação brasileira. Que teria um local confiável pra pesquisar e buscar informações. Então o trabalho seria multi e interdisciplinar.

 

 

 

Acredito que para entender como as coisas funcionam, junto ao pessoal da computação, que auxiliaria ajudando os alunos a compreender o Projeto Wikipédia. Depois, entraria no lado da legislação que “regulamenta” o uso da internet, adentrando em noções de civilidade, de ética, e discutindo as questões morais e filosóficas de nosso tempo, como exemplo a questão do uso da Inteligência Artificial e a importância de garantir a veracidade das informações em ferramentas “livres” como o caso da Wikipédia. Poderia inclusive mostrar o papel fundamental desempenhado pelos hacker para que o universo virtual permaneça uma ambiente saudável e habitável pelos usuários.

 

 

 

Outras disciplinas seriam fundamentais, como exemplo a sociologia, com questões fundamentais para o entendimento das desigualdades, ou melhor para ampliar a nossa consciência crítica e coletiva de igualdade. A pergunta é simples, liberar o uso de celulares nas escolas para esse tipo de atividade e não fornecer formas e meios para que aqueles estudantes em vulnerabilidade sócio econômica possam também ter acesso é algo ético? Aonde começa o apartheid de nossa sociedade? Exclusão econômica não é tão perverso quanto o racismo, homofobia, machismo etc.

 

 

 

E quando em fim, os grupos de alunos comecem a trabalhar, em suas respectivas áreas de interesse - milhares delas história, matemática, estatística, política, geografia, engenharias, jornalismo, etc. Ampliar e melhorar o conteúdo do Wikipédia em português do Brasil. Nesta hora eles terão as principais lições de suas vidas, as lições de coletivo, trabalho em equipe de cooperação, de solidariedade, as noções cívicas, entre outras. Percebem como é infinita a gama alfa de oportunidades que um simples desafio pode representar para o Sistema Educacional do Brasil? E que tudo depende do olhar, ao invés de ter o “problema” com uso indiscriminado e eminente dos celulares e internet os proibindo, a aumentando a revolta dos jovens e a cultura da “polícia”. Muito pelo contrários, podemos trazer o aluno para o nosso lado, para o lado dos professores e da didática educacional. É um desafio, mas pode sim dar certo e melhorar o “clima” e aumentar o interesse dos alunos em nossas salas de aula.

 

 

 

Eu realmente não sei qual substância me leva a perder tempo e escrever coisas tão óbvias e cínicas, além de utópicas, nas linhas acima. Entretanto que seria da vida sem nossos sonhos, nossos amores e delírios?

 

 

Nenhum voto

Postar novo Comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.
CAPTCHA de imagem
Digite os caracteres exibidos na imagem acima.